Tesla passa a valer mais que GM e Ford juntas

Papéis da companhia subiram 4,9% nesta quarta-feira (8)

San Francisco e Xangai | Reuters

As ações da montadora de carros elétricos Tesla superaram nesta quarta-feira (8), pela primeira vez, o valor de mercado combinado de General Motors e Ford.

Os papéis da Tesla subiram 4,9%, atingindo recorde e levando o valor de mercado da companhia para cerca de US$ 88 bilhões. O montante é US$ 2 bilhões mais alto que o valor combinado de GM (US$ 49 bilhões) e Ford (US$ 37 bilhões).

Fomentadas por um lucro inesperado no terceiro trimestre, progresso da primeira fábrica da empresa na China e entregas de veículos acima das previsões no quarto trimestre, as ações da Tesla quase dobraram de valor nos últimos três meses.

Elon Musk, presidente-executivo da Tesla, faz pose em cerimônia de entrega de carros na fábrica de Xangai
Elon Musk, presidente-executivo da Tesla, faz pose em cerimônia de entrega de carros na fábrica de Xangai - Ding Ting/Xinhua

Sinalizando a confiança dos investidores no presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, o valor de mercado da empresa superou o de rivais norte-americanas, que têm negócios muito maiores que os da empresa de veículos elétricos. 

GM e Ford venderam, cada uma, mais de 2 milhões de veículos nos EUA no ano passado, ante entregas da Tesla de 367,5 mil unidades no mundo.

Apesar de o progresso da empresa animar simpatizantes, muitos analistas e investidores permanecem pessimistas com a capacidade da Tesla de entregar lucro e fluxo de caixa de maneira consistente.

A Tesla por várias vezes descumpriu metas, e o comportamento polêmico de Musk em redes sociais atraiu a atenção de reguladores do mercado financeiro e de acionistas. Mais analistas recomendam “venda” que “compra” de ações da Tesla, o que é bem incomum para companhias em Wall Street. Onze analistas recomendam compra de ações da Tesla, enquanto 13 avaliam o papel como venda. Outros nove são neutros, segundo dados da Refinitiv.

Na terça-feira (7), Musk mostrou seu ritmo no lançamento do programa do veículo utilitário esportivo elétrico Model Y da Tesla em sua nova fábrica de Xangai, onde a empresa entregou seus primeiros carros fabricados fora dos EUA para o público.

A fábrica da Tesla, de US$ 2 bilhões, começou a entregar carros em apenas 357 dias, um recorde para as montadoras globais na China. Os dez primeiros clientes receberam seus sedãs Model 3 fabricados na China na terça.

Na foto, o novo modelo do carro está parado em um palco. Ele é de cor azul brilhante. Ao lado dele, um homem
Novo carro Model Y da Tesla é apresentado na Califórnia no início de 2019 - Frederic J. BROWN -15.mar.2019/AFP

Musk dançou com entusiasmo no palco do evento, depois tirou a jaqueta e a jogou para o lado para revelar uma camiseta com um cartoon da fábrica. No Twitter, ele rotulou o vídeo “NSFW” —não é seguro para o trabalho.

Ele previu que, “em última análise, o Tesla Model Y terá mais demanda do que provavelmente todos os outros carros da Tesla combinados”, mostrando voz embargada de emoção às vezes enquanto falava sobre o progresso da fábrica de Xangai.

A cerimônia contou com a presença do prefeito de Xangai, Ying Yong.

Os executivos da Tesla, no entanto, não forneceram mais detalhes sobre o progresso do projeto Model Y fabricado na China.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.