Descrição de chapéu Governo Bolsonaro

Bolsonaro escolhe deputado do PSL para Ministério do Turismo

É a segunda indicação de um nome do partido do presidente eleito

Talita Fernandes José Marques
Brasília

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, escolheu o deputado Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG) para o cargo de ministro do Turismo. Esta é a segunda indicação de um nome do partido para cargo do primeiro escalão.

Além de Antônio, o ex-presidente do PSL Gustavo Bebianno foi escolhido para a pasta da Secretaria-Geral. Este é o 19º ministro anunciado pelo futuro governo.

 
O deputado Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), indicado para o cargo de ministro do Turismo
O deputado Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), indicado para o cargo de ministro do Turismo - Alex Ferreira - 21.set.2017/Câmara dos Deputados

O PSL, legenda de Bolsonaro, pressionava pela indicação de mais um dos seus quadros para um ministério. No entanto, em entrevista a jornalistas após o anúncio, Antônio afirmou que sua indicação veio de uma bancada temática.

A mesma justificativa vem sendo usada por outros futuros ministros.

"Eu considero que a indicação feita do meu nome para o Ministério do Turismo não foi feita em função do PSL, minha indicação foi feita pela frente parlamentar em defesa pelo turismo. Portanto, não contempla nenhum partido e não contempla nenhum estado", afirmou.

Eleito para o segundo mandato, o parlamentar já foi do PR, sigla pela qual disputou a prefeitura de Belo Horizonte, em 2016, e ficou com 2% dos votos válidos.

Em 2017, filiou-se ao PSL de Bolsonaro, de quem tornou-se especialmente próximo depois do atentado que o presidente eleito foi vítima, em Juiz de Fora (MG). Com o apoio do capitão reformado, foi o parlamentar mais votado de Minas Gerais.

Marcelo Álvaro Antônio, na verdade, se chama Marcelo Henrique Teixeira Dias. Álvaro Antônio (1938-2003) era seu pai, ex-vereador, deputado e vice-prefeito de BH. ​

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.