Veja as respostas para dez perguntas sobre a telefonia de quinta geração

Operadoras de telefonia e fabricantes de celulares apostam em leilão somente em 2021

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) prepara as regras para a realização do leilão das frequências da telefonia de quinta geração —o chamado 5G. A tecnologia promete revolucionar o modelo de consumo de internet, tende efeitos até sobre a TV paga. Nos Estados Unidos, onde a tecnologia já está em operação, a velocidade no tráfego de dados chega a ser 76 vezes maior. Veja respostas para dez perguntas sobre a telefonia de quinta geração:

Quando o Brasil terá 5G?

O governo pretende fazer o leilão das licenças no final de 2020. Se essa previsão se confirmar, as operadoras levariam pelo menos seis meses para construir a rede em grandes centros. Os primeiros planos seriam oferecidos entre o quarto trimestre de 2021 e o primeiro trimestre de 2022

Qual a vantagem do 5G?

Será uma tecnologia disruptiva. Pelo aparelho, dará para usar a internet com velocidade de até 10 Gbps, dez vezes mais rápido que pelo 4G. A rede das operadoras terá capacidade para processar cerca de 100 bilhões de conexões simultâneas, abrindo caminho para aplicações antes impensáveis, como monitoramento clínico

Essa velocidade será entregue mesmo?

Com o 5G, as antenas serão mais inteligentes e vão disparar comandos em blocos para os aparelhos. Em vez de um celular por vez, centenas de aparelhos ao mesmo tempo. Isso tende a garantir uma velocidade maior

Serei obrigado a migrar para o 5G se quiser ter telefonia e internet no celular?

Não. As redes de quinta geração operam com todas as tecnologias anteriores

Se não migrar, o serviço em 4G ou 3G será degradado?

As empresas são punidas pela Anatel, agência do setor, se degradarem a qualidade do serviço e continuam obrigadas a investir nas redes antigas. Mas elas fazem ofertas para estimular a migração. É uma forma de investir cada vez menos nas tecnologias mais antigas. O 2G, por exemplo, está quase extinto no país

Vai custar caro?

Sim. As empresas acham que, no início, será um serviço para alta renda, com ocorreu com o 3G no Brasil. Nos EUA, a Verizon lançou um pacote 5G de 15 GB por US$ 70 mensais. Na Itália, a TIM cobra quase € 30 por 50 GB de internet, além de outros serviços

Há celulares disponíveis?

No mundo há 183 modelos em desenvolvimento, mas somente 25 smartphones são comercializados. No Brasil, os fabricantes aguardam as definições do edital do 5G que definirá as frequências (faixas no ar por onde as teles fazem trafegar seus sinais) para desenvolver os dispositivos. Nos EUA, um aparelho 5G sai por cerca de US$ 500

iPhone funcionará em 5G?

Sim. A americana Apple teve problemas com seu fornecedor de chips no início, mudou de parceiro, e a expectativa é que os primeiros telefones cheguem ao mercado em 2020

Como saber se minha cidade terá 5G rapidamente?

Cada operadora fará seu plano e deverá seguir coberturas definidas pela Anatel. Mas a sinalização é que cidades que já têm 4G serão as primeiras

Essa tecnologia facilita que eu seja espionado?

Essa discussão surgiu em diversos países por causa da chinesa Huawei. Na Alemanha, uma investigação concluiu não havia esse risco

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.