Sabesp instala 'chopeira' e restaurante oferece água de graça para clientes

Hamburgueria em Guarulhos foi o primeiro a receber o equipamento

Filipe Oliveira
São Paulo

A maior parte dos clientes do restaurante The Fire, na cidade de Guarulhos (região metropolitana de 
São Paulo), não rejeita uma jarra de bebida geladinha da "chopeira" entregue logo que eles chegam. 
É uma cortesia da casa. Mas não será por isso que alguém sairá de lá embriagado.

O equipamento, personalizado com a marca da Sabesp, está ali para servir água a baixas temperaturas em uma campanha que apresenta a empresa de abastecimento de água que chegou à cidade em janeiro.

Luciano Tiago Maciel Junior, 24, consultor responsável pelo projeto do The Fire, que foi aberto há dois meses, conta que os garçons do restaurante são orientados a perguntar aos clientes que chegam se preferem a água filtrada, oferecida em jarras personalizadas da Sabesp, ou a de outras marcas, vendidas em garrafas plásticas.

00
Garçom serve água filtrada de graça no restaurante The Fire steackhouse, em Guarulhos - Eduardo Anizelli/Folhapress

O faturamento com a venda de água diminuiu, mas, segundo Junior, o ganho que o restaurante tem por apoiar uma ação que agrada os clientes e ajuda o ambiente faz a iniciativa valer a pena.

Além disso, dar água de graça, o que é comum nos Estados Unidos, ajuda o The Fire a ser reconhecido como uma casa de inspiração americana, afirma Junior.

Para a parceria, a Sabesp analisou a qualidade da água do restaurante para garantir que poderia ser oferecida aos clientes.

Debora Pierini Longo, superintendente da unidade de negócio norte da Sabesp, diz que a ideia veio de demanda da prefeitura de Guarulhos por ações que levassem informações sobre preservação 
do ambiente. 

"Chopeiras" com a marca da Sabesp já são usadas em eventos promovidos pela companhia no estado.

Em um deles, para grandes consumidores de água em Guarulhos, a equipe do The Fire teve a ideia de fazer algo parecido para o restaurante e propôs um trabalho em conjunto, conta Longo.

Ainda não há planos de levar a iniciativa para outros estabelecimentos comerciais, mas ela diz que a Sabesp tem interesse em avaliar ideias que possam disseminar educação ambiental e fortalecer a marca da empresa.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.