Alckmin não declarou apoio ao PT em encontro com empresários

Tucano divulgou vídeo em que refuta informação que circula no WhatsApp

São Paulo

É falso o boato de que o candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, teria afirmado a empresários que apoiará Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições.

Nesta sexta (21), o tucano divulgou vídeo em que nega a declaração. “Isso [apoio ao PT] não existe. Nós somos contra o PT, como também somos contra o Bolsonaro”, afirma.

A Folha apurou que pelo menos um dos quatro empresários citados como presentes na reunião em áudios que disseminam a informação falsa nem sequer estava no Brasil na data do encontro.

Reportagem da Folha sobre o encontro relata que Alckmin argumentou que, do ponto de vista de governabilidade, o petista teria menos problemas para compor uma fatia expressa do Congresso. A avaliação não significa um acordo com Haddad.

Se recebeu alguma informação que acredita ser falsa, comunique o WhatsApp da Folha (0-xx-11 99486-0293). Pode ser áudio, vídeo, corrente, imagem ou notícia que circule pelo aplicativo ou por redes sociais, como Facebook, Instagram ou Twitter. O jornal faz uma seleção do conteúdo a ser checado e publica o resultado desse trabalho.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.