Descrição de chapéu Governo Bolsonaro

Ministra de Bolsonaro diz que direção da Funai pode ser decidida depois da posse

Fundação está na Justiça, mas será incorporada à pasta gerenciada por Damares Alves

Letícia Casado Laís Alegretti
Brasília

Futura chefe do Ministério de Mulher, Família e Direitos Humanos, a pastora Damares Alves disse nesta quinta-feira (13) que a direção da Funai deve ser decidida depois da posse.

A Funai está hoje na Justiça, mas será incorporada à pasta de Damares.

A pastora Damares Alves, futura chefe do Ministério de Mulher, Família e Direitos Humanos
A pastora Damares Alves, futura chefe do Ministério de Mulher, Família e Direitos Humanos - Sergio Lima - 6.dez.2018/AFP

"A Funai vai ser recebida como está e se tiver que fazer modificações na Funai, serão lentas e graduais porque estamos lidando com o assunto. Eu sempre falo que a Funai (Fundação Nacional do Índio) é minha pérola", disse ela a jornalistas nesta tarde ao sair de reunião no CCBB (Centro Cultural do Banco do Brasil), sede do governo de transição. 

Questionada se a direção será definida apenas depois da posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), ela não descartou essa possibilidade.

"Estou trabalhando nesse sentido, trabalhar a Funai depois com calma, a gente sentar com calma, se reorganizar", respondeu.

Segundo ela, o atual presidente, Wallace Moreira Bastos, "é uma pessoa muito sensata".

"O Wallace parece uma pessoa muito centrada e acho que vai dar pra fazer uma transição legal, conhecer um pouco do trabalho do Walace. A Funai vai ser vista com muito carinho, tenham certeza disso", acrescentou.

Ex-subsecretário de assuntos administrativos do Ministério dos Transportes, Wallace foi nomeado pelo presidente Michel Temer (MDB) em abril deste ano. O nome dele foi apresentado ao Palácio do Planalto pelo deputado André Moura (PSC-SE).

O PSC, partido conservador e presidido por um pastor evangélico, controla a Funai desde janeiro do ano passado. Wallace foi o nono chefe nomeado para a Funai e o terceiro indicado pelo PSC nos últimos seis anos, desde abril de 2012.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.