Incidente em usina da CSN atinge pelo menos 20 funcionários, diz empresa

Resíduos da produção de aço teriam caído de área específica, gerando grande nuvem de pó

Rio de Janeiro e São Paulo | Reuters

Um incidente ocorrido nesta quarta-feira (15) na área de aciaria (local onde o ferro é convertido em diferentes tipos de aço) da usina siderúrgica da CSN em Volta Redonda (RJ) atingiu pelo menos 20 funcionários, informou a empresa.

O incidente aconteceu quando os resíduos de uma das três panelas do espaço de produção de aço caíram da área específica, causando forte deslocamento de ar e uma grande nuvem de pó que atingiu os funcionários da empresa.

Segundo a companhia, a produção da área, onde o ferro gusa é convertido em aço, deve retornar à operação ainda nesta quarta-feira.

"A empresa está prestando toda a assistência aos colaboradores e investigando as causas da ocorrência", afirmou a companhia em comunicado.

"Durante a retirada de escória da panela de aciaria houve uma reação que provocou um deslocamento de ar, acompanhado por emissões fugitivas que duraram poucos minutos", afirmou a empresa.

Fachada CSN
Incidente na área de aciaria (local onde o ferro é convertido em diferentes tipos de aço) da usina siderúrgica da CSN em Volta Redonda (RJ) atingiu pelo menos 20 funcionários - Divulgação

"Os colaboradores que estavam no local foram atendidos pela equipe médica da CSN por terem inalado pó e encaminhados preventivamente para atendimento hospitalar."

De acordo com o sindicato de metalúrgicos da cidade, cerca de 30 pessoas foram intoxicadas no incidente.

O estrondo causado pelo deslocamento de ar foi ouvido por moradores da cidade que também relataram tremor. Uma coluna de fumaça se formou sobre a usina após o incidente chamando a atenção dos moradores.

"Felizmente não estão em estado grave", disse à Reuters uma porta-voz do sindicato sobre o envio de alguns funcionários para hospitais fora da usina. "Eles inalaram fumaça e partículas metálicas", acrescentou.

As ações da CSN exibiam queda de 1,9% às 10h56, enquanto o Ibovespa tinha baixa de 1,5%.

Analistas do Itaú BBA afirmaram que o incidente é "levemente negativo" para a CSN. "Reconhecemos que manchetes negativas podem pesar sobre o preço da ação durante o dia e uma reação exagerada pode fornecer um ponto de entrada atraente."

A empresa vai fazer uma grande reforma no alto forno 3 da usina em junho, que vai deixar o equipamento parado durante 60 dias.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.