Descrição de chapéu Café da Manhã

O jantar com empresários e para onde vai a relação deles com Bolsonaro; ouça podcast

Jantar com dirigentes de empresas foi tentativa do governo de mostrar que ainda tem apoio do setor

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Na noite de quarta-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reuniu empresários em um jantar em São Paulo. O evento seria uma tentativa do Planalto de mostrar que ainda tem apoio do setor, mesmo no auge da pandemia no país.

O encontro ocorreu semanas depois da divulgação de uma carta com críticas ao governo, assinada por 500 nomes, entre eles banqueiros, empresários, ex-ministros da Fazenda e ex-presidentes do Banco Central. O documento cobrava de Bolsonaro medidas mais eficazes de combate à crise de saúde.

No episódio desta sexta-feira (9), o Café da Manhã discute o posicionamento dos empresários em relação ao governo. A editora da coluna Painel S.A. da Folha, Joana Cunha, conta os bastidores do jantar, analisa a relação dos chefes das empresas com o Planalto desde o começo do governo e explica para onde está indo essa maré.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Maurício Meireles e Bruno Boghossian, com produção de Jéssica Maes, Laila Mouallen, Mahara Aguiar, Victor Lacombe. A edição de som é de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.