Vejas as marcas de saúde mais lembradas pelos paulistanos na pandemia, segundo Datafolha

Laboratórios, hospital e plano de saúde estão entre os citados

São Paulo

Realizado entre 2 e 6 de julho, o levantamento do Datafolha buscou identificar os hábitos e tendências de consumo dos paulistanos antes, durante e após a pandemia do novo coronavírus.

O reflexo disso é o alto reconhecimento de marcas digitais no levantamento que mede o desempenho de empresas na quarentena.

As entrevistas foram feitas por telefone, mediante a aplicação de um questionário. Foram realizadas 700 entrevistas com moradores da capital de 16 anos ou mais, em uma amostra baseada no censo da população paulistana. A margem de erro máxima é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os entrevistados também responderam sobre qual é a marca de maior destaque, para eles, em alguns segmentos. Abaixo, veja as empresas que se destacaram nas categorias de saúde, nos segmentos de laboratório farmacêutico e de análises clínicas, plano de saúde com telemedicina, hospital, farmácia e serviço público.

Laboratório farmacêutico

ACHÉ
Lembrado por 7% dos entrevistados
Fundação 1966
Quanto cresceu neste ano 2% no primeiro trimestre de 2020, na comparação com o mesmo período de 2019
Como reagiu à pandemia Criou uma página sobre o coronavírus em seu site, promoveu lives e webinars com médicos e ofereceu um canal para esclarecer dúvidas. Destinou R$ 5 milhões para a distribuição gratuita de medicamentos, doação de equipamentos de proteção e pesquisa sobre o uso da dexametasona em pacientes infectados pelo vírus

"Apesar de estarmos preparados para abastecer nossos mercados, as dificuldades de importação dos insumos farmacêuticos ativos nos chamaram a atenção para a necessidade de buscar uma variedade maior de fornecedores. A alta do dólar também é um desafio."
(Vânia Nogueira de Alcântara Machado, presidente)

EMS
Lembrado por 7% dos entrevistados
Fundação 1964
Quanto cresceu neste ano 13,6% de janeiro a junho, em relação ao mesmo período de 2019
Como reagiu à pandemia Investiu mais de R$ 10 milhões em equipamentos e materiais doados a hospitais e profissionais de saúde, em alimentos distribuídos à população e na instalação de lavatórios públicos em comunidades carentes de São Paulo

"Esta situação sem precedentes ainda impõe desafios. A imprevisibilidade da alta do dólar impacta nossos resultados, especialmente pela oferta reduzida dos insumos farmacêuticos fornecidos por empresas globais e pelo aumento no custo de matérias-primas quase sempre importadas. Além disso, só em junho pudemos reajustar preços de medicamentos, o que deveria ter acontecido em abril."
(Marcus Sanchez, vice-presidente)

MEDLEY
Lembrando por 5% dos entrevistados
Fundação 1996
Quanto cresceu neste ano Não informou
Como reagiu à pandemia Junto com as ONGs Atados e Vizinho Amigo, lançou uma plataforma para conectar pessoas do grupo de risco a voluntários dispostos a ajudá-los com tarefas fora de casa. Também firmou parceria com a Drogaria Venâncio para frete grátis no Rio

"Esse é um reconhecimento de tudo que temos feito para tornar palpável nosso propósito de democratização do acesso a saúde e bem-estar, além do medicamento, o que é muito importante nessa pandemia, sendo parceiros do nosso público durante toda a jornada de saúde."
(Joana Adissi, diretora geral)

Laboratório de análises clínicas

GRUPO FLEURY
Lembrado por 12% dos entrevistados
Fundação 1926
Quanto cresceu neste ano 1,7% em receita bruta no primeiro trimestre em comparação com o mesmo período de 2019
Como reagiu à pandemia Estabeleceu trabalho remoto para 70% dos funcionários, desenvolveu dois testes para detectar Covid-19, lançou um canal de telemedicina e criou um programa de apoio às empresas para a retomada das atividades

"A pandemia trouxe desafios importantes, a começar pela agilidade nas respostas. Mas nossa cultura de conhecimento, foco no cliente e inovação nos ajudou a lidar com o distanciamento entre médicos e pacientes."
(Jeane Tsutsui, diretora-executiva de negócios)

LAVOISIER
Lembrado por 12% dos entrevistados
Fundação 1951
Quanto cresceu neste ano Não informou
Como reagiu à pandemia Ofereceu coleta domiciliar para o exame da Covid-19 e isenção da taxa de atendimento domiciliar para idosos

"Garantir a segurança de colaboradores e médicos num momento em que precisamos manter o atendimento aos pacientes foi um desafio. E isso quando o mundo inteiro busca os mesmos equipamentos e insumos para testes."
(Leonardo Vedolin, vice-presidente da área médica)

Plano de saúde com telemedicina

AMIL
Lembrado por 15% dos entrevistados
Fundação 1978
Quanto cresceu neste ano Não informou
Como reagiu à pandemia Ampliou o acesso à telemedicina, com um canal para fazer a triagem de pacientes por telefone

"Pensamos todos os dias em como aumentar a segurança, manter o abastecimento ininterrupto e tornar remota a atenção médica para os clientes."
(Rodrigo Rocha, vice-presidente de crescimento)

Hospital

ALBERT EINSTEIN
Lembrado por 14% dos entrevistados
Fundação 1955
Quanto cresceu neste ano Com o cancelamento de procedimentos não urgentes, registrou queda de 80% nas cirurgias em abril
Como reagiu à pandemia Montou um grupo especial com profissionais de várias áreas visando implementar medidas para atendimento seguro de casos suspeitos e confirmados. Os cuidados foram estendidos às unidades públicas geridas pelo Einstein em São Paulo. Também tem divulgado informações sobre o coronavírus em seus canais digitais

"Fizemos do desafio um estímulo para nos debruçarmos em pesquisas e no desenvolvimento de soluções, como a criação do primeiro exame genético do mundo para detecção em larga escala do novo coronavírus por meio da técnica de sequenciamento de nova geração."
(Sidney Klajner, presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein)

Farmácia

DROGARIA SÃO PAULO
Lembrada por 32% dos entrevistados
Fundação 1943
Quanto cresceu neste ano Não informou
Como reagiu à pandemia Implementação da prescrição eletrônica em todas as lojas em apenas uma semana e do serviço de delivery express, no qual os funcionários fazem as entregas na vizinhança

"As adaptações foram muitas e tivemos de implementá-las rapidamente. Tivemos um aumento de 30% no volume de carga da operação logística, o que nos levou a adaptações em toda a operação comercial. Implementamos mais de 40 medidas em nossas operações, incluindo automatização de sensores, pedais e portas."
(Marcelo Doll, presidente do Grupo DPSP)

Serviço público

SUS
Lembrado por 11% dos entrevistados
Fundação 1988
Quanto cresceu neste ano Não respondeu*
Como reagiu à pandemia Habilitou 9.145 novos leitos de UTI, distribuiu quase 5 milhões de testes para detecção do coronavírus e 6.549 respiradores**

* O Ministério da Saúde não respondeu até o fechamento desta edição
** Fontes: Portal de transparência do Ministério da Saúde, Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados) e ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar)

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.