Vejas as marcas de alimentação mais lembradas pelos paulistanos, segundo o Datafolha

Empresas campeãs em menções dos consumidores contam o que fizeram para se destacar durante a pandemia

São Paulo

Realizado entre 2 e 6 de julho, o levantamento do Datafolha buscou identificar os hábitos e tendências de consumo dos paulistanos antes, durante e após a pandemia do novo coronavírus.

O reflexo disso é o alto reconhecimento de marcas digitais no levantamento que mede o desempenho de empresas na quarentena.

As entrevistas foram feitas por telefone, mediante a aplicação de um questionário. Foram realizadas 700 entrevistas com moradores da capital de 16 anos ou mais, em uma amostra baseada no censo da população paulistana. A margem de erro máxima é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os entrevistados também responderam sobre qual é a marca de maior destaque, para eles, em alguns segmentos. Abaixo, veja as empresas que se destacaram nas categorias de alimentação, nos segmentos delivery de restaurante, minimercado e alimento congelado.

Delivery de restaurante

iFOOD
Lembrada por 50% dos entrevistados
Fundação 2011
Quanto cresceu neste ano Não informou
Como reagiu à pandemia Destinou mais de R$ 33 milhões a iniciativas de apoio a entregadores e R$ 150 milhões para estabelecimentos parceiros. Distribuiu mais de um milhão de itens de proteção pessoal aos colaboradores e ofereceu acesso a uma rede de saúde credenciada com descontos para os entregadores. Também aumentou o valor das gorjetas repassadas

"Foi preciso encontrar um equilíbrio e soluções rápidas para entregadores, restaurantes e consumidores em uma realidade não mapeável. Alteramos prioridades de projetos e campanhas de marketing inteiras."
(João Clark, diretor de marketing)

Minimercado

MINI EXTRA
Lembrado por 31% dos entrevistados
Fundação 2006
Quanto cresceu neste ano Não informou
Como reagiu à pandemia Priorizou a reposição de itens nas lojas, que adotaram protocolos de higiene e distanciamento. Ampliou para 30 as lojas servidas pelo aplicativo de entregas James

"Foi necessário implementar rapidamente as medidas que garantiriam o abastecimento das famílias de forma segura para todos."
(Frederic Garcia, diretor de formatos de proximidade)

Alimento congelado

SADIA
Lembrada por 43% dos entrevistados
Fundação 1944
Quanto cresceu neste ano A BRF, dona da marca, registrou alta acima de 30% na categoria de congelados entre março e abril comparado a janeiro e fevereiro
Como reagiu à pandemia Fez campanha para incentivar o consumidor a comprar só o necessário e aumentou o número de receitas oferecidas ao público

"Nosso desafio foi continuar acompanhando as mudanças nos hábitos de consumo provocadas pela pandemia."
(Marcelo Suárez, diretor de marketing da BRF)

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.