Descrição de chapéu Café da Manhã

Como os massacres repercutiram politicamente nos EUA; ouça

Em 13 horas, o país teve dois ataques que resultaram em 32 mortes

São Paulo

Dois tiroteios em menos de 24 horas deixaram 32 mortos e 51 feridos nos Estados Unidos no fim de semana. Na última década, ataques a tiros no país mais que triplicaram, e já somam 526 mortes desde 2010.

Em El Paso, no Texas, um atirador invadiu um hipermercado e matou 22 pessoas —entre elas seis mexicanos. A polícia citou um manifesto atribuído ao suspeito como evidência de que havia motivações raciais no ataque.

Em Dayton, Ohio, outro atirador matou nove pessoas que estavam na rua em frente a um bar. A irmã dele está entre as vítimas. O suspeito foi morto pela polícia. O presidente Donald Trump afirmou que distúrbios mentais e jogos de videogame impulsionam pessoas a começarem massacres como esses. 

O analista político, diretor sênior de política do Council of the Americas em Nova York e colunista da Folha, Roberto Simon, fala sobre a repercussão política desses ataques em meio ao clima de campanha presidencial no país.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

Os episódios do Café da Manhã são publicados de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia, a partir das 6h.

O podcast é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.