Peça de Brecht, filmes de Clouzot, ópera tcheca e mais 4 dicas

Veja as indicações culturais da Ilustríssima para a próxima semana

[TEATRO] Mãe Coragem

Sesc Pompeia. (11) 3871-7700. De ter. a sáb., às 20h30; dom., às 18h30. De 11/6 a 21/7. R$ 40.

Bete Coelho assume o papel-título do texto seminal do dramaturgo alemão Bertolt Brecht (1898-1956). Com direção de Daniela Thomas, o espetáculo estuda a relação entre guerra e capitalismo a partir da história de Anna Fierling, que lucra aos montes com as batalhas da Guerra dos Trinta Anos na Europa Central, mas ao mesmo tempo quer proteger seus filhos dela.

[CINEMA] Henri-Georges Clouzot

IMS Paulista. (11) 2842-9120. De 13 a 21/6, em diversos horários. R$ 8.

Retrospectiva traz cinco longas-metragens do cineasta francês (1907-1977), um dos principais nomes da arte no país no período pré-nouvelle vague, notável por thrillers clássicos como “O Salário do Medo” (1953), vencedor da Palma de Ouro em Cannes, e “As Diabólicas” (1954). Também serão exibidos dois documentários sobre a obra do diretor.

homem imundo abraça outro, que o segura
Cena de "O Salário do Medo" (1953), de Henri-Georges Clouzot - Divulgação

[ARTES PLÁSTICAS] Hudinilson Jr.

Galeria Jaqueline Martins. (11) 2628-1943. De ter. a sex., das 11h às 19h; sáb., das 11hàs 17h. Até 3/8. Grátis. 

Cerca de 140 obras do artista visual morto em 2013 ocupam os dois andares da nova sede da galeria, que reproduzem sua casa. Figura central do experimentalismo multimídia no Brasil a partir dos anos 1970, ele notabilizou-se por trabalhos em que xerocava e ampliava partes do próprio corpo (há na mostra alguns exemplos inéditos) e por pinturas que misturam anatomia animal e humana, natureza morta e arte clássica.

figura mascarada em marrom
"Amantes e Casos, Sentença de Morte" (1978), de Hudinilson Jr. - Divulgação

[ÓPERA] O Caso Makropulos

Theatro São Pedro. (11) 3661-6600. Qua. e sex., às 20h, dom., às 17h. De 14 a 23/6. De R$ 30 a R$ 80.

O espetáculo composto pelo tcheco Leos Janácek em 1925 ganha apresentação inédita em São Paulo, com direção cênica de André Heller-Lopes e regência do maestro americano Ira Levin. A soprano Eliane Coelho interpreta a protagonista, uma mulher arrogante que toma um elixir que a permite viver por mais de 300 anos. 

[LIVRO] Gustave Flaubert

Editora 34. 144 págs. R$ 44.

O último livro completado em vida pelo escritor francês, “Três Contos” (1877), ganha nova edição traduzida por Milton Hatoum e Samuel Titan Jr. As histórias curtas “Um coração simples”, “Legenda de São Julião Hospitaleiro” e “Herodíade” resumem os principais interesses de um dos maiores autores do realismo do século 19.

[TEATRO] Hedda Gabler

Espaço Parlapatões. (11) 3258-4449. Sex. e sáb., às 21h; dom., às 20h. De 14/6 a 28/7. R$ 50.

A Não Companhia de Teatro estreia a peça do norueguês Henrik Ibsen, tragédia que reflete sobre o papel da mulher através de uma protagonista dividida entre seus pretendentes, suas relações familiares e suas próprias vontades e ambições. O papel principal é vivido por Mel Lisboa, sob direção de Márcio Macena.

[EXPOSIÇÃO] Luiz Paulo Baravelli

Galeria Marcelo Guarnieri. (11) 3063-5410. De seg. a sex., das 10h às 19h; sáb., das 10h às 17h. Até 3/8. Grátis.

A mostra reúne objetos produzidos pelo artista desde a década de 1960 até 2017. Seu trabalho explora o espaço tridimensional física e virtualmente; as peças usam grande variedade de materiais, como mármore, madeira e alumínio, e bebem de sua formação como arquiteto.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.