Descrição de chapéu Governo Biden

Comitê do Senado dos EUA aprova por unanimidade indicação de Yellen como secretária do Tesouro

Economista atuou como chair do Federal Reserve de 2014 a 2018

Washington | Reuters

O Comitê de Finanças do Senado dos Estados Unidos votou nesta sexta-feira (22), por unanimidade, para aprovar Janet Yellen como a primeira mulher no comando do Departamento do Tesouro.

O resultado indica que Yellen conquistará o apoio do plenário do Senado, embora os republicanos tenham pedido que ela trabalhe em conjunto no desenvolvimento de políticas econômicas.

A indicação da economista, que atuou como chair do Federal Reserve de 2014 a 2018, foi aprovada em uma votação com o placar de 26 a zero no comitê, dividido igualmente entre democratas e republicanos.

As preocupações expressadas por republicanos sobre os planos ambiciosos do presidente Joe Biden para um pacote de alívio ao coronavírus, investimento em infraestrutura e aumentos de impostos não foram suficientes para irem contra a ex-chair do Fed.

"Não há dúvidas de que ela é qualificada para esse papel", disse o senador republicano James Lankford, conservador em relação a questões fiscais e destacando que tem desacordos com Yellen.

Biden propôs um plano de alívio ao coronavírus de US$ 1,9 trilhão e prometeu investir US$ 2 trilhões em infraestrutura, projetos de energia verde, educação e pesquisa para aumentar a competitividade norte-americana.

Os republicanos estão demonstrando preocupações com o valor e aumento da dívida em um retorno ao conservadorismo fiscal, depois de alta dos déficits com os cortes tributários de 2017 e gastos de quase 5 trilhões de dólares no ano passado sob o ex-presidente republicano Donald Trump.

Assessores do Senado disseram que a votação pelo comitê pode abrir caminho para uma votação de confirmação do plenário do Senado ainda nesta sexta-feira.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.