Descrição de chapéu Governo Trump Coreia do Norte

Trump oferece a ditador da Coreia do Norte encontro pós-G20

No Twitter, presidente ofereceu a Kim reunião em zona desmilitarizada

Osaka | Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ofereceu ao ditador norte-coreano, Kim Jong-un, uma reunião na zona desmilitarizada entre as duas Coreias, aproveitando sua viagem a Seul nesta semana.

Trump, que participa da cúpula do G20 em Osaka, no Japão, escreveu em seu Twitter nesta sexta-feira (28):  

"Depois de várias reuniões muito importantes, incluindo meu encontro com o presidente Xi da China, deixarei o Japão rumo à Coreia do Sul (com o presidente Moon). Quando estiver lá, se o presidente Kim da Coreia do Norte vir isto, gostaria de me reunir com ele na fronteira para lhe dar a mão e dizer olá (?)!"

Donald Trump durante a cúpula do G20 em Osaka, no Japão
Donald Trump durante a cúpula do G20 em Osaka, no Japão - Kevin Lamarque/Reuters

A previsão é que Trump chegue à Coreia do Sul no sábado e deixe o país no domingo, rumo a Washington.

Mais tarde, em uma entrevista para a imprensa, Trump acrescentou que não chamaria o encontro de cúpula, e sim de "um aperto de mãos". ​

A Casa Branca não respondeu à agência Reuters se a agenda de Trump inclui uma ida à zona desmilitarizada. 

O enviado especial dos EUA Stephen Biegun disse nesta sexta que o país está pronto para entabular conversas construtivas com a Coreia do Norte em relação ao acordo de desnuclearização alcançado entre os dois países no ano passado, afirmou o chanceler sul-coreano. 

Biegun disse ao seu colega da Coreia do Sul, Lee Do-hoon, que Washington deseja fazer progressos "simultâneos, paralelos" sobre o trato acordado entre Trump e Kim na Singapura no ano passado, disse o ministro em um comunicado.

Na última quarta-feira (26), o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, afirmou a jornalistas que os EUA conversam nos bastidores com a Coreia do Norte sobre a possibilidade de marcar uma terceira cúpula bilateral para retomar as negociações que estão paralisadas desde o segundo encontro entre os dois em fevereiro

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.