Descrição de chapéu Folha, 100

Veja manifestações de parabéns pelos 100 anos da Folha

Jornal comemora seu centenário nesta sexta-feira (19)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A Folha completa 100 anos nesta sexta-feira (19). Veja a seguir o que autoridades em geral e diferentes membros da sociedade falam sobre o centenário do maior jornal do país.

“Não se passaram cem anos quaisquer. Neles a Folha não só aprendeu muito, como ensinou. Desde que fui levado ao Frias (pai) por nosso amigo Carlos Lemos passei a escrever no jornal. Quando era senador escrevia enquanto ouvia meus colegas e os aparteava. O texto, contudo, era publicável: havia um antigo jornalista que o corrigia. Aprendi, e espero ter melhorado. E aprendi muito com o Frias, cuja inteligência rápida apreendia tudo. Da política aos negócios Não me esquecerei de quando d. Dagmar me disse ao telefone que votaria em mim, nem me lembro o para ser o que...Desejo que o jornal continue a ser como sempre: quase irreverente, mas construtivo. Longa vida!
Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República

A Folha tem uma respeitável tradição de seriedade e de bem informar o público. Meus parabéns a esta instituição centenária
José Sarney, ex-presidente da República

A Folha de S.Paulo tem uma história consolidada de serviços prestados ao Brasil. Tem se mostrado um jornal independente e plural, representando um exemplo de jornalismo profissional e de excelência. Desejo mais um século de êxito a esse prestigioso periódico
Luiz Fux, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal)

No auspicioso dia do seu centenário, temos de celebrar os valores fundamentais da Folha, aliás, que a assemelham aos mais caros ideais da Democracia e do Congresso Nacional: a pluralidade de pensamento, a defesa da diversidade, visibilidade para as minorias, o respeito civilizado às divergências, a permanente sintonia com o avanço das pautas e mudanças de comportamento de uma sociedade em permanente transformação, o compromisso para fazer um país melhor. Sem contar, no caso da Folha, o escrutínio das instituições. Todos nós não somos infalíveis, mas assim como a Folha, a Democracia e a vida pública são vitais e é melhor, olhando o último século, um Brasil com a Folha de S.Paulo o que teria sido sem ela
Arthur Lira, deputado federal (PP-AL) e presidente da Câmara dos Deputados

Neste momento do país, nossos desafios são garantir a vacina para todos, assegurar renda mínima aos gravemente impactados pela crise, gerar emprego e renda. E isso só é possível com diálogo, respeito e o fortalecimento das instituições, em um ambiente de pacificação. Aos 100 anos de existência, a Folha de S.Paulo integra esse conjunto de entidades que, acima de preferências políticas e ideológicas, tem papel fundamental na sustentação do Estado Democrático de Direito. Parabéns a todos os profissionais pela busca constante da informação séria, crítica e essencial, que apenas o jornalismo de qualidade é capaz de fornecer
Rodrigo Pacheco, senador (DEM-MG) e presidente do Congresso Nacional

Parabenizo a Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos de existência. O jornalismo de qualidade e com credibilidade faz da Folha um importante instrumento de consolidação da nossa democracia.
Fernando Collor de Melo, senador e ex-presidente da República

Só uma imprensa livre pode combater a desinformação e a mentira. Sem liberdade de expressão e sem imprensa livre, não há democracia. A censura não cala o silêncio irresignado, nem a mentira suplanta a verdade. A centenária história da Folha é testemunha da democracia brasileira. Os que a atacam são também os que garroteiam a liberdade. Que não nos falte o repúdio ao arbítrio. Que não nos falte o apreço pela verdade. Que não nos falte a irresignação que denuncia tiranos. Que não nos falte o exemplo de gerações de jornalistas independentes da Folha
Edson Fachin, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal)

Parabenizo a Folha pelos 100 anos de existência como jornal independente, aberto ao pluralismo de ideias, que constitui a própria essência da democracia
Ricardo Lewandowski, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal)

A imprensa livre, profissional e independente é matéria-prima da democracia, indispensável na busca por uma sociedade justa e igualitária. Nos 100 anos da Folha, cumprimento os profissionais que nos trazem informação, opinião e reflexão, com pluralismo e honestidade intelectual
Luís Roberto Barroso, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal)

Parabenizo o jornal Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos em defesa da democracia e do Estado de Direito, sempre de maneira imparcial, transparente e respeitosa. Um século de efetiva consagração da liberdade de expressão e defesa dos direitos fundamentais
Alexandre de Moraes, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal)

O centenário da Folha é uma marca para o Brasil. O que hoje entendemos por liberdade de imprensa possui influência desses 100 anos no desempenho de uma das tarefas mais relevantes para a democracia: informar! Parabenizo a todos seus jornalistas pelos serviços prestados ao país
Gilmar Mendes, ministro do STF

O centenário da Folha de S.Paulo é um marco para o jornalismo no Brasil. O jornal redefiniu a imprensa brasileira para um modelo mais plural, crítico e livre de partidarismos. Agora, reafirma-se como uma plataforma moderna, digital, dinâmica e indispensável de comunicação. Ao se posicionar com firmeza a serviço do Brasil, a Folha cumpre a missão primordial da imprensa em defesa da democracia e da liberdade
João Doria, governador de São Paulo

A Folha é plural. E foi assim nos seus 100 anos de existência. A pluralidade é revelada pelos seus articulistas fixos e pelos eventuais. Sigam assim. Parabéns
Michel Temer, ex-presidente da República

Na democracia é necessário um debate incessante de ideias, a pluralidade e o jornalismo sério, atributos que a Folha pratica com vigor em toda a sua história . Em meio à revolução dos meios digitais, é preciso sempre lembrar: o bom jornalismo é necessário, seja no canal digital ou impresso. Parabéns ao Brasil pelos 100 anos da Folha
Henrique Meirelles, secretário da Fazenda de São Paulo, ex-presidente do Banco Central e ex-ministro da Fazenda

Parabéns pelos 100 anos da Folha!
Antonio Kandir, ex- ministro de Planejamento

A pluralidade, na sua dupla característica de igualdade e diferença, é o que configura o mundo na análise de Hannah Arendt. Foi um dos temas recorrentes das minhas conversas com Octavio Frias Filho, desde os seus tempos na Faculdade de Direito da USP. A Folha está sempre aberta a dar espaço à pluralidade do mundo. É uma das muitas razões para celebrar o seu auspicioso centenário
Celso Lafer, professor emérito da USP (Universidade de São Paulo) e ex-Ministro das Relações Exteriores

Cumprimento a Folha e desejo que mantenha a sua juventude, marca da sua política editorial
Maria Arminda do Nascimento Arruda, professora titular de sociologia da USP (Universidade de São Paulo) e coordenadora do Escritório USP Mulheres

Os 100 anos da Folha de S.Paulo são um marco do jornalismo profissional, responsável e de qualidade de que o país tanto precisa. Em meu nome e da Diretoria da Associação Nacional de Jornais (ANJ) , parabenizo com orgulho e satisfação o jornal, que é um dos fundadores da nossa entidade. O jornalismo inquieto e independente, e a pluralidade de opiniões que caracterizam a Folha são uma referência em nossa atividade e também patrimônio da sociedade brasileira. Em momentos como este que atravessamos, com tantos desafios para a atividade jornalística e para a própria democracia, o centenário da Folha deve ser comemorado como prova da vitalidade e necessidade da liberdade de imprensa
Marcelo Rech, presidente da ANJ

A Associação Norte e Nordeste de Professores de Processo (Annep) vem a público parabenizar a Folha de S.Paulo pelo seu centenário, uma reafirmação da importância do pluralismo político, da liberdade de imprensa e do livro pensar
Antonio Adonias Aguiar Bastos (presidente), Gisele Santos Fernandes Góes (vice-presidente), Frederico Augusto Leopoldino Koehler (secretário geral) e os diretores Rosalina Freitas Martins de Sousa (pesquisa), Clarissa Vencato da Silva (relações institucionais), Gabriela Expósito T.M. de Morais (publicações) e Paula Sarno Braga (ensino)

Mesmo discordando de muitas posições por vezes adotadas em seus editoriais e reportagens, parabenizo a Folha de S.Paulo pelos 100 anos de jornalismo que tanto influenciou a história e a vida dos brasileiros. Faço votos, ainda, que o compromisso com a verdade e a fidelidade aos fatos apurados sejam sempre norteadores da sua missão
Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente

Em nome da Rede Brasil do Pacto Global da ONU, parabenizo a Folha de S.Paulo pelo seu centenário, uma importante e marcante data, não somente para o jornal, mas para o Brasil.
Como leitor e atuante na mobilização da sociedade em prol de um mundo mais verde, íntegro e inclusivo, só tenho a agradecer o trabalho feito pela Folha, pelas e pelos seus jornalistas, diretores e colaboradores que construíram a história do jornal, um dos mais importantes do mundo, durante esses cem anos.
A imprensa livre e independente é parte fundamental de uma democracia e essencial para mostrar as nossas vulnerabilidades de forma construtiva, no sentido de transformar o que não está bom para que a gente consiga chegar a um mundo que não deixe ninguém para trás. E a Folha de S.Paulo, desde a sua fundação até os dias de hoje, tem buscado dar luz a práticas e atitudes que não podem ser mais aceitas

Carlo Pereira, diretor executivo da Rede Pacto Global da ONU

Parabenizo a Folha de S.Paulo pelo centenário de relevantes serviços prestados à democracia e ao jornalismo profissional.
Que a pluralidade e a busca pelo equilíbrio, que constam do projeto editorial, continuem propiciando o diálogo entre os diversos segmentos da sociedade e que, todos os dias, possam se ver retratados nas páginas do jornal.

Augusto Aras, procurador-geral da República

Temos orgulho de termos acompanhado a evolução bem-sucedida de sua empresa nos últimos cem anos, superando muitos desafios no setor do jornalismo. Essa conquista é uma prova do espírito de inovação da Folha e de sua persistência em oferecer a seus leitores um jornalismo imparcial e destemido.
Também temos orgulho de termos feito parte dessa jornada durante nosso relacionamento, que já dura décadas. O fato de o jornalismo do The New York Times fazer parte de suas reportagens diárias é uma honra para nós. Esperamos que nossa cobertura recente do coronavírus tenha sido útil aos leitores da Folha, enquanto todos nós procuramos nos orientar nestes tempos desafiadores.
Parece surreal estarmos cobrindo uma história do tipo que só ocorre uma vez na vida a partir de nossas casas, mas jornalistas do Times em todo o mundo o estão fazendo sem deixar passar nada, assim como estão os seus. Por favor transmita à sua equipe que valorizamos seu trabalho de apuração dos fatos, especialmente em um momento em que vidas dependem dele.
Antecipamos com prazer muitos anos mais de sucesso da Folha
Michael Greenspon, chefe global de licenciamento e inovação de mídia impressa do jornal The New York Times

Ao longo dos últimos 100 anos, a Folha de S.Paulo tornou-se cada vez mais relevante para o país, honrando seu compromisso de garantir aos leitores o direito à informação. O jornal soube se manter moderno e inquieto, acompanhando, e muitas vezes antecipando, as transformações da nossa sociedade. Parabéns a cada um que fez e faz parte dessa história.
Rogério Caboclo, presidente da Confederação Brasileira de Futebol

História de 100 anos da Folha de S.Paulo é nossa também.
Foi na Folha de S.Paulo que iniciei minha carreira de jornalista e desenhista. Uma honra fazer parte dessa história que, em 100 anos, se mostrou essencial para a sociedade brasileira. Um jornal é a porta de entrada para a evolução das ideias e dos ideais, e a Folha de S.Paulo cumpre esse papel desde o seu primeiro dia. Ficam aqui os parabéns à todos que fazem parte dessa história e o meu obrigado pelo caminho que o jornal pavimentou na minha vida

Mauricio de Sousa

Eu tenho certeza que esse centenário é só o primeiro. E ponto final
Jô Soares

Motivo de felicitações gerais. Queria só cumprimentar a Folha pelo centenário. Um jornal que tem prestado um grande serviço à democracia do Brasil
Cildo Meireles, artista plástico

Acompanho a Folha há muito tempo. Lembro que o primeiro artigo que publiquei aqui em São Paulo foi no Folhetim. Foi uma crônica e isso acho que foi nos anos 1970. Já era uma crônica sobre a devastação da Amazônia. Eu já era pessimista na minha juventude. Foi no final da ditadura, nos últimos anos. E depois eu publiquei, já muito tempo depois, em 1988, um artigo sobre o orientalismo de Edward Said, uma resenha do livro que tinha saído em inglês. Ainda não tinha tradução brasileira. Sempre acompanho a Folha, acho um jornal importante pro Brasil e para São Paulo. E depois eu publiquei vários artigos esporádicos na Ilustríssima sobre Machado de Assis, um recente foi sobre essa explosão no porto de Beirute, no ano passado. Enfim, não concordo com todos os articulistas, tenho lá muitas discordâncias, sobretudo quando tratam do Oriente Médio, acho que precisa de mais equilíbrio. Os palestinos são sempre rebaixados ou desconsiderados. Acho que isso devia ser repensado. Poucas vezes li uma matéria mais justa sobre essa questão. E acho que o jornal tá de parabéns e tá cumprindo um papel fundamental contra o autoritarismo e as ameaças contra a democracia que a gente tá vivenciando há dois anos. Também acho que a inclusão de jornalistas negros é importantíssima, porque eles não tinham espaço na grande imprensa. Até acho que um intelectual como Ailton Krenak podia colaborar de vez em quando com a Folha de S.Paulo. Mas eu acho que é isso aí. E acho que a Folha está de parabéns
Milton Hatoum, escritor

Não fosse a pandemia, estaríamos comemorando o centenário da Folha com um concerto da Osesp, na Sala São Paulo. Para mim, pessoalmente —como leitor, ex-articulista, ex-editor, com tantos amigos no jornal, de ontem e de hoje— teria sido uma grande emoção. Pensando também no que a Folha significou e significa, no passado e no presente, para tantos de nós e para o país. Fica remarcado, desde já, esse concerto, em dias melhores, que virão
Arthur Nestrovski, diretor artístico da Osesp

Leio a Folha desde a adolescência, hábito que carrego comigo, sou muito apegada ao jornal impresso. Na quarentena, foi difícil se acostumar a ler digitalmente, mas continuo uma leitora assídua. [A Folha] é como uma pessoa da minha família, que convivo há muito tempo. Até hoje tenho esse hábito, de acordar e tomar café lendo o jornal
Marina Person, apresentadora, diretora e atriz

Os 100 anos de um jornal libertário como sempre foi a Folha de S.Paulo nos traz uma crença absoluta no nosso futuro. A Folha é um referencial de resistência diante do tormento político, social, que estamos atravessando
Fernanda Montenegro, atriz

Escrevo, em nome do Instituto Palavra Aberta, nessa ocasião tão especial para parabenizar todos os profissionais da Folha pelo centenário de bom jornalismo e defesa da liberdade de imprensa.
Em tempos de abundância informacional, desinformação e do derretimento da confiança nas instituições, o papel da Folha é simplesmente vital para que os valores democráticos sigam orientando o Brasil.
Que a Folha continue sendo um dos pilares mais consistentes na defesa da nossa (ainda jovem) democracia

Patricia Blanco, presidente-executiva do Instituto Palavra Aberta

É muito honroso podermos estar presentes no centenário deste fantástico e inovador diário da imprensa mundial. Enviamos a todos os componentes do jornal e da empresa os nossos cumprimentos por esta data e que com inteligência e coragem consigamos ultrapassar a difícil presente fase
Instituto Tomie Ohtake

​A possibilidade de ter atuado desde cedo como crítico e colunista da Folha me deu um senso de responsabilidade importante em relação à ideia de como um intelectual (ou aspirante a isso) pode intervir publicamente nos debates que lhe competem, tais como cultura, cidade e política (no meu caso). E pude fazê-lo sempre com liberdade e isenção. Discordo frontalmente de muitas das posições assumidas pelo jornal desde que o acompanho mais intensamente, nos últimos vinte anos. Mas destaco o fundamental papel de crítica e resistência ao desmonte das nossas instituições que a Folha tem desempenhado nos tempos sombrios em que vivemos
Guilherme Wisnik, ensaísta e arquiteto

A Folha é um patrimônio do Brasil. É fundamental como garantia da democracia e da formação cultural do país. Há mais de 30 anos, a Folha é minha companhia no café da manhã. O dia não começa sem a Folha de S.Paulo
André Sturm, cineasta e ex-secretário da Cultura de São Paulo

Em nome da equipe do É Tudo Verdade, efusivos cumprimentos à Folha de S.Paulo ao celebrar um século de compromisso diário com a busca da verdade. Longa vida ao jornal!
Amir Labaki, diretor-fundador, É Tudo Verdade -Festival Internacional de Documentários

Parabéns à Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos. A fundação da Folha não é só um marco histórico para o próprio jornal. É também um marco para o jornalismo, para a história do país e para a democracia brasileira. Ao se juntar ao seleto grupo de jornais centenários ao redor do mundo, a Folha prova que chegar a tal marca significa que, além da adoção inequívoca das premissas jornalísticas, houve sabedoria e energia para reinvenção, adaptação e trabalho duro. Tudo isso sem romper com os protocolos científicos e éticos elementares do bom jornalismo: perseguir intransigentemente a verdade, ouvir todos os lados envolvidos, entregar o conteúdo apurado com a maior clareza e beleza possíveis.
Por essa marca histórica, a Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje) parabeniza e reforça o desejo de longevidade ao jornal. Uma história que a Aberje tem o orgulho de fazer parte, pois foi em um auditório pertencente à Folha da Manhã que a entidade foi criada, em uma reunião histórica, ocorrida no dia 8 de outubro de 1967.
Pelo cumprimento centenário do papel de guardiã da democracia, de asseguradora do diálogo e da liberdade de expressão e, mais recentemente, da luta contra às mais hediondas formas de fake news, o jornal Folha de S.Paulo se tornou um referencial para todos que lidam ou não com comunicação diariamente.
​Desejamos que, da mesma forma que faz há 100 anos, a Folha continue prestando serviço à sociedade, levando informação e opinião, mesmo sob ataques à imprensa e a crise sanitária por qual passamos. Mais cem anos à Folha!

Diretoria e Conselho Deliberativo e Consultivo da Aberje (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial)

O factual de hoje, para nós jornalistas (e para todos os brasileiros), é que há 100 anos nascia um dos principais jornais do nosso país. Uma prova disso: que assessor de imprensa nunca ouviu de um cliente "quero sair na Folha de S.Paulo"? Ou seja, o que para nós significa o desafio de emplacá-lo, para o público reflete a credibilidade do veículo. Diante disso, nos sentimos lisonjeados por fazer parte, de certa forma, das construções de algumas matérias, por meio das sugestões de pautas que enviamos para vocês e dos contatos que fazemos, sempre bem recebidos - diga-se de passagem. Portanto, colaboradores da Folha, por favor, continuem seguindo em frente. Ainda mais em tempos de fake news e ataque aos veículos de comunicação, o jornal é um pilar de resistência da nossa democracia. Saiba que estamos juntos e vamos seguir em frente tendo vocês como objetivo e como exemplo. Parabéns e obrigado!
Prefácio Comunicação

Já fui alvo de críticas, como ministro da Fazenda dos governos Lula e Dilma. Hoje sou crítico, como observador da atual política econômica. Nos dois papéis, pude atestar o compromisso da Folha em dar voz aos que não comungam necessariamente de suas convicções. Nos últimos 30 anos, a Folha sempre acolheu meus artigos, concordando ou não com eles. A polêmica é a alma da democracia. Parabéns pelos cem anos, Folha!
Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda e professor da FGV

Exemplo na defesa das instituições democráticas e de pluralidade de opiniões, a Folha de S.Paulo registrou e ajudou a construir boa parte da história do Brasil nesses últimos 100 anos. Sua independência e o compromisso de colocar o interesse do leitor acima de tudo sem rabos presos mostram por que a Folha chegou até aqui, sempre renovada, sem abrir mão de seus princípios jornalísticos
Frederico Trajano, presidente do Magalu

A Rhodia, empresa do Grupo Solvay, parabeniza a Folha de S.Paulo pela passagem de seu primeiro centenário de existência. Que venham outros centenários com o mesmo compromisso de levar informação relevante e de qualidade para a sociedade brasileira!
Daniela Manique, presidente do Grupo Solvay na América Latina

Um século é um marco e tanto. E por essa razão, a RNI – Rodobens Negócios Imobiliários gostaria de dar os parabéns pelo centenário da Folha de S.Paulo e agradecer por ser uma referência em informação para o Brasil. A RNI está completando 30 anos em 2021 e ficamos felizes nessa celebração conjunta.
Informação é algo primordial e com a ajuda de canais de comunicação a exemplo da
Folha de S.Paulo, temos nos pautado para cumprir a missão de ajudar milhares de brasileiros a conquistar o sonho da casa própria. Assim como a Folha de S.Paulo chega a milhares de leitores e internautas, nós buscamos os melhores caminhos para atender ao máximo a necessidade de moradia no país
Carlos Bianconi, presidente da RNI – Rodobens Negócios Imobiliários

Cumprimentamos toda a equipe da Folha de S.Paulo pelos 100 anos de jornalismo, pautados sempre pela informação de qualidade e credibilidade. Desejamos muito sucesso no futuro
Valmir Pereira, CEO da Mind Lab Brasil

Cem anos se passaram e a Folha segue incansável, como sempre o fez em sua história, relatando notícias, explicando os fatos e sendo um dos maiores canais de utilidade pública do país. Parabenizamos todos os jornalistas e demais membros da família Folha por todo o trabalho realizado em prol do Brasil
ário Carvalho, CEO da SEEDCORP I HO

O compromisso com um trabalho jornalístico sério foi o grande aliado para que a Folha chegasse até aqui e se tornasse um dos veículos de comunicação mais respeitados do país. Durante esses 100 anos, levou informação relevante e de qualidade inquestionável aos brasileiros, se reinventando de maneira constante. Parabéns a toda a equipe Folha e muito sucesso!
Paulo Nigro, CEO da GranBio

Ninguém chega aos 100 anos sem ter trabalhado duro, diariamente, para adquirir o respeito e o reconhecimento de seu público. Temos certeza de que a busca incansável pelo jornalismo de qualidade em todos esses anos fez a Folha chegar até aqui. Em japonês, usamos o termo dantotsu para algo que é feito de forma incomparável. Este valor faz parte da nossa missão e da nossa história, que, em maio, também chega aos 100 anos. Ele cabe, sem dúvida, ao trabalho que em todos esses anos vem sendo feito por todo o time Folha
Daiju Funatsu, CEO e presidente da Komatsu

Receba aqui os nossos calorosos parabéns pelos 100 anos da Folha de S.Paulo. A data representa não apenas uma notável marca na história deste país, mas o reforço da admiração de todos nós por essa centenária contribuição do jornal na defesa da democracia, e pelo seu inabalável compromisso de promover o acesso à informação de qualidade a toda população brasileira.Transmita nossas felicitações à redação, aos profissionais que exercem com brilhantismo o difícil jornalismo diário, e a todo pessoal que torna possível essa incrível jornada.
Silmara Olívio, vice-presidente de Relações Corporativas Cone Sul Coca-Cola América Latina

A Folha de S.Paulo é um jornal fundamental para o Brasil. Gostaria de parabenizar sua equipe pela passagem do primeiro século de existência. Tenho certeza de que valores como a democracia e o pluralismo continuarão como marcas indeléveis da sua linha editorial pelos próximos 100 anos Guilherme Leal, Co-fundador da Natura &Co.

Cem anos é um marco muito importante na história de qualquer empresa e é ainda mais relevante quando esta auxilia tantas outras a construírem sua própria trajetória. Parabéns, Folha de S.Paulo
Felipe Azevedo, Presidente na LG lugar de gente.

Ao longo dos anos a Folha de S.Paulo tem se mantido como uma das mais importantes e confiáveis fontes de informação da sociedade brasileira, razão pela qual nos alinhamos, aqui no Giraffas, entre os seus leitores. Em tempos conturbados, de grave crise de saúde e econômica, informações de boa qualidade são essenciais para as decisões que tomamos no dia a dia e para reduzir os efeitos das notícias falsas que hoje proliferam. Ressalto ainda a importância da Folha como um dos pilares da nossa democracia e fiscal de nossos governos. Plagiando um de seus anunciantes, estes foram apenas os primeiros 100 anos da Folha de S.Paulo
Carlos Guerra, CEO da Rede Giraffas (São Paulo, SP)

É motivo de muita comemoração ver a Folha chegar ao seu centenário. Quantas histórias foram contadas e eternizadas pelo jornalismo de qualidade que sempre permeou as páginas do jornal. Assim como nós do agro, o jornal também tem acompanhado os movimentos e atualizações da sociedade, hoje é referência no modelo on-line e certamente estará nas revoluções que virão. Os nossos parabéns a todos os profissionais que trabalham diariamente para nos trazer notícias de qualidade
Romeu Stanguerlin, CEO da ADAMA Brasil e vice-presidente sênior da ADAMA Solutions Ltda

Em nome da Rede D'Or São Luiz, cumprimento a diretoria e toda a equipe do jornal pela comemoração do seu centenário. O jornalismo imparcial e de excelência sempre realizado pela Folha de S.Paulo é, mais do que nunca, fundamental frente ao desafio da sociedade em lidar com a desinformação disseminada nas redes sociais. Que a Folha continue sendo esse exemplo de jornalismo profissional, pautado na verdade e no interesse público
Paulo Moll, CEO da Rede D'Or São Luiz

Em nome da Pfizer Brasil, parabenizamos a Folha de S.Paulo por seus 100 anos de história.O jornal cumpre de maneira brilhante seu papel de informar a sociedade e defender a democracia, exercendo e lutando pelo direito à liberdade de expressão. As últimas décadas têm sido desafiadoras para os veículos de imprensa no Brasil e também no mundo. Porém, cada vez mais a sociedade valoriza o verdadeiro jornalismo, feito com profissionalismo e credibilidade, o que é essencial para educar a população sobre temas de extrema relevância, como a saúde!Que venham mais 100 anos de Folha de S.Paulo! Saibam que a Pfizer estará ao lado do veículo na busca por saúde e qualidade de vida, pautada por seu propósito de mudar as vidas das pessoas
Marta Díez, presidente da Pfizer Brasil e Cristiane Santos Blanch, diretora de Comunicação e Assuntos Corporativos da Pfizer Brasil

Cumprimentamos toda a equipe da Folha de S.Paulo pelos 100 anos de atividades e pelo árduo trabalho realizado ao longo de sua história. Em tempos como o atual, marcado por tentativas de propagação da desinformação, o papel de um jornal como a Folha torna-se ainda mais importante e merece ser celebrado e reconhecido
Gustavo Vasques, presidente da Compass Minerals América do Sul

O Grupo Stratus parabeniza a Folha de S.Paulo pelos 100 anos de fundação, que se completam neste dia 19 de fevereiro. Em sua trajetória centenária, a Folha tornou-se um dos mais importantes veículos de comunicação do Brasil, sempre priorizando a excelência da informação e buscando constantemente inovar para se adaptar às inúmeras transformações que aconteceram nesse período. Que o jornal se mantenha nessa linha que marcou seus primeiros 100 anos de existência! Álvaro Gonçalves e Alberto Camões, diretores executivos do Grupo Stratus

Ao longo desses 100 anos, a Folha de S.Paulo tem sido referência para várias gerações. Notabilizou-se pelo jornalismo livre e independente, focado na pluralidade de pensamento e no compromisso com a transparência, o profissionalismo e a seriedade. Essa data ressalta a importância da imprensa, que tem missão primordial na defesa da democracia e da liberdade.O respeito com agências, anunciantes e fornecedores é outro marco da atuação da Folha, sempre comprometida em cumprir todas as demandas do mercado dinâmico e exigente.
Em nome de toda a equipe da Luz Publicidade, receba nossos cumprimentos pelo centenário da
Folha. Com certeza fazemos parte dessa história marcada pelo jornalismo do mais alto nível e uma administração competente e dinâmica. Vida longa à Folha!
Ricardo Sá, diretor superintendente da Luz Publicidade

Sou ativista da longevidade com qualidade, e a Folha está de parabéns por chegar tão em forma aos seus 100 anos. O exercício diário na busca de notícias e pluralidade de visões garantirá mais 100 anos de jornal saudável e fundamental à democracia brasileira
Abilio Diniz, presidente do conselho de administração da Península

Acompanhei como leitora assídua metade dessa história centenária. À medida que o tempo passou, a Folha se tornou mais vibrante, moderna, relevante, independente. Em poucas palavras: ganhou senhoridade com maestria, mantendo-se jovem. Em uma palavra: parabéns!
Lucilia Diniz, empresária

A Folha não existe para que a gente concorde com ela. Ela existe para nos fazer refletir, para afiarmos os argumentos quando, em questões pontuais, eventualmente não estamos do mesmo lado. No seu centenário, eu saúdo seu espírito livre, audaz, inteligente e corajoso
Flávio Rocha, presidente do conselho de administração do grupo Guararapes

Em nome do GPA e do Assaí, gostaríamos de parabenizar a Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos de história. Desde a sua formação, o jornal esteve à frente de importantes discussões políticas, econômicas e sociais no Brasil e no mundo, com relevância e comprometimento, e exercendo um papel fundamental para a democracia brasileira. Desejamos ainda mais êxito nos próximos 100 anos
Ronaldo Iabrudi e Christophe Hidalgo, conselhos de Administração do GPA e Assaí

Cem anos são motivo de grande júbilo. Parabéns à Folha por sua contribuição jornalística ao debate público ao longo dos altos e baixos do Brasil. Nesses tempos de fake news e ameaças à democracia, mais do que nunca contamos com a Folha na busca de um futuro melhor
Arminio Fraga, sócio-fundador da Gávea Investimentos, ex-presidente do Banco Central e colunista da Folha

A centenária Folha não é só um grande jornal para os seus milhões de leitores; é um grande jornal também para anunciantes e agências de publicidade. No papel e no digital, a Folha é espaço privilegiado para as marcas exporem seus produtos, serviços e ideias, sempre em meio à inovação e à criatividade em espaços e formatos.
A Folha sempre foi defensora da publicidade ética e autorregulada, que contribui para a sustentação da liberdade de imprensa e para o progresso do país. Não por acaso, está presente nos 22 anos de vida do CENP, tendo um dos executivos do jornal assinado a nossa ata de criação e integrado a diretoria do CENP por vários anos.
É que a Folha, assim como nós, acredita na publicidade com regras transparentes em benefício dos consumidores, anunciantes e agências de publicidade. As boas práticas promovidas pelo CENP ocupam espaço amplo nas práticas da Folha. Que siga sendo assim pelos próximos 100 anos!
Caio Barsotti, presidente do CENP (Conselho Executivo das Normas-Padrão)

Parabéns aos leitores, gráficos e demais trabalhadores da Folha de S.Paulo, pelo marco histórico de 100 anos em circulação. Desejo que a Folha possa continuar existindo como veículo impresso e que seu jornalismo seja capaz de refletir a diversidade de opinião da população brasileira. Que suas pautas sejam capazes de revelar a existência de realidades tão diferentes e ricas entre o Norte e o Sul, bem como entre o Nordeste e Centro-Oeste brasileiro.
Como representante da Amazônia no Congresso Nacional, gostaria que a Folha, como de resto a grande mídia brasileira, amplie o espaço para tratar da exploração dos recursos naturais da nossa região, cujo saldo é o empobrecimento e o desequilíbrio ecológico. Assim como o manganês do Amapá desapareceu e não gerou desenvolvimento para todos, o ferro de Carajás está com os anos contados. A previsão é que em 60 anos aquele recurso, exportado de forma bruta, estará esgotado. E o que gerou de riqueza para a população que vive em torno da maior província mineral do planeta? Vida longa ao jornal centenário

Paulo Rocha, senador (PT-PA) e líder do PT no Senado

Informar o povo não é trabalho fácil. Ultrapassar barreiras, não deixar nada em oculto é trabalho para experientes. Pois bem, a Folha completa hoje 100 anos de experiência defendendo o direito do povo brasileiro à informação, fortalecendo a democracia. Parabéns! #Folha100
Randolfe Rodrigues, senador (Rede-AP)

Parabéns à toda a equipe Folha de S.Paulo pelo centésimo ano. Poucas instituições e empresas conseguem alcançar essa marca, ainda mais um veículo de imprensa em um país onde ondas ditatoriais já marcam épocas com supressão de garantias institucionais e restrição a liberdade de imprensa.
A Folha completa um século com postura firme, independente e sem mordaças, desempenhando seu papel democrático de produzir um jornalismo isento ao cidadão

Major Olimpio, senador (PSL-SP)

Em um momento em que a sociedade é assolada pela indústria de notícias falsas, faz-se ainda mais relevante o papel de um jornal como a Folha de S.Paulo, grande defensor da liberdade de expressão e um contraponto à intolerância que contamina as redes sociais. Vida longa à Folha
Rodrigo Maia, deputado federal (DEM-RJ) e ex-presidente da Câmara dos Deputados

Novidade boa: vou passar a escrever semanalmente, aos sábados, na Folha. Será uma honra escrever em um espaço já ocupado por pessoas que tanto contribuem ao país. Parabéns à Folha pelos 100 anos e por se manter crítica e plural, algo essencial à nossa democracia #Folha100
Tabata Amaral, deputada federal (PDT-SP)

A Folha completa 100 anos de história, independente da nossa concordância ou não com a sua linha editorial, devemos celebrar sua contribuição democrática que só é possível com a imprensa livre. Por mais barulhento que seja a imprensa livre é preferível que o calar das tiranias
José Guimarães, deputado federal (PT-CE)

Parabéns aos jornalistas da Folha de S.Paulo e à família Frias pelo centenário deste jornal que se consolidou na defesa da democracia, do pluralismo político e da economia de mercado em favor do desenvolvimento social
Baleia Rossi, deputado federal (MDB-SP) e presidente nacional do MDB

Celebro como brasileiro os 100 anos da Folha de S.Paulo. Na minha lembrança, vem a convivência respeitosa e fecunda com Octávio Frias e Otavio Frias Filho, que fizeram desse jornal uma trincheira de lucidez, pluralismo e defesa do Brasil. Que os seus contemporâneos nessa comemoração mirem-se nesses exemplos
Ciro Gomes, ex-governador do Ceará

Nos últimos 100 anos, nada relevante aconteceu em SP, ou no Brasil, sem ter sido registrado pela Folha. Comigo, a relação sempre foi de muito respeito. E é assim que deve ser em uma democracia. À Folha de S.Paulo e a todos os seus jornalistas: os meus parabéns! #Folha100
Márcio França, ex-governador de São Paulo

Os 100 anos da Folha, comemorados hoje, representam a resistência da imprensa no país. É a confirmação de que, mesmo diante de tantos desafios, principalmente a disseminação de notícias falsas, o jornalismo nacional segue firme como um dos pilares da nossa democracia
Paulo Hartung, economista e ex-governador do Espírito Santo

Parabéns, Folha #Folha100 Imprensa livre, ativa, plural, isenta e crítica é um dos pilares da democracia! Que esse seja sempre o norte a guiar este importante meio brasileiro!
Carlos Gianazzi, deputado estadual em São Paulo pelo PSOL

Com meus cordiais cumprimentos, venho parabenizar a Folha de S.Paulo pelo seu centenário, mas que se renova a cada dia, trazendo informações de qualidade, notícias e entretenimento com credibilidade, transparência, imparcialidade e cumprindo sua missão de atender os interesses culturais do nosso país.
Desejo vida longa ao jornal e a todos que se empenham em fazer da
Folha um registro palpável de acontecimentos, envolvidos em manter vivo esse veículo de comunicação tão importante, contribuindo com assuntos relevantes e pertinentes à realidade, nos ajudando diariamente a adquirir conhecimento e a manter a democracia tão importante na vida de um país
​Ricardo Madalena, deputado estadual em São Paulo pelo PL-SP

Sem uma imprensa forte, livre e responsável não há democracia. Parabéns, Folha, pelos 100 anos de compromisso com a pluralidade e jornalismo profissional #Folha100
ACM Neto, presidente nacional do DEM ex-prefeito de Salvador

Meus parabéns entusiásticos à Folha de S.Paulo por seus 100 anos de extraordinário jornalismo, que tanto contribui para aperfeiçoar a democracia no Brasil. Tive a honra de trabalhar como analista de assuntos econômicos de 1976 até 1980, o que me impulsionou a me tornar um representante do povo. Há 30 anos, pioneiramente a Folha abriu as suas páginas para que eu defendesse uma ideia pouco conhecida, a Renda Básica de Cidadania, que hoje se tornou uma realidade no mundo
Eduardo Matarazzo Suplicy, vereador em São Paulo pelo PT

Alguns não gostarão de ler isso, mas, apesar de arranca-rabos (inclusive na Justiça) que já tive com a Folha, é impossível não reconhecer sua importância histórica para o jornalismo profissional e a qualidade ímpar de sua clareza editorial. Parabéns pelos seus 100 anos, Folha!
Fernando Holiday, vereador em São Paulo pelo Patriota

Nestas seis décadas de existência foi este jornal que balizou o melhor da minha percepção da realidade e me guiou na busca da lucidez necessária para tomada de decisões nas mais diversas posições que ocupei. Sou profundamente grato à Folha, ela é parte inseparável da minha vida
Ricardo Young, empresário e ex-vereador ​em São Paulo

Um século de serviços prestados ao país e à democracia! Parabéns a este jornal que sempre buscou o melhor relato da verdade sendo crítico, pluralista e apartidário e honrando seu compromisso com Sua Excelência, o leitor. Por mais cem anos!
​João Octaviano Machado Neto, secretário estadual de Logística e Transportes (São Paulo, SP)

Tenho a honra de apresentar as congratulações da Presidência do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil pelo aniversário de 100 anos do jornal Folha de S.Paulo, um marco para a imprensa brasileira.
Nesses tempos em que temos de combater retrocessos democráticos, é imprescindível reafirmar a importância da imprensa livre como pilar da nossa democracia, essencial para o pleno funcionamento das instituições. A Folha, certamente, com sua independência e pluralidade, cumpre hoje esse papel indispensável.
Estendo minha saudação a todos e todas —
jornalistas, colaboradores e funcionários do jornal que escrevem essas páginas que ajudam a contar a história do país, por meio de um jornalismo sério e comprometido com os valores fundamentais da República
Felipe Santa Cruz, presidente do Conselho Federal da OAB

O IAB (Instituto dos Advogados Brasileiros) parabeniza a Folha de S.Paulo pelo seu centenário, comemorado nesta sexta-feira (19/2). Para compreender a trajetória do nosso regime republicano e conhecer os caminhos tortuosos enfrentados pela democracia brasileira, não basta recorrer aos livros de história. É preciso também folhear os arquivos que reúnem as incontáveis páginas publicadas pela Folha de S.Paulo em um século. O aprimoramento do jornalismo brasileiro, a retomada da democracia após 21 anos de ditadura militar e a resistência aos rompantes autoritários que rondam o país devem muito à Folha. Parabéns a Luiz Frias e a toda a Redação
Rita Cortez, presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública parabeniza a Folha de S.Paulo e seus profissionais pelos 100 anos da publicação. Ao longo de sua trajetória, a Folha acompanhou os principais acontecimentos do Brasil e do mundo, e soube se adaptar às necessidades do seu leitor, por meio de um jornalismo profissional e crítico, em sintonia com as principais inovações do setor. Hoje saudamos o compromisso da Folha com a defesa da democracia, o pluralismo das ideias e a liberdade de opinião expressa em suas páginas, que se reflete positivamente na cobertura de temas importantes para o país como a Segurança Pública. Que venham mais 100 anos!
Fórum Brasileiro de Segurança Pública

Em nome do Todos Pela Educação, parabenizo a Folha de S.Paulo pelo seu centenário. Não é um aniversário qualquer – é um marco para o jornal, para os profissionais que nele atuaram e atuam e, sobretudo, para a democracia brasileira. O jornalismo crítico, pluralista e apartidário é mais do que um protocolo de intenções ou um princípio editorial que nasceu da inspiração de Octávio Frias, consolidou-se com Otavio Frias Filho e prossegue hoje sob a liderança de Luiz Frias. Trata-se de um eixo fundamental do que deve balizar o funcionamento da mídia, especialmente num momento em que assistimos com perigosa frequência ameaças à democracia e às instituições. Que continuemos a contar com a Folha na defesa da democracia, da liberdade e do papel do conhecimento e da educação para construirmos um Brasil melhor
Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos pela Educação

O conhecimento liberta. A informação correta fortalece a cidadania. Há 100 anos, a Folha faz jornalismo profissional. Para minha geração, se destaca pela defesa da democracia, dando voz à diversidade do Brasil. Como leitor e democrata, parabenizo o jornal
Luciano Huck, apresentador da Rede Globo

Raras empresas chegam aos 100 anos. Raríssimas atingem essa marca no auge de seu vigor e relevância. É esse o caso da Folha de S.Paulo. Para todos nós, que trabalhamos na imprensa, o jornal é uma referência de qualidade e profissionalismo. Em nome da CNN Brasil, registro aqui nossa homenagem ao jornal, à sua direção e a cada um dos profissionais que passaram por sua redação por perseverarem sempre na busca do bom jornalismo. Parabéns à Folha pelo primeiro século! Contar com um jornal centenário desse porte é um privilégio para o Brasil
Douglas Tavolaro, CEO e sócio-fundador da CNN Brasil

Em um momento em que a necessidade e a importância da defesa da democracia brasileira se fazem tão presentes, é uma enorme alegria celebrar os 100 anos da Folha de S.Paulo. Ao longo deste centenário, a Folha superou todos os desafios para se consolidar como o maior jornal do país. Desde as origens, com a Folha da Noite, em 1921, até os dias de hoje, passando pela exitosa implantação do Projeto Folha, nos anos 1980, o jornal tem estado sempre sintonizado com as demandas mais importantes da sociedade brasileira, como agora mesmo em que chega aos 100 anos colocando-se como “um jornal a serviço da democracia”. A Fundação Padre Anchieta se orgulha das parcerias desenvolvidas com a Folha ao longo da história das duas instituições da comunicação no Brasil e deseja que nos próximos 100 anos, a Folha possa seguir na luta pela busca da verdade e pela defesa dos valores democráticos. Parabéns ao jornal e sua equipe por seu centenário!
José Roberto Maluf, diretor-presidente da Fundação Padre Anchieta

Parabéns por, há 100 anos, persistirem com coragem o desafio de entregar a milhares de brasileiros, diariamente, um jornal que atua a serviço da democracia. A atividade jornalística nunca foi tão necessária à sociedade, e vocês são exemplos de profissionalismo e excelência. Seguimos juntos nessa jornada. Contem conosco!
Claudio Toigo Filho, CEO Grupo RBS e Andiara Petterle, VP de Produto e Operações

Cem anos da Folha. Gratidão por ter feito parte de um quarto dessa jornada. Pessoas e histórias que me ensinaram o ofício e mais. Basta dizer que, no dicionário particular dos meus filhos, folha, o jornal, veio antes da que cai da árvore e do papel em branco#webandofbrothers
Renata Lo Prete, jornalista e âncora do Jornal da Globo

Abril de 2007. A foto, publicada na Folha, apresentou o novo ombudsman do jornal. Posei para a craque Ana Carolina Fernandes, no corredor da Sucursal do Rio. Por que estava tão sério? Não sei. Uma aposta: estava era assustado. Valeu demais #Folha100
Mário Magalhães, jornalista e ex-ombusdman da Folha

Parabéns para a Folha pelos seus 100 anos. Foi onde comecei minha carreira como trainee. Onde escrevi minhas primeiras reportagens. Onde fui correspondente em Buenos Aires. Onde escrevi meu primeiro texto sobre Oriente Médio. Onde fiz grandes amigos. Parabéns e obrigado por tudo
Guga Chacra, jornalista e comentarista da Globo News

Parabéns, Folha! Um jornal fundamental para a nossa democracia.#Folha100
Gerson Camarotti, jornalista e comentarista político da Globo News e TV Globo

Parabéns, Folha. Foram 18 anos de furos, duas guerras, aprendizado e alegria. Fiz muitos amigos. Saudade de todos. Aquele abraço
Kennedy Alencar, jornalista e colunista do UOL

Me dei conta agora de que a Folha vai chegar aos 100 anos na liderança dos jornais brasileiros. Essa marca foi alcançada em 1985. Ou seja, faz 35 anos que a Folha é líder de mercado. Acho que isso não tinha acontecido antes com nenhum outro jornal. Mais um motivo pra comemorar.
Ricardo Kotscho, jornalista e colunista do UOL

Passei 24 anos da minha vida profissional na Folha. Lá aprendi a ser jornalista. Foram tempos intensos e felizes. Temos divergências, claro. Mas hoje é dia de manifestar minha gratidão. E transmitir meu abraço a colegas que passaram e ainda estão no jornal. Parabéns, velhinha!
Fernando Barros e Silva, jornalista e colunista da Revista Piauí

O “Erramos” da Folha costuma ser engraçado... para quem não cometeu o erro, claro. Em oito anos no jornal, frequentei este espaço mais do que gostaria e menos do que merecia. Hoje puxaram o pé de um pobre repórter de 1921. Parabéns pelo centenário e longa vida à #Folha100
​​
Bernardo Mello Franco, jornalista e colunista de O Globo

Feliz aniversário querida Folha. Que lindo um jornal fazer 100 anos. Comemore, sim, com orgulho
Míriam Leitão, jornalista da TV Globo, Globo News e rádio CBN

Salve, Salve a Folha, agora centenária, e ainda mais necessária
Matinas Suzuki, jornalista

Durante quase 5 anos escrevi uma coluna na Folha sobre soluções sustentáveis. Uma honra ter participado deste projeto centenário. Feliz 100 anos #Folha100
André Trigueiro, jornalista da Globo News

Não sou muito de postar, mas não resisti às lembranças conforme fui vendo passar as postagens de tantos amigos. A Folha aguçou meu instinto de repórter e colocou na minha vida alguns dos jornalistas mais brilhantes que conheço. Para quem sempre foi de redações de economia, sentir a potência de publicar uma reportagem na Folha é algo que nunca esqueci. Parabéns #sigaafolha! E todos os bravos que fizeram e fazem parte dela essa força do jornalismo brasileiro
Vanessa Adachi, editora-chefe no Reset

Em 2018, Bolsonaro disse que a Folha havia acabado, “por si só esse jornal se acabou". Aos 100 anos hoje, ela corrije Bolsonaro de novo. Trabalhei na Folha um quinto dos seus 100 anos (19 no jornal e 2,5 na extinta Agência Folha). Muitos presidentes passaram e ela ficou
Rubens Valente, jornalista e colunista do UOL

Parabéns à Folha, 100, pelo primeiro século de vida. Que venham outros. A democracia brasileira precisa de alarmes
Leão Pinto Serva, diretor de Jornalismo da Fundação Padre Anchieta (São Paulo, SP)

Hoje a Folha comemora 100 anos. Foram cerca de 8 mil tiras e 8 mil charges, ilustrações e participações nos cadernos vários. Algo em torno de 20 mil desenhos. Seguimos. Rumo aos 50 anos de casa. Felicitações aos envolvidos!
Angeli, cartunista e chargista

O Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) rende homenagem ao centenário da ​Folha. O jornal é apoiador de primeira hora da autorregulamentação publicitária, tendo-a defendido em inúmeros editoriais e artigos desde a criação do Conar, em 1978. Também é nossa associada, com intensa participação dos seus profissionais na diretoria e no Conselho de Ética, o que muito nos orgulha.Parabéns à Folha e a toda a sua equipe, com os melhores votos para que sigam sendo um dos mais sólidos pilares da imprensa e da sociedade brasileira
João Luiz Faria Netto, presidente do Conar

Em nome da diretoria da ABAP, cumprimento a Folha de S.Paulo pelos 100 anos de história. Cem anos registrando os momentos mais importantes do Brasil e do mundo e de intensa luta pela liberdade de imprensa, pela liberdade de expressão e de compromisso com a democracia no país. Cem anos atuando como uma grande e importante peça na engrenagem da indústria da comunicação brasileira. A toda a equipe da Folha de S.Paulo, nossos parabéns!
Mario D'Andrea, presidente Nacional da Abap ( Associação Brasileira de Agências de Publicidade)

Nós da Abramge (Associação Brasileira de Planos de Saúde) gostaríamos de parabenizar os 100 anos do jornal Folha de S.Paulo, marcado pela promoção de debates importantes para a evolução da nossa sociedade, pela apuração constante dos fatos para contribuir com a formação da opinião dos leitores e pelo trabalho incansável de todos que fazem da Folha de S.Paulo referência de conteúdo qualificado e de alta credibilidade
Reinaldo Camargo Scheibe, presidente da Abramge e Marcos Paulo Novais, superintendente executivo

Ao longo dos seus 100 anos, a Folha deu contribuição inestimável à sociedade brasileira, na defesa de valores humanos, do estado de direito e da democracia. Num momento em que a imprensa sofre os mais baixos ataques vindos da maior autoridade do país, é importante ressaltar o papel da Folha como esteio de nossas instituições
Ricardo Lacerda, sócio-fundador do BR Partners Banco de Investimento

Parabéns ao jornal Folha de S.Paulo pelo seu centenário, aos profissionais que ajudaram a construir sua história e, principalmente, àqueles que contribuem diariamente para democratizar a informação no país. A história do jornal se confunde com a história do Brasil
Augusto Lins, sócio e presidente da Stone

A Folha de S.Paulo presta um serviço indispensável para o país, cumprindo com maestria seu propósito de levar jornalismo profissional e independente para todos os brasileiros. Parabéns pelos primeiros 100 anos desta Folha, pilar da democracia nacional
Eduardo Sirotsky Melzer, sócio-fundador de EB Capital

No centenário da Folha de S.Paulo, em nome de toda equipe iFood, parabenizo o seu trabalho Sérgio Dávila na direção de uma das redações mais admiradas do país. Que venham mais 100 anos de sucesso! Contem sempre conosco
Fabricio Bloisi, CEO iFood

Parabéns, Sérgio Dávila e toda a equipe, por nos presentear todos os dias com esse grande jornal. Viva os 100 anos da Folha!
Gil Torquato, CEO da UOL Diveo

Em 100 anos de existência, a Folha de S.Paulo noticiou muitas das transformações brasileiras. Com sua pluralidade, a Folha é uma grande aliada da inovação e da boa informação, pontos tão importantes para construirmos um Brasil mais igual e rico em oportunidades. Da Tivit, nossos parabéns à Folha

Luiz Mattar, co-fundador e presidente da Tivit

A Folha de S.Paulo chega aos seus 100 anos de circulação, cumprindo a sua missão de informar e formar a sociedade brasileira ao longo deste século de história. Atenta aos acontecimentos mais importantes para o Brasil e o mundo, o jornal da alameda Barão de Limeira segue fiel ao compromisso de atender, acima de tudo, o seu leitor. A Porto Seguro, neste momento, registra sua admiração e respeito a todos os profissionais que fazem o dia a dia na longa trajetória do jornal e da própria empresa, desejando sucesso para os novos desafios que os tempos atuais impõem nas comunicações.
Roberto Santos, presidente da Porto Seguro

Uma empresa que chega a 100 anos é uma instituição para toda a humanidade. A Folha de S.Paulo, além de centenária, nunca deixou de estar presente nos momentos importantes para o país. A Folha tem um propósito declarado desde 1961, um jornal a serviço do Brasil, e hoje vai além para ser um jornal a serviço da democracia
Fersen Lambranho, presidente do conselho de administração da GP Investments

O jornalismo é importante instrumento para a construção da nossa sociedade. O jornal Folha de S.Paulo cumpre com maestria esse papel e hoje celebra seu primeiro centenário oferecendo aos seus leitores conteúdo de qualidade e relevância. Que vocês celebrem muitos outros marcos nos próximos 100 anos. Parabéns, Folha!
Hanie Issa Junior, CEO e presidente da Tekbond

#Folha100. Poucas empresas fazem 100 anos . Quando chegam lá é porque existe seriedade , paixão e um renovar constante . Parabéns à Folha S.Paulo, à família Frias e a todos que no digital ou no papel participam dessa história diariamente!
Fabinho Andrade, vice-presidente de Relações Institucionais Claro Brasil

Há 100 anos iam para as prensas as primeiras letras, palavras e depois imagens que construíram a credibilidade e a tradição das mais respeitadas do país. Parabéns Folha!
Chaim Zaher, presidente do grupo SEB

O mundo atravessa uma era de erosão da democracia, que atinge até países desenvolvidos, e onde o Brasil é hoje destaque, pois a situação aqui é ainda mais grave com um governo populista, ideológico e autoritário, de incompetência absoluta, que desafia até a ciência, e onde o setor público legisla em causa própria, levando o país à bancarrota.
Com a disseminação de notícias tendenciosas, distorcidas e falsas das mídias sociais, e até da mídia impressa e eletrônica, a defesa da integridade e da veracidade das notícias se torna não apenas mais relevante, mas premente.
É neste papel que a
Folha de S.Paulo se sobressai como referência de isenção, integridade e honestidade jornalística, defendendo a democracia implacavelmente já por um século.
Me recordo com carinho do meu encontro com o sr. Octávio Frias de Oliveira há mais de três décadas na sede da
Folha
Lawrence Pih, investidor


Acreditamos que o Brasil precisa de um jornalismo independente e de qualidade. Isso é fundamental para a nossa democracia e para o crescimento do país. Somos fãs da Folha de S.Paulo por sempre pesquisar, questionar e falar o que tem que ser falado. Parabéns Folha, e que o jornalismo de qualidade produzido por vocês dure por mais 100 anos!
Fabricio Bloisi, presidente do iFood

Em nome do BK Brasil, gostaríamos de parabenizar o jornal Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos de credibilidade jornalística, fornecendo informações de qualidade e conteúdos genuínos para a sociedade, principalmente durante a pandemia que estamos passando

Iuri Miranda, presidente do Burger King e Popeyes no Brasil

Parabéns à família Frias e a todos os jornalistas que por 100 intensos anos registraram os fatos que entraram para nossa história
Thiago Alonso de Oliveira, presidente da JHSF

Em 100 anos de história, a Folha de S.Paulo testemunhou os principais acontecimentos e transformações no Brasil e no mundo. Sempre plural e diversa, a Folha se mantém como importante aliada da sociedade brasileira, levando informações qualificadas para milhões de leitores e, assim, contribuindo para o desenvolvimento do país
Rodrigo Osmo, presidente da Construtora Tenda

Um país somente prospera com democracia e informação. Parabéns, Folha de S.Paulo, pelos seus 100 anos de contribuição ao Brasil, trazendo debates profundos e a pluralidade necessária para dar vida a milhares de histórias todos os dias. Recebam os parabéns de todo o time Smiles
André Fehlauer, presidente da Smiles

A liberdade de imprensa é a garantia da democracia de qualquer nação e a Folha de S.Paulo tem exercido brilhantemente esse papel ao longo dos últimos cem anos com seu jornalismo independente e de credibilidade. Parabéns, Folha, pelo seu centenário de histórias bem apuradas!
Claudio Cotrim, diretor-presidente da Paper Excellence Brasil

Sinônimo de seriedade, atitude e relevância, a Folha de S.Paulo sempre
esteve presente em minha vida. Parabenizo o jornal pelos 100 anos de atuação e solidez, e desejo que continue cumprindo com louvor o seu papel fundamental de prestação ímpar do serviço de informar e formar o povo brasileiro. Longa vida à Folha!

Alexandre Ruschi, presidente da Central Nacional Unimed

A Roche Brasil parabeniza a Folha de S.Paulo pelo seu primeiro centenário e atuação ímpar no jornalismo, perpassando gerações de profissionais e leitores. Seguimos juntos em prol da saúde e informação de qualidade aos brasileiros
Antonio Vergara, presidente da Roche Diagnóstica
Patrick Eckert, presidente da Roche Farma
Paulo Barbosa, presidente da Roche Diabetes Care

Os 100 anos da Folha são uma celebração para a democracia, um momento que valoriza as pessoas com inteligência viva. Podemos gostar da Folha por ser ela um jornal que abraça o mundo plural e diversificado. Na minha visão, a Folha vai além. Em sua missão de informar, é o lugar ideal para se buscar inspiração no que é imprescindível para a construção das novas tendências.
É onde vemos ideias sofisticadas convivendo com aquelas engenhosas, triviais ou funcionais. Todas recebem o mesmo tratamento de respeito
para assim podermos avaliar de forma isenta.
Sem envelhecer um dia sequer, renovado a cada edição pelo dom de ser contemporâneo, é um jornal que encontrou a fonte da juventude para si, e, com isso, rejuvenesce o pensamento dos seus leitores. Esses 100 anos são motivo de alegria e de esperança de que continuaremos a mudar, sem destruir

Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do Conselho do Bradesco

Na Folha, até o que é rotina e modelo padrão se transforma em informação nova, saborosa e interessante sobre a vida brasileira, não importa se na forma de artigo, reportagem ou matéria. Por conta do esforço de apuração e talento na seleção editorial por parte dos seus jornalistas, percebemos que tudo que está nas páginas desse agora centenário jornal tem relevância.
Por isso, além de um dos maiores e melhores jornais do país, a
Folha é instituição brasileira. Merece ser considerada assim por um trabalho que diariamente fortalece a nossa sociedade e a nossa democracia, que ajudou a restaurar e a consolidar.
É leitura obrigatória para todos os cidadãos que refletem sobre o Brasil e se preocupam com o seu futuro.
Como empresa, a
Folha é um prodígio, vencendo no tempo de um século todas as adversidades. Não por menos, chega hoje a esse tempo de celebração com solidez e credibilidade inabaláveis.
Parabéns pelo seu primeiro centenário

Octavio de Lazari Jr. presidente executivo do Bradesco

A Folha de S.Paulo chega ao seu centenário ciente da importância de seu papel na construção de uma sociedade democrática, na qual a liberdade de imprensa é um dos princípios inegociáveis. Sua notável trajetória na construção de um jornal plural e capaz de assumir e corrigir seus eventuais equívocos é uma lição para todos que valorizam o jornalismo profissional como uma atividade essencial e cada vez mais imprescindível. Parabéns! E que venham mais 100 anos!
Sérgio Rial, presidente do Santander Brasil

O centenário da Folha de S.Paulo celebra a longevidade de um jornalismo competente e que defende, de forma intransigente, os valores democráticos e a pluralidade de opiniões. Chegar aos 100 anos mantendo a qualidade e relevância que a Folha conquistou é um grande reconhecimento a todos os profissionais que fizeram e fazem do jornal uma das principais referências na imprensa brasileira
Milton Maluhy Filho, presidente do Itaú Unibanco

Em nome do Itaú Cultural e toda equipe escrevo para parabenizar a Folha de S.Paulo pelos 100 anos de jornalismo. Poucas organizações chegam ao centenário de forma tão vibrante e inquieta. O jornal ocupa papel central na história contemporânea brasileira e se tornou epicentro do debate nacional graças ao seu pluralismo e a seu compromisso de defender a democracia e as instituições republicanas. No campo da cultura, esta vocação se reafirma de forma especial. A Folha se destaca por fazer um jornalismo cultural potente, instigante, provocativo e transformador, o que só faz energizar o trabalho de artistas e de todos aqueles que atuam no mundo da cultura. Que a Folha, seus jornalistas e toda equipe sigam com a missão de informar e de proteger o interesse público. Vida longa!
Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural

A Folha chega aos 100 anos com o vigor e a inquietude tão necessários para fazer o jornalismo que o Brasil merece e precisa. Parabéns!
José Olympio Pereira, presidente do Credit Suisse no Brasil

Parabéns pelo centenário à Folha de S.Paulo, jornal que acompanho com admiração como leitor, fonte e contribuidor há quase 40 anos
Ilan Goldfajn, presidente do conselho do Credit Suisse e ex-presidente do Banco Central

A imprensa livre é a cultura incorporada que idealiza as formas brutas das lutas materiais e as transforma em lutas intelectuais. Representa o olhar onipotente do povo, o vínculo articulado que une o indivíduo à sociedade, ao Estado e ao mundo. Séculos de liberdade e democracia à Folha e seus leitores
Gabriel Galípolo, presidente do Banco Fator

Completar 100 anos é um grande feito, ainda mais uma empresa de mídia, que registra nas próprias páginas e no modo de fazer jornalismo as profundas transformações pelas quais passamos nesse último século. Parabenizo a Folha de S.Paulo pela qualidade do conteúdo que produz diariamente e também por estar encarando com maestria os desafios impostos pelas mudanças culturais e tecnológicas, mantendo a sociedade informada por meio dos mais diversos canais, sempre com agilidade e com a forma democrática que nosso tempo exige
João Pedro Paro Neto, presidente da Mastercard Brasil e Cone Sul

Nós, da Visa, parabenizamos a Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos de histórias bem vividas e contadas! Ao longo de sua trajetória, a Folha soube se reinventar, acompanhando os principais movimentos de um mercado em constante evolução. Também manteve sua relevância, prestando um excelente serviço para os leitores e a sociedade como um todo. Que venham os próximos 100 anos!
Fernando Teles, presidente da Visa do Brasil

Na democracia é necessário um debate incessante de ideias, a pluralidade e o jornalismo sério, atributos que a Folha pratica com vigor em toda a sua história. Em meio à revolução dos meios digitais, é preciso sempre lembrar: o bom jornalismo é necessário, seja no canal digital ou impresso. Parabéns ao Brasil pelos 100 anos da Folha
Henrique Meirelles, secretário da Fazenda de São Paulo, ex-presidente do Banco Central e ex-ministro da Fazenda

Parabéns à Folha de S.Paulo por seus 100 anos de atividade. Ao longo destes anos, a Folha contribuiu imensamente para a sociedade brasileira, assegurando o pluralismo de ideias e a defesa intransigente da liberdade de expressão, qualidades que a tornaram referência do bom jornalismo e fazem sua leitura obrigatória para quem quer se manter bem informado
Carlos Kawall, diretor do ASA Investments e ex-secretário do Tesouro Nacional

Como empresa ainda relativamente jovem e ciente das dificuldades que qualquer negócio enfrenta para obter êxito, a XP só pode olhar para o centenário da Folha de S.Paulo com grande admiração. A contribuição do jornal para a sociedade brasileira ao longo desse período é inestimável. Os rumos do país se alteraram muitas vezes nos últimos 100 anos. Durante todo esse tempo, a Folha persistiu, adaptando-se às mudanças tecnológicas e de costumes que se impuseram, mas mantendo-se inflexível na missão de levar informação de qualidade à população. Parabéns!!
Guilherme Benchimol, fundador e CEO do Grupo XP

Nossos cumprimentos à Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos de história completados no dia de hoje.
Publicação de prestígio, que acompanhou os principais acontecimentos históricos do país e que se manteve forte, influente e atualizada ao longo do tempo.
Que a Folha tenha vida longa e siga dando a sua contribuição à sociedade, promovendo o acesso aos fatos e à informação

Guillermo Parra-Bernal, diretor de relações com o mercado da TradersClub

Em 100 anos de jornalismo, a Folha tem se destacado pelo respeito à diversidade de opiniões e pelo debate público de qualidade, que são essenciais para a democracia
Benard Appy, diretor do CCiF (Centro de Cidadania Fiscal)

A Folha de S.Paulo exerce papel primordial na história brasileira dos últimos 100 anos. O fortalecimento da democracia de nosso país deve muito ao trabalho deste grande veículo. Toda a comunidade ESPM deseja que o jornalismo de excelência praticado pela Folha, que sempre atuou na vanguarda da comunicação, continue cada vez mais firme e forte
Dalton Pastore, presidente da ESPM

No fim da ditadura, a Folha seduzia até cariocas com a liberdade prometida do Brasil novo. Anos depois, estranho em um governo petista, fui tema de muitas matérias, severamente criticado por alguns, defendido por outros. Por vezes, acordava domingo preocupado com qual seria a pancada da semana. Assim é a Folha. Nestes últimos anos, colunista, conheci um outro lado: o amor pelo ofício da imprensa, do debate e da abertura à crítica, até mesmo ao jornal. A Folha erra, a Folha acerta. A Folha apenas não se omite
Marcos Lisboa, presidente do Insper, ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda (2003-2005) e colunista da Folha

Parabéns à Folha por 100 anos de jornalismo e pluralidade no debate de ideias
Nelson Barbosa, Professor da FGV e da UnB, ex-ministro da Fazenda e do Planejamento (2015-2016) e colunista da Folha

Parabéns à Folha por chegar aos 100 anos com vigor no cumprimento da missão de informar e reverberar o debate. Em um país marcado por volatilidade e crises, não é trivial manter uma empresa viva, atuante e saudável por tantos anos
Marcos Mendes, pesquisador associado do Insper e colunista da Folha

Meu primeiro contato com a Folha foi na segunda metade dos anos 70 quando minha avó pedia para eu ler a coluna de Cláudio Abramo e Jânio de Freitas entre outras (estas eram as mais marcantes). Em seguida marcou muito a luta da Folha pelas eleições diretas à Presidência da República. As décadas foram passando e eu há quase uma escrevendo aos domingos. Há duas características da Folha que me inspiram: não ter problemas com erros (todo dia é dia, todo dia tem jornal novo, erros ocorrerão), tem-se que reconhecer e corrigir; e ter genuína curiosidade e interesse em entender como que pessoas diferentes frente aos mesmos fatos podem interpretá-los de forma distinta
Samuel Pessôa, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia (FGV) e da Julius Baer Family Office (JBFO)

Na data em que é celebrado o centenário da Folha de S.Paulo, o Semesp parabeniza o jornal pluralista, crítico e independente, que tem lutado para manter a diversidade do debate e a transparência da informação aos seus leitores. Com sua credibilidade, a Folha está entre os mais importantes veículos do mundo.Reafirmamos também o compromisso do setor do ensino superior privado com a liberdade de imprensa como princípio fundamental do estado de direito e garantia da coexistência de opiniões plurais na sociedade democrática
Hermes Ferreira Figueiredo, presidente do Semesp (entidade que representa mantenedoras de ensino superior no Brasil)

Há 100 anos, a Folha nasceu com o propósito de ampliar as vozes da sociedade paulista. Em sua história, foi o objetivo que sempre a norteou, culminando com sua liderança na saudosa campanha das Diretas. Ao completar 100 anos, a Folha continua um dos esteios da democracia brasileira. O jornal sempre foi presente em momentos importantes de nossa universidade, e estamos orgulhosos em aumentar nossa interação com a criação da Cátedra Otavio Frias Filho, que se debruçará em estudos sobre comunicação, democracia e diversidade, temas imprescindíveis para os dias atuais
Vahan Agopyan, reitor da USP (São Paulo, SP)

Parabéns à Folha pelos 100 anos. Durante cinco deles escrevi semanalmente em suas páginas, aprendi a me comunicar com seus leitores e tive total liberdade para destoar da linha editorial do jornal na área de economia. Só tenho a agradecer pelo espaço de debate
Laura Carvalho, professora livre-docente da FEA-USP

A Folha de S.Paulo está na Declaração de Bens do Brasil. Ela é um ativo do país, em decorrência da sua longevidade, da sua capacidade de adaptação a uma realidade em mutação, da sua história e da defesa sistemática das liberdades democráticas
Fabio Giambiagi, economista

A relação com a Folha é antiga, familiar. Meu avô, Juan Secundino Carrasco Morilla, trabalhou durante anos com seu Frias e Dr. Caldeira. Criança, visitei o escritório do avô nas Folhas e me habituei a ler o jornal. Vida longa a esse espetacular e veículo de imprensa. Sem veículos como a Folha, as democracias fenecem
Vinicius Carrasco, economista

Poucas coisas são mais importantes hoje no mundo do que a liberdade de imprensa. Num país jovem como o Brasil, ter um jornal fazendo 100 anos é um privilégio. Parabéns para a Folha pelo histórico de jornalismo de qualidade e luta diária pela liberdade de expressão
Claudio Ferraz, economista e professor da PUC-RJ e da Universidade de British Columbia, no Canadá

O exercício da democracia, tão difícil dada a série de interesses difusos, depende, em grande medida, de uma imprensa livre que apure e divulgue os fatos à população. Em seus 100 anos, a Folha de S.Paulo tem contribuído de forma marcante como um veículo de construção e de defesa de nossos princípios democráticos. Em nome do FGV Ibre, parabenizo o jornal e seu comprometido corpo de profissionais na certeza de que seu papel de informar e atuar em prol de nossa democracia não será abalado
Luiz Guilherme Schymura, diretor do FGV Ibre

Poucos jornais podem celebrar 100 anos de vida. Parabéns pelo centenário. É prova de resiliência do jornalismo sério e de sua capacidade de se adaptar aos novos tempos sem perder a sua credibilidade
Luiz Felipe D'Ávila, fundador do CLP (Centro de Liderança Pública)


Parabéns à Folha e a todas e todos que construíram e continuam construindo esta instituição que se tornou um patrimônio e guardiã da democracia brasileira.
Mais do que nunca a Folha presta um serviço essencial à sociedade brasileira mantendo acesa a nossa esperança de um país com liberdade, democracia e muito menos desigualdades

Oded Grajew, empresário e empreendedor social

Parabéns pelos 100 anos da Folha! Um imenso acontecimento que valoriza sobremaneira a imprensa do Brasil​
Luiz Biagi, empresário

Celebrar 100 anos da Folha de S.Paulo é também comemorar a democracia. O direito à diversidade de opinião, o acesso aos fatos, o olhar vigilante e necessário da sociedade. Sei o quanto os tempos têm sido duros para os que atuam no jornalismo com a seriedade que o setor da comunicação exige. Mas também sei que esse é um segmento que abriga profissionais e líderes determinados e conscientes do seu papel. Sigamos para mais 100 anos da Folha de S.Paulo
João Carlos Paes Mendonça, empresário e presidente do Grupo JCP

A Folha e seus colaboradores, ao longo dos últimos 100 anos, tiveram papel central na construção da comunicação moderna no Brasil. O jornalismo tem mudado ao longo das décadas, e a Folha sempre soube se adaptar sem perder sua identidade. Seguiremos acompanhando novos e fundamentais capítulos desta trajetória por muitos e muitos anos
Marcelo Mendes, CBDO (Chief Business Development Officer) LATAM da Keyrus

Desde que eu me lembre, a Folha exercita um jornalismo que também coloca de maneira crítica a questão social. Nas quebradas de onde eu vim e para onde eu vou agora para combater a desigualdade, o jornal tem jogado luz em assuntos que afetam diretamente nossa realidade. Que as nossas favelas sejam peças de museu antes de o jornal comemorar seu sesquicentenário!

Edu Lyra, presidente da ONG Gerando Falcões

Vida longa à Folha, cada vez mais necessária nestes tempos em que é necessário restabelecer a verdade factual
Renato Meirelles, presidente do Instituto Locomotiva

Destaco o trabalho sério da Folha nesta fase crítica da pandemia. Leitor diário do jornal, sei da sua importância para que a sociedade seja bem informada, com uma radiografia precisa da Covid-19, no Brasil e no mundo. Em meio ao ambiente oficial de desinformação, é com alegria cívica que recebo sua campanha pela vacinação
Giovanni Guido Cerri, presidente do conselho diretor do Instituto de Radiologia, presidente da comissão de inovação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) e vice-presidente do Instituto Coalizão Saúde (ICOS)

O permanente compromisso com a liberdade de expressão tão bem retratado pela Folha é uma marca especial registrada em seu primeiro século de vida
Claudio Lottenberg, presidente do conselho do Hospital Albert Einstein e do Instituto Coalizão Saúde

Não há melhor maneira de um jornal comemorar seu centenário do que prestando um serviço essencial para a sociedade. É o que a Folha tem feito ao defender a vacina
Roberto Kalil, cardiologista, presidente do conselho diretor do InCor e diretor da cardiologia do Hospital Sírio-Libanês

A Folha é o resultado de muitas excelentes cabeças, com visões amplas.
Neste dia de comemoração, desejo-lhe que continue à frente da redação com muito sucesso!

Raul Cutait, cirurgião gástrico do Hospital Sírio-Libanês e professor da Faculdade de Medicina da USP

A Academia Nacional de Medicina congratula a Folha de S.Paulo pelo seu centenário. Que no futuro, como no passado e no presente, continue como exemplo na luta pela democracia e também por mais igualdade e justiça social.
​Rubens Belfort Jr., Presidente da Academia Nacional de Medicina

Em nome da Qualicorp, parabenizo a Folha de S.Paulo pelo seu centenário. Aos jornalistas de ontem, aos de hoje e aos que virão, nossos cumprimentos por se preocuparem em buscar a informação e em ajudar na formação de mentes mais críticas
Bruno Blatt, presidente da Qualicorp

A PróGenéricos (Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos) parabeniza a Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos de existência. Símbolo da imprensa brasileira, a Folha tem sido decisiva na luta pela democracia e para o aprimoramento das instituições e das políticas públicas. O olhar sempre atento sobre a realidade, o apreço pela pluralidade de ideias, a coragem para enfrentar os desmandos e os desvios e a genuína vocação para a defesa dos interesses dos brasileiros fazem do jornal um aliado incontestável do país. Parabéns Folha de S.Paulo. E obrigado por fazer parte da nossa história
Telma Salles, presidente executiva da PróGenéricos

A Sanofi Brasil parabeniza a Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos de história sustentada pela credibilidade, pelo profissionalismo e pelo pluralismo que tão bem marcam a trajetória do jornal. Com seu olhar crítico sobre os acontecimentos da vida brasileira, fortalece a democracia no país, dando voz a atores de diferentes setores da sociedade. Parabéns à Folha e a todos os profissionais que ajudaram e ajudam a escrever essa bela história
Félix Scott, diretor geral da Sanofi no Brasil

Parabenizamos toda a equipe da Folha de S.Paulo por seu centenário. Desejamos que a Folha continue praticando um jornalismo plural, de qualidade e democrático, com muito sucesso
Alexandre Seraphim, gerente-geral da Zodiac Produtos Farmacêuticos

Defender a democracia no momento em que ela mais precisa de apoio é o que Folha vem fazendo, posicionando-se corajosamente do lado de buscar o melhor para o nosso país. Parabéns pelos 100 anos!
José Ricardo Roriz Coelho, presidente da Abiplast (Associação Brasileira da Indústria de Plástico) e vice-presidente da Fiesp

Os 100 anos de circulação da Folha de S.Paulo representam um marco para o jornalismo
Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan)

Em nome do Conselho Diretor da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), entidade que representa todas as cadeias produtivas do agro brasileiro, venho cumprimentá-lo pelo centenário desse importante veículo de imprensa brasileiro.
Nesse dia tão importante para a Folha de S.Paulo, queremos agradecer pelo trabalho fundamental que realiza diariamente em prol da notícia, do jornalismo, da sociedade e principalmente da democracia. Um País só pode ter garantido seu Estado de Direito com uma imprensa livre.

Reiteramos nossos parabéns e desejo de sucesso nos próximos 100 anos
Marcello Silva do Amaral Brito, presidente do conselho diretor da ABAG

São poucas as empresas que conseguem completar um século de Brasil com força, propósito e identificação com o país. A Shell Brasil e a Folha de S.Paulo compartilham desta longevidade centenária porque ao longo das décadas jamais perderam de vista suas respectivas missões, mesmo nos momentos mais desafiadores. Do papel ao aplicativo, dos registros do cotidiano às grandes reportagens, a Folha segue prestando um serviço essencial à sociedade, praticando jornalismo de qualidade e brindando seus leitores com um time de colunistas e analistas de primeira linha
André Araujo, presidente da Shell Brasil

É uma grande satisfação ver um veículo de comunicação completar 100 anos de história, fortalecendo a nossa democracia e provocando discussões fundamentais para o desenvolvimento das pessoas e do nosso país. Parabéns à Folha de S.Paulo!
Gustavo Estrella, presidente do grupo CPFL Energia

A Folha traduz e simplifica, sem perder a consistência, questões complexas, como as do setor de energia, ouvindo a todos, especialmente os consumidores. E a transparência e a participação de quem paga as contas são uma parte importante da vida democrática. Ajudam a evitar que temas que afetam profundamente a vida das pessoas sejam capturados pelos interesses internos de cada segmento. Com isso chega aos 100 anos com legado inestimável para o jornalismo e o país. 100 anos de compromisso com seus leitores e a sociedade
Paulo Pedrosa, presidente da Associação Brasileira dos Grandes Consumidores Industriais de Energia e Consumidores LIvres

Opinião se forma através de referências. A Folha tem sido, nos últimos 100 anos, uma referência para quem busca entender o Brasil. Parabéns pelo centenário
Décio Oddone, presidente da Enauta e ex-diretor da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis)

A Acrefi - Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento, parabeniza a Folha de S.Paulo pelos 100 anos de fundação, que se completam neste dia 19 de fevereiro.
Em sua trajetória centenária, a Folha tornou-se um dos mais importantes veículos de comunicação do Brasil, sempre priorizando a excelência da informação e buscando constantemente inovar para se adaptar às inúmeras transformações que aconteceram nesse período.
Que o jornal se mantenha nessa linha que marcou seus primeiros 100 anos de existência!

Luis Eduardo da Costa Carvalho, presidente da Acrefi

Em meio a um ambiente de informações cada vez mais contaminado com fake news, é uma grande felicidade poder celebrar o aniversário de 100 anos de um jornal tão responsável e compromissado como a Folha de S.Paulo. O grupo completa seu centenário com fôlego para contribuir ainda mais no longo caminho que o país e todos nós precisamos trilhar rumo ao progresso. Vida longa e parabéns!
Rui Altieri, presidente do conselho de administração da CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica)

Gostaríamos de parabenizar o jornal Folha de S.Paulo, que nestes 100 anos tem se mostrado fundamental para a sociedade, mantendo transparência, ética e compromisso com a notícia. A imprensa ativa é um dos pilares da democracia, trabalho este que vem sendo realizado com excelência por este veículo de comunicação. Pilar dessa resistência foi o bom jornalismo, com uma equipe que merece reconhecimento, em especial Octávio Frias e Otavio Frias Filho, que durante décadas colocaram energia para mudar o paradigma nacional desse segmento.
A Folha de S.Paulo sempre abriu espaço para o debate sério, para o divergente, demonstrando respeito pelo público ao apresentar e convidar colunistas para apresentarem opiniões diferentes, ferramentando os leitores a terem pensamento crítico. O conhecimento é libertador.
Em nome da Indústria Brasileira de Árvores
Ibá, entidade responsável pela representação institucional da cadeia produtiva de árvores plantadas em nível nacional, reforçamos a importância do jornalismo sério, que presta um serviço ainda mais central nos tempos modernos, em de disseminação de notícias falsas confrontam a ciência e atentam contra a democracia. Desejamos que a Folha e outros veículos de comunicação com credibilidade possam comemorar muitos centenários
Horacio Lafer Piva, presidente do Conselho Deliberativo da Ibá

Quero congratular-me com com a direção desse importante veículo de comunicação, pelo atingimento da marca de um século de atividades, enfrentando toda uma sorte de mudanças políticas e econômicas nesse período, todavia, mantendo sempre a sua linha editorial de levar a informação isenta e tempestiva aos seus leitores e assinantes. PARABÉNS!
Milton Luiz de Melo Santos, presidente da Accredito SCD

Passando para desejar vida longa à Folha. Vida longa ao bom jornalismo e à liberdade de imprensa. Chegar a esta marca é um desafio árduo e prazeroso ao mesmo tempo. Sabemos bem disso. Nós também estamos chegando lá. Um abraço de toda a redação do O Povo
Ana Naddaf, diretora-executiva do jornal O Povo, de Fortaleza

Parabéns pelos 100 anos de fundação da Folha.
Uma tarefa árdua e constante em busca da verdade, uma grande luta pelo Estado Democrático e pelas liberdades individuais. Parabéns a todos que nesses 100 anos colaboraram e trabalharam para manter um jornalismo íntegro e informativo

Eduardo Buitron, Tempo de Comunicação

Três dígitos!! Parabéns ao jornal, à família Frias, a você e a toda a equipe da Folha pela trajetória vitoriosa, prezando sempre pela inteligência, pluralidade e informação de qualidade!
Carina Almeida, agência Textual

Nesse centenário, desejamos que o jornalismo de qualidade que fez a Folha e seus colaboradores chegarem até aqui possa continuar a mudar cenários, quando preciso; e a manter vivo, sempre, o valor da verdade. Afinal, não existe país que viva pleno estado democrático de direito sem uma imprensa livre, ativa e independente.
Parabéns pela data histórica, que marca o trabalho árduo e contínuo de cada um de vocês.
Estendam os nossos parabéns a todo o time Folha!

Cláudia Santos, Connectare Comunicação

Não dá para não ler, não dá para não questionar, não dá para acertar sem errar. Uma nação desenvolvida só se faz com empresas e instituições sólidas. A Revista do Parafuso parabeniza a Folha de S.Paulo por seus 100 anos
Sérgio Milatias, editor da Revista do Parafuso

Mais que nunca, o Brasil precisa de uma imprensa financeiramente forte, capaz de manter a liberdade, tão necessária à democracia e consequente desenvolvimento do nosso país
Geraldo Alonso

Feliz aniversário de 100 anos ao nosso jornal Folha de S.Paulo.
Parabéns também a toda a equipe Folha e pela edição comemorativa de hoje!!!
Minha admiração e gratidão ao saudoso sr. Octavio Frias de Oliveira e ao inesquecível Otavio Frias Filho

Aprendi muito com eles
Cosette Alves

Como disse certa vez Otávio Frias Filho, a Folha de S.Paulo é ‘um farol a iluminar as fronteiras, sempre fluidas, entre o falso e o verdadeiro’.
Ao manter como princípios inarredáveis a independência, o pluralismo e a crítica jornalística, este farol contribuiu para que a história do país fosse devidamente contada nos últimos 100 anos.
Agora, em tempos marcados pelo uso da desinformação como arma política, o jornal colabora na construção de um país mais justo e desenvolvido.
Vida longa à Folha de S.Paulo

Rafael Menin Soriano, presidente da Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner)

Congratulo-me com a Folha pela data mais que especial de 100 anos de existência. Alargo o cumprimento a cada jornalista e funcionário dessa casa. Paz e bem
General Rêgo Barros

É com enorme satisfação que, em nome da Academia Paulista de Jornalismo (APJ), transmito a todos, diretoria, funcionários e demais colaboradores, os cumprimentos pela data de hoje, em que a Folha de S.Paulo comemora 100 anos de ininterrupta prestação de serviço à população brasileira.
Em razão da importante presença da Folha na história da imprensa paulista e, muito especialmente, na historia da própria APJ, como se nota, por exemplo, na divulgação de eleições de sua diretoria nos anos 80, bem como a presença de históricos jornalistas compondo a Academia Paulista de Jornalismo oriundos da Redação da Folha como Tavares de Miranda, Mário Mazzei Guimarães, Lenita Miranda de Figueiredo, Helena Silveira, Audálio Dantas e José Reis, para citar alguns, vivemos um momento de intensa alegria.
Impossível nos esquecer dos saudosos patronos deste Sodalício como Ruy Bloem, Belmonte, Rubens do Amaral, Leo Vaz e Carlos Rizzini , que muito honraram o jornalismo deste país. Assim sendo, unimo-nos aos milhares de apreciadores do trabalho dessa empresa centenária, para brindar essa conquista importantíssima!

Luiz Fernando Magliocca, presidente da Academia Paulista de Jornalismo (APJ)

O centenário de um jornal moderno, instigante, inclusivo e aberto a todas as tendências de opinião já seria digno de festa. Mas é ainda mais relevante pelo fato de ter instituído pioneiramente o cargo de ombudsman, em setembro de 1989. Significa que a Folha pratica o que prega: democracia e transparência. Parabéns aos jornalistas que nos contam, diariamente, a história deste mundo tão variado e desafiador!
Maria Inês Fornazaro – presidente da Associação Brasileira de Ouvidores/Ombudsman (ABO Nacional)

Em nome da indústria brasileira, parabenizamos a diretoria e a equipe da Folha de S.Paulo pela significativa efeméride que é o centenário de fundação deste que é um dos mais importantes veículos de comunicação do Brasil. Trata-se de uma história escrita com muito profissionalismo e coerência, sempre reportando os mais relevantes fatos que marcaram o nosso país ao longo das dez últimas décadas. Consideramos que, neste período, a Folha exerceu um papel crucial no embate saudável de ideias, abordando os diversos pontos de vista, sobretudo em defesa da democracia e da liberdade de mercado e de expressão. Estes são, ao nosso ver, os principais objetivos que uma imprensa livre deve perseguir, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do país. A indústria brasileira faz votos de que a Folha continue a sempre exercer, de forma consistente e imparcial, a nobre missão de informar a população e, também, de promover a livre circulação de ideias no Brasil. Recebam as nossas sinceras congratulações
Robson Braga de Andrade Presidente da CNI (São Paulo, SP)

100 Anos da Folha. Parabéns a esta e a todas as equipes que, ao longo de um século, têm feito o sucesso da Folha de S.Paulo. Sem jornalismo independente e plural, marcas desta publicação, não há democracia nem desenvolvimento econômico e social. Que a Folha continue nos informando, esclarecendo, propondo debates e abrindo espaço para temas tão relevantes quanto a defesa dos direitos do consumidor, sobre o qual tenho a honra de escrever. Vida longa à Folha!
Maria Inês Dolci, advogada e colunista da Folha

Nesses últimos 100 anos, a Folha de S.Paulo vem contribuindo para a consolidação de um Brasil multi-étnico. Com a preocupação de sempre exibir os diferentes aspectos de uma mesma notícia, a Folha enfrentou com coragem anos de cerceamento de liberdade e se consolidou como um veículo absolutamente idôneo e crível. Parabéns, Folha de S.Paulo, por contribuir com que as múltiplas vozes do Brasil possam ser escutadas. Que nos próximos 100 anos possamos continuar nos informando com sua polifonia
Michel Schlesinger, rabino da Congregação Israelita Paulista e representante da Confederação Israelita do Brasil para o diálogo inter-religioso

Em nome da AACD, parabenizo a Folha de S.Paulo e toda equipe neste centenário. Como um dos veículos mais importantes do Brasil, tem demonstrado compromisso com a democracia e a inclusão social ao longo da sua história, dois pilares fundamentais também em nossa Instituição. Desejo sucesso e vida longa a esse jornalismo sério e relevante
Valdesir Galvan, CEO da AACD

O jornalismo é importante instrumento para a construção da nossa sociedade. O jornal Folha de S.Paulo cumpre com maestria esse papel e hoje celebra seu primeiro centenário oferecendo aos seus leitores conteúdo de qualidade e relevância. Que vocês celebrem muitos outros marcos nos próximos 100 anos. Parabéns, Folha!
Hanie Issa Junior, CEO e presidente da Tekbond

Há 100 anos a Folha de S.Paulo é leitura diária de milhões de brasileiros, inclusive para nós, da Tereos. Em um século de vida, o veículo produz informações de alta qualidade sobre tudo o que acontece no Brasil e no mundo com uma cobertura magistral. Parabéns, Folha e toda equipe, por serem um instrumento importante de comunicação, ainda mais em um momento em que a notícia de credibilidade é tão valiosa
Jacyr Costa Filho Membro da Diretoria do Grupo Tereos

Em nome da AIG Seguros, parabenizo a Folha de S.Paulo pelos 100 anos de fundação. Em um século de trajetória, o veículo se tornou referência e sinônimo de credibilidade no jornalismo brasileiro. Celebrar esta marca é motivo de muito orgulho. Desejamos o mesmo sucesso para o futuro e êxito com a missão diária de informar o país
Fabio Protasio Oliveira, CEO AIG Seguros

No início de 1921, divulgamos nossas ações no relatório de atividades da ACSP (Associação Comercial de São Paulo) que detalhava tudo o que fizemos em 1920. A Folha de S.Paulo publicou na íntegra e com exclusividade este documento do qual nos orgulhamos muito. Ao longo dos 126 anos de atuação da ACSP, o jornal sempre teve um papel importante ao veicular informações sobre o comércio, em relação à livre iniciativa, ao empreendedorismo e às causas sociais. Nenhuma instituição sobrevive por tanto tempo se não tiver prestado seu papel com responsabilidade e relevância para seu público. Parabéns à Folha e a todos os seus profissionais e colaboradores. Desejamos que vocês continuem nos informando por muitos e muitos anos
Alfredo Cotait Neto, presidente da Associação Comercial de São Paulo e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo

Centenário ou um século de existência, a Folha comemora este marco, rito de passagem simbólico de sua estabilidade e credibilidade.
Sinônimo de espaço aberto, democrático, de apurações equilibradas e profundas, conquistou o respeito do povo brasileiro e cumpre um papel fundamental para a nossa democracia.
Parabéns para a Folha, que venham os próximos 100 anos!

Luis Felipe Salomão, ministro do Superior Tribunal de Justiça e do Tribunal Superior Eleitoral

O que são cem anos? Poucas pessoas ou instituições conseguiriam responder por experiência própria. A efeméride que comemoramos hoje consagra uma marca que informou gerações ao reportar diariamente um século de História. A Folha não é uma simples empresa. Seus valores, seu estilo e o papel que se propõe a exercer traz dividendos para toda a sociedade brasileira.
Sobre a dimensão deste aniversário, podemos dizer que, daqui a cem anos, 25 mandatos presidenciais terão se passado e outras 36.500 edições da Folha terão sido publicadas. Espero que nenhum título seja dedicado a outra pandemia. Um abraço fraterno a todos que contribuíram para que este dia chegasse

Conselheiro Dimas Ramalho, vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

Como leitor comecei a ler a Folha em 1984 na cobertura das Diretas Já. Acompanhei a revolução editorial liderada pelo saudoso Otavio Frias Filho. Como publicitário, participei de muitas campanhas para diversos anunciantes, que associaram suas marcas ao prestígio da Folha, com excelentes resultados de vendas. Que a Folha continue prestando este serviço para nossa democracia, sempre com um jornalismo pluralista, crítico e apartidário. Parabéns pelos 100 anos!
Luiz Lara, presidente da Lew'Lara\TBWA Brasil

ACAPA saúda a Folha de S.Paulo pelo Cotidiano de um século marcado por acertos e erros, mas acima de tudo de compromisso com o jornalismo diário esta atividade essencial à civilização que radicais insistem em calar com brutalidade. O jornal sem jornal, como uma Ilustrada fácil de entender ou um Ombudsman sem Poder para meter a mão na ferida, deseja à Folha mais e mais e mais jornalismo pelos próximos 100 anos
ACAPA

A Folha de S.Paulo representa a integridade e a ética que são tão fundamentais para o jornalismo. São 100 anos de uma história marcante que se mescla com a evolução da comunicação no Brasil, sempre trazendo informações de forma democrática e dando voz à toda a população. É uma companheira fiel para nos mantermos bem informados sobre o Brasil e o mundo. A nós cabe parabenizar pelo comprometimento com a notícia que se mantém tão evidente neste centenário. Parabéns
Nancy Assad, fundadora e diretora da N.A. Comunicação

Parabéns ao jornal Folha de S.Paulo por esse marco tão importante na história da imprensa brasileira, bem-vindos à lista de empresas centenárias do país. Nesse período, a Folha nos brindou com uma trajetória construída frente a inúmeros desafios, sempre pautados por profissionalismo, agilidade e compromisso com a transparência e credibilidade da informação. Sem dúvida, uma contribuição relevante para toda a sociedade brasileira
Domingo Lastra, presidente da ADM para a América Latina

Em nome do Sindicato das Indústrias de Café do Estado de São Paulo, do seu presidente Dagmar Oswaldo Cupaiolo, do presidente executivo, Nathan Herszkowicz e dos nossos associados recebam nossa homenagem e nossos parabéns pelos 100 anos de fundação da Folha.
Um trabalho árduo e constante em busca da verdade, da informação e uma grande luta pelo Estado Democrático e pelas liberdades individuais.
Parabéns a todos que nesses 100 anos colaboraram e trabalharam para manter um jornalismo integro e informativo

Dagmar Oswaldo Cupaiolo, presidente do Sindicafesp, e Nathan Herszkowicz, presidente-executivo do Sindicafesp

O centenário da Folha de S.Paulo é motivo de grande alegria. Um jornal com uma história tão sólida representa a força e seriedade do jornalismo brasileiro. O compromisso com a ética, integridade e respeito com seus leitores reforça o quanto estes 100 anos foram marcados de forma positiva, por um jornal que conta e registra fatos históricos do país com imparcialidade. Parabéns à Folha por uma trajetória tão marcante e que continue trilhando este caminho, que é referência para a comunicação
Welington Rocha, diretor-presidente da Fipecafi (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras)

Quero cumprimentá-lo e também a toda equipe da Folha de S.Paulo pelas celebrações de centenário do jornal. Como jornalista e também como leitora fico feliz em acompanhar todo movimento deste importante veículo em reafirmar seu compromisso com a democracia, os direitos e a diversidade. Que este caminho seja ampliado cada vez mais e que inspire outros periódicos. Vida longa ao jornalismo profissional!
Adriana Reis, editora da Revista E, do Sesc-SP

Em nome do meu time e de toda a brMalls gostaríamos de parabenizá-los pela data histórica. Ao longo de um século, a Folha tem exercido papel fundamental de guardiã da liberdade de expressão e de informação no país, contribuindo com um debate qualificado e relevante.
A
Folha pode se orgulhar de participar e acompanhar as grandes transformações na comunicação nas últimas décadas, sem esquecer o seu maior bem: o respeito ao leitor.
As felicitações se estendem a cada um dos jornalistas e profissionais que escreveram e escrevem suas páginas buscando a pluralidade de ideias com rigor e paixão.
Desejamos vida longa a este veículo que faz parte da história do país

Vanessa Amorim, diretora de marketing da brMalls

Parabenizamos a Folha de S.Paulo pelo seu centenário. Neste período, o veículo ajudou a contar a história do Brasil e do mundo, contribuiu para a construção de um país moderno e para a consolidação da democracia. Desejamos vida longa à Folha
Olaf Hektoen, presidente da Yara Brasil

Felicitamos a Folha de S.Paulo pelos 100 anos de serviços prestados a favor da informação. Nós da ICF reconhecemos a importância do trabalho da imprensa para a formação de conhecimentos e saberes em uma sociedade
Marcus Baptista, Vice presidente do conselho deliberativo da ICF Brasil

Parabéns ao jornal Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos! Referência no jornalismo brasileiro e um dos mais influentes veículos de comunicação do país, a Folha nunca perdeu sua grande capacidade de transformação e inovação na mídia. Com sua credibilidade e postura plural, sempre concedeu espaço ao contraditório. A Folha, sem dúvida, faz parte da história do Brasil!
Antonio Salvador Silva, Presidente do Grupo CDI

Parabéns ao nosso membro Folha de S.Paulo pelo seu 100º aniversário!
Wan-Ifra (Associação Mundial de Editores de Notícias)

[Quero] parabenizar toda a equipe da Folha pela efeméride que marca seus "bem vividos" 100 anos de existência. Uma história escrita com muito profissionalismo e competência na divulgação dos fatos mais relevantes que marcaram o Brasil e o mundo neste período. Queremos mais um século de Folha na veia!
José Edward Lima, superintendente de Jornalismo da Confederação Nacional da indústria (CNI)

Ninguém chega aos 100 anos sem ter trabalhado duro, diariamente, para adquirir o respeito e o reconhecimento de seu público. Temos certeza de que a busca incansável pelo jornalismo de qualidade em todos esses anos fez a Folha chegar até aqui. Em japonês, usamos o termo dantotsu para algo que é feito de forma incomparável. Este valor faz parte da nossa missão e da nossa história, que, em maio, também chega aos 100 anos. Ele cabe, sem dúvida, ao trabalho que em todos esses anos vem sendo feito por todo o time Folha
Daiju Funatsu, CEO e presidente da Komatsu Brasil

Em nome da Dow, quero desejar parabéns à Folha pelo centenário.Quando optei por estudar jornalismo, trabalhar na Folha estava na minha lista de desejos; lembro quando ia nas bancas comprá-la para acompanhar a cobertura das Diretas-Já e, logo depois, dos cara-pintadas e impeachment do Collor. Hoje o jornal impresso deu lugar ao digital no meu cotidiano, mas a admiração segue intacta, especialmente nestes tempos onde a luta pela democracia, análises plurais e combate às fake news se fazem tão urgentes.Aqui, na Dow, temos por filosofia compartilhar conquistas, aprendizados, erros e acertos. Sabemos que nada se faz sozinho. E sabemos também que alcançar 100 anos de vida é resultado da prática de valores que possibilitam transformação e impacto positivo sobre as pessoas e a sociedade.Como empresa de ciência dos materiais, com mais de 140 anos de existência, acreditamos nesse poder de transformação e no poder maior de colaboração e esforços conjuntos na construção de uma trajetória de sucesso. Não é fácil, nunca foi. Porém, sabemos que o melhor caminho é a busca constante das melhores soluções para problemas e desafios.Por isso, especialmente hoje, queremos comemorar com todos aqueles que fizeram e fazem da Folha um dos maiores e mais importantes veículos de imprensa e uma das vozes mais contundentes e democráticas em toda a América Latina. Cumprimentamos a todos vocês, que fazem da Folha esse grande jornal, em todos os sentidos. Vida longa, vida próspera e que venha outra jornada de sucesso para os próximos 100 anos. Que venham sempre e cada vez mais conteúdos relevantes, compromissados com a verdade, a liberdade e a democracia.Parabéns e forte abraço de duas admiradoras e colegas
Eleni Gritzapis, diretora de comunicação da Dow, e Helena Alonso, gerente de comunicação da Dow

Cumprido o primeiro século de vida do jornal, que venha o segundo na mesma luminosa trilha da combinação entre conteúdo de máxima serventia social e absoluta fidedignidade aos fatos.
Parabéns sinceros e calorosos, então, a todos que fazem a Folha de S.Paulo

Ayres Britto, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal

Receba meus votos de congratulações pelas comemorações dos 100 anos de fundação do Jornal Folha de S.Paulo, reconhecendo em sua história a permanente defesa dos ideais democráticos em nosso País e os valorosos serviços prestados na área do jornalismo, das comunicações e da cultura
Tasso Jereissati, senador (PSDB-CE)

Onde aprendi o que é jornalismo investigativo e a ser obsessiva com o outro lado
Raquel Landim, jornalista, analista de economia da CNN Brasil

Venho manifestar a minha alegria, unindo-me a todos aqueles que estão reverenciando o centenário deste grande jornal. Vida longa a esse veículo de comunicação que tem sido fundamental para o desenvolvimento do Brasil, sempre atuando de forma imparcial e corajosa nos momentos cruciais de nossa história.
Exemplo de ética no jornalismo, de geração em geração, a agora centenária Folha de S. Paulo continuará sendo uma referência de credibilidade, sobretudo neste grave momento em que estamos vivendo, no qual é fundamental que a informação bem apurada e verdadeira se sobreponha à nociva produção de fake news
Bruno Reis, prefeito de Salvador (DEM)

Meus efusivos cumprimentos pelos 100 anos da Folha de S.Paulo - um marco tão expressivo que dá a todos a perspectiva histórica de sua relevância. A independência editorial, o rigor e o empenho na apuração dos fatos, o leque amplo e diverso de opiniões, os posicionamentos bem fundamentados de seus editoriais fazem da Folha de S.Paulo mais do que um jornal admirável e respeitável; fazem da Folha um jornal cada vez mais necessário na eterna construção de um Brasil melhor para todos
Rafael Greca, prefeito de Curitiba (DEM)

Fui muito feliz no tempo em que trabalhei na Folha, publiquei ali alguns dos meus melhores textos.
Mas o jornal me decepcionou muito de 2008 pra cá.
Desejo vida longa ao jornal e a meus colegas que não foram demitidos nesse meio tempo.
Mas infelizmente não é a mesma coisa pra mim

Cynara Menezes, jornalista

Em nome da Braskem, parabenizo a Folha de S.Paulo por seus 100 anos de história. Nós da Braskem acreditamos que a imprensa é essencial para a construção de uma sociedade melhor. Mais do que nunca precisamos de veículos que exerçam o verdadeiro jornalismo, feito com credibilidade e por profissionais competentes, para levar à população temas de extrema relevância, capazes de transformar vidas e formar opiniões. Que venham mais 100 anos de Folha de S.Paulo!
Roberto Lopes Pontes Simões, presidente da Braskem

A Folha de São Paulo completou 100 anos de muita luta. Desejo ao prezado Luiz Frias e a todos que constroem diariamente esse grande jornal, das oficinas aos escritórios e, com ênfase, à Redação, mais êxitos e conquistas, exatamente no modo Folha de ser.
Quando forjaram o “escândalo” em torno do processo de licitação das teles, travei dura batalha, como líder do governo FHC, contra a insinuação de que haveria ligação do governo com o jogo sujo de dossiês de uma concorrente contra outra. Expliquei, exaustivamente, que essa licitação era, no ramo da telefonia, a maior –ou a única– naquele momento, em todo o planeta. Ao invés de negociata, o ministro das Comunicações, Sergio Motta, conduziu uma revolução que aposentou o dinossauro chamado Telebrás.
Na sequência de entrevistas, troquei palavras duras com uma repórter da Folha. E, claro, fiquei aguardando possíveis retaliações vindas da direção do jornal.
Ao contrário disso, recebi convite para escrever artigo, na página 3, que seria –e foi– publicado junto do ponto de vista do jornal. Ou seja, a Folha me sugeriu opinar contra ela própria, na página interna mais prestigiosa da edição. Foi quando telefonei para o 'seu' Octavio Frias. Isso deu início a uma boa sequência de almoços no jornal, sempre com a presença de Otavinho (que a notável antropóloga Ruth Cardoso me afirmou ter sido seu melhor aluno dentre todos que tiveram a ventura de passar por mãos tão cultas), da lúcida Maria Cristina Frias e de jornalistas de excelente nível.
O resultado foi o aprofundamento de minha amizade com 'seu Frias', que acabou, de certa forma, virando conselheiro. Sábio, experimentado, vivido, sofrido, testado conselheiro.
Com o falecimento do patriarca, Otavio Frias Filho assumiu a direção do jornal e exerceu o comando com sabedoria e critério. Infelizmente, aos 61 anos, lhe sobreveio a morte prematura que, no meu sentimento, foi injusta e perversa. Não sou dos que atribuem explicações sobrenaturais a fenômenos como a morte. Daí considerar a de Otavinho injusta e perversa.
Sinto razões políticas, lembrando um episódio que me fez perceber, a um tempo, a sagacidade e a grandeza do 'seu' Frias. E sinto razões pessoais, porque ele me tocou além do lado profissional.
Ganhou minha admiração, que poderia ter ido sem estima, e ganhou minha estima, que concorreu, páreo a páreo, com a admiração
Arthur Virgílio Neto, ex-senador (PSDB-AM)

A Folha é inspiradora. Começo e termino meu dia com ela. A Folha é corajosa, afrontosa, plural. Tem absoluta aversão a erro. Cobra tanto a própria Redação quanto cobra políticos e autoridades em geral. A Folha é genial. Tem um time impressionante. Coleciona momentos memoráveis.Fui parte do time da Folha por dez anos. Que honra. A Folha é um jornal do tamanho do Brasil. Viva a Folha de S.Paulo (sem espaço entre o S e o ponto). Viva o jornalismo, a busca pela excelência, pelo furo, pela análise apurada. Vivam os talentos de ontem e de hoje. Vida longa ao maior jornal do Brasil
​Daniela Lima, jornalista, apresentadora da CNN Brasil

Parabéns pelos 100 anos de serviço ao Brasil e à democracia!
Eduardo Navarro, presidente do conselho da Telefónica Brasil e diretor global de comunicações, marca, relações públicas e sustentabilidade, em Madri

Tive um dia tão insano que só agora acho tempo para dar parabéns à Folha pelos 100 anos. Os anos em que convivi profissionalmente com o seu Frias e o Otavio valeram por 20 pós-doutorados em jornalismo.
Muito obrigado, e longa vida ao jornal

Álvaro Pereira Júnior, jornalista

A Largo Resources, em nome de todos os seus colaboradores, parabeniza a Folha de S.Paulo pelo seu centenário. Que possamos continuar contando com o jornalismo sério e de qualidade que vocês nos trazem diariamente. Acreditamos no firme propósito de fazer o Brasil melhor para todos os brasileiros
Paulo Misk, presidente da Largo Resources

Bravo! Pelos 100 anos. E pelo incrível trabalho que vem realizando a Folha
Hamilton dos Santos, diretor-geral da Aberje (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial)

Assim como a vida não existe sem água, a democracia também não existe sem o bom jornalismo, livre, responsável e respeitado. Feito com a informação bem apurada, com a diversidade de opiniões, de análises e de visões, com o dever de alertar e orientar a sociedade acerca dos caminhos que está tomando. Neste Centenário, gostaria de cumprimentar a Folha de S.Paulo e todos os profissionais que a construíram e continuam construindo, com inteligência e integridade, ao longo da sua história. Parabéns para a Folha, tão necessária nos dias em que vivemos
Benedito Braga, diretor-presidente da Sabesp e presidente honorário do Conselho Mundial da Água

Cem anos cumprindo o serviço essencial, não só de informar, mas o de incentivar consciência à sociedade: Parabéns, Folha! Os cidadãos, as empresas, a ciência, os governos, todos requerem dados confiáveis para exercerem sua função tendo êxito. As Nações Unidas já destacaram o poder da liberdade de imprensa para realizar uma mudança social e política. É por ela que tomamos decisões, cobramos a responsabilidade dos nossos líderes e se promove transparência. No entanto, são constantes os enfrentamentos que os profissionais da notícia lidam. E hoje a atualização das informações precisa ser imediata, mas sempre se mantendo a retidão que vemos neste jornal. Um país melhor depende deste profissionalismo e da consciência de que a imprensa é crucial e não pode ser tolhida ou paralisada. Parabéns à Folha, aos seus jornalistas e colaboradores e o desejo de mais um século de bom trabalho
Vanderlei Macris, deputado federal (PSDB-SP)

Parabéns à Folha pelo seu centésimo aniversário, sempre um grande e ótimo jornal.Parabéns à atual diretoria da Folha, muitas saudades de Octavio Frias e Otavio Frias Filho
Paulo Maluf, ex-deputado federal (PP-SP)

O Sindicato dos Empregados em Centrais de Abastecimento de Alimentos do Estado de São Paulo (Sindbast) parabeniza o jornal Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos. Durante essa trajetória, o jornal travou grandes batalhas pela democracia e se tornou a voz de boa parte da população deste país. Obrigado, Folha!
Enilson Simões de Moura (Alemão), presidente do Sindbast e Vice-presidente Nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT)

Para a CNH Industrial, detentora das marcas Case, New Holland, IVECO e FPT, a comemoração dos 100 anos da Folha de S.Paulo é um momento histórico para a imprensa brasileira e motivo de orgulho para todos os seus leitores. Analítico e independente, o jornal cumpriu o seu papel social na formação de uma sociedade bem informada, com espírito crítico e pensamento moderno. Um século de trabalho pela sociedade brasileira, levando, diariamente, informação clara e acessível para todos. Com conteúdo que sempre prioriza a verdade e a transparência, o veículo contribui com as discussões e enfrentamento das questões mais importantes para o desenvolvimento do nosso País. Parabéns a todos que fazem parte do Grupo Folha, aos editores, jornalistas e toda a equipe do jornal Folha de S.Paulo
Jorge Görgen, gerente de Comunicação Corporativa para a América do Sul CNH Industrial​

Nos últimos 100 anos, o Brasil e o mundo passaram por inúmeras transformações, fatos históricos e momentos marcantes nas vidas de todos nós e a Folha sempre esteve atenta e presente na cobertura de cada um destes episódios, informando e impactando a vida de milhares de brasileiros.
O nosso compromisso, desde 1975 no Brasil, é contribuir para o desenvolvimento econômico e social do país, por meio da geração de empregos, fomento à cadeia produtiva, inclusão social, preservação do meio ambiente e ampliação do acesso a alimentos saudáveis e de qualidade a milhões de brasileiros. E, claro, a Folha é parte fundamental desta história.
Nós, do Grupo Carrefour Brasil, parabenizamos a Folha pelo excelente trabalho desempenhado nos últimos 100 anos e desejamos que o veículo continue com o excelente trabalho de informar os brasileiros diariamente, contribuindo na construção de um país cada vez melhor.
Parabéns para todos que fazem todos os dias a Folha ser a Folha e Rumo a 2121!

Stéphane Engelhard, vice-presidente de relações institucionais do Grupo Carrefour Brasil

Gostaríamos de parabenizar a Folha de S.Paulo pelo centenário.Os leitores reconhecem a qualidade jornalística através de elementos importantes como profundidade de apuração e análise, transparência e diversidade de visões nas matérias. Os expressivos números de circulação paga e de tráfego de websites, auditados pelo IVC, demonstram este reconhecimento dos leitores.
Importante também ressaltar a atuação junto ao IVC pela transparência do mercado publicitário brasileiro.
Parabéns novamente e desejos de sucesso no futuro

Pedro Silva, presidente-executivo do IVC (Instituto Verificador de Comunicação)

Uma imprensa livre e vibrante é pilar fundamental para o fortalecimento de uma sociedade. Nos últimos cem anos, o Brasil pôde contar com a Folha de S.Paulo para a defesa incansável da democracia e para apontar erros e acertos nos caminhos que nosso país tem trilhado. Cumprimento o jornal, na figura de seu publisher Luiz Frias, pelo século de informação e prestação de serviços, em especial pela constante valorização do empreendedorismo e dos pequenos negócios brasileiros. Que o próximo século reserve à Folha um lugar de ainda mais relevância no jornalismo brasileiro e mundial
Wilson Martins Poit, diretor-superintendente do Sebrae São Paulo

Em nome dos milhões de Empreendedores brasileiros e por todo serviço prestado aos pequenos negócios do país, o Sebrae parabeniza a Folha de S.Paulo pelo centenário de sua história em defesa da democracia e do desenvolvimento do Brasil. Que venham mais 100 anos!
Sebrae Nacional

A Sanofi Brasil parabeniza a Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos de história sustentada pela credibilidade, pelo profissionalismo e pelo pluralismo que tão bem marcam a trajetória do jornal. Com seu olhar crítico sobre os acontecimentos da vida brasileira, fortalece a democracia no País, dando voz a atores de diferentes setores da sociedade. Parabéns à Folha e a todos os profissionais que ajudaram e ajudam a escrever essa bela história
Félix Scott, diretor-geral da Sanofi no Brasil

Cumprimentamos toda a equipe do jornal Folha de S.Paulo pelos 100 anos de atividade. Nesse período, o jornal conquistou elevada reputação junto à sociedade, por representar os anseios da população brasileira e acompanhar todas as transformações que o mundo passou neste último século. Desejamos que a Folha continue exercendo este papel fundamental na construção de um Brasil melhor
Aurélio Pavinato, CEO da SLC Agrícola

​Nós, do Instituto Jô Clemente, parabenizamos a Folha de S.Paulo por seu aniversário e por atingir a incrível marca de 100 anos, sendo um dos mais respeitados veículos do Brasil. Sua trajetória e protagonismo contribuíram para a história brasileira, sempre com responsabilidade, apuração e profissionalismo
Daniela Mendes, superintendente-geral do Instituto Jô Clemente

Parabéns à Folha pelos 100 anos. Aprendi muito lá durante mais de um quarto de século. Foi um privilégio ter aprendido como se faz bom jornalismo com tantos profissionais excelentes. Cito um deles, Janio de Freitas, que generosamente sempre me apontou e aponta o caminho correto
Fernando Rodrigues, diretor de Redação do jornal digital Poder360

Receba meu abraço pelo centenário da Folha de S.Paulo. Um jornal com importante influência na história do Brasil e que contribuiu para a defesa da liberdade de imprensa e de expressão, valores essenciais da democracia
Carlos Alberto Di Franco, presidente do conselho de administração do ISE Business School

Como advogado criminal há 50 anos posso atestar que, em face do intricado fenômeno criminal, o jornal sempre se manteve fiel a duas regras fundamentais do setor: reproduzir a realidade, tanto quanto possível do fato criminoso, e sempre ouvir o acusado ou o seu advogado, em respeito ao sagrado direito de defesa. Parabéns, Folha
Antonio Claudio Mariz de Oliveira, advogado

Em meio à penosa atualidade da mídia, na qual o impacto econômico da crise da Covid-19 se soma a múltiplos outros desafios enfrentados pela imprensa tradicional, a celebração do centenário da Folha de S.Paulo se mostra um farol de esperança.
É de fato nossa esperança que os meios tradicionais permaneçam como uma fonte singular de informação crível e acurada e que a relação de confiança que liga jornais como a Folha de S.Paulo a seus leitores, persista face à competição da abundante informação online, incluindo a das numerosas plataformas na internet. Seguimos confiantes, no entanto, de que a indústria dos jornais irá superar esses desafios e os vindouros, graças ao reconhecimento por parte da sociedade do valor do jornalismo aprofundado e de qualidade. A atual situação sanitária demonstrou, talvez mais claramente do que nunca, o valor do jornalismo sério e profissional.
Em tempos de crises, a informação pode ser uma questão de vida ou morte, em especial quando rumores e notícias enganosas se apoderam dos ecossistemas informativos. Os meios livres e independentes, como a Folha de S.Paulo, têm um papel crucial em bloquear a desinformação e em fomentar a responsabilidade, a transparência e o debate democrático na sociedade. Assim, meios independentes e pluralistas são centrais na proteção da informação como um bem comum e essenciais para o cumprimento da Agenda 2030 da ONU para o desenvolvimento sustentável, em especial o objetivo 16, sobre paz, justiça e instituições eficazes. O lema da Folha de S.Paulo, “Um jornal a serviço da democracia”, embute portanto um peso significativo, uma vez que a defesa desses valores é central para a agenda internacional para um desenvolvimento sustentável e inclusivo.
Além disso, gostaria de expressar minha apreciação pela colaboração exitosa entre o jornal e o escritório da Unesco em Brasília em vários projetos, incluindo um esforço conjunto mirando a desinformação. Finalmente, gostaria também de reconhecer o importante papel que o saudoso sr. Clóvis Rossi, que integrou seu conselho editorial, teve como membro do júri internacional do Prêmio Unesco/Guillermo Cano pela Liberdade de Imprensa. Nesse contexto e em vista da forte história da Folha de S.Paulo com defensora da liberdade de imprensa, convoco com apreço o jornal a considerar um engajamento mais robusto com o prêmio. Esperamos continuar nossa frutífera cooperação para proteger e promover a liberdade de imprensa diante de desafios emergentes nos anos por vir

Xing Qu, diretor-geral adjunto da Unesco

Sou assinante da Folha há uns 25 anos (um quarto da vida do jornal). Apreciei ver diversas manifestações de leitores e, na edição de hoje (sábado, 20 de fevereiro), declarações de personalidades da política e do mundo empresarial. Estranhei a falta de declarações de cientistas e educadores. Como cientista, aprecio a Folha por sua busca pela apresentação dos fatos, com a objetividade e isenção possíveis, e pelo espaço dado à análise crítica do seu significado, explorando os diferentes ângulos pelos quais podem ser observados. Tenho certeza que dirigentes de associações e academias científicas, de nossas universidades e de associações culturais também têm importantes mensagens para celebrar os 100 anos da Folha. Expresso aqui meus parabéns e votos de continuidade da importante missão do jornal para a informação e bem-estar da nossa população
Paulo A. Nussenzveig, professor do Instituto de Física da USP

Completar um centenário de vida mantendo a relevância e entrando todos os dias na casa de milhares de brasileiros. Esse é um desafio que tenho orgulho de dizer que a Nestlé Brasil divide com a Folha de S.Paulo.
A Nestlé e a Folha chegaram juntas ao Brasil, em 1921. De lá para cá, foram muitos acontecimentos marcantes, acompanhando dez décadas de desenvolvimento do nosso país. Assistimos a várias mudanças, algumas que levaram anos para se consolidar e outras que, assim como as tecnologias e a transformação digital que vivemos hoje, vieram de forma rápida e passaram a fazer parte da vida dos brasileiros. E fico feliz de dizer que seguimos resilientes e nos adaptando a cada uma dessas etapas e aos inúmeros desafios.
E nestes anos todos, uma certeza muito forte: a de que podemos contar com a Folha de S.Paulo para nos trazer notícias relevantes, acompanhar as tendências e mudanças de mercado com muita análise, contexto e, o mais importante, com credibilidade. Mais do que isso, é uma forma de ter um raio-x de um Brasil tão diverso e plural.
Parabenizo, em nome de toda a Nestlé, à Folha de S.Paulo
e toda a sua equipe e faço votos de que possamos seguir, lado a lado, pelo próximo centenário
Marcelo Melchior, CEO da Nestlé Brasil

Quando da invasão do jornal pelo governo Collor, chamado pelo velho amigo Octavio Frias de Oliveira, a quem outorguei o primeiro troféu da Academia Paulista de Letras sobre o jornalismo, em 2006, participei da reação do jornal, tendo escrito artigo publicado no dia seguinte e elaborado o parecer que justificava a interpretação da Folha publicado na terça-feira, nos dois jornais. Estavam presentes Otavio Frias Filho, Luís Francisco Carvalho Filho, José Carlos Dias e meu assistente Antonio Carlos. Na ocasião, todas as minhas tentativas telefônicas com os donos dos principais jornais foram frustradas, nada obstante terem adotado a mesma linha exegética da Folha! Creio que, por aquela reação do jornal ao arbítrio, o governo Collor recuou nas prisões de empresários e pessoas contrárias às suas medidas. Cumprimento-os, pois, nada obstante algumas divergências e muitas convergências, de resto que expresso pelas páginas do próprio jornal, pelo centenário. Bem haja!
Ives Gandra, advogado

O Instituto Brasileiro de Ciência Criminais-IBCCRIM e a Folha compartilham preceitos inegociáveis, como a defesa incondicional das garantias fundamentais e dos valores democráticos. É nesse sentido que parabenizamos a Folha de S.Paulo pelos 100 anos de atuação no jornalismo brasileiro com informações diárias, relevantes e qualificadas. Desejamos prosperidade e muitos anos de atuação, renovamos nossa estima e consideração e nos colocamos à disposição para estreitar ainda mais nossa parceria institucional.
Marina Pinhão Coelho de Araújo, presidente do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais -IBCCRIM

Um dos pilares da democracia é a imprensa livre, dinâmica e democrática. Todos estão presentes na Folha de S.Paulo. Jornal que sempre manteve o anseio pela liberdade e ampliou a voz dos movimentos sociais. Parabéns por 100 anos de bom jornalismo.
Miguel Torres, presidente da Força Sindical e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo

Parabenizamos a Folha por seus 100 anos, em especial, por democratizar a informação, dar voz a temas urgentes e amplificar temas caros à sociedade e ao meio empresarial, como as questões relacionadas à governança corporativa. Desejamos que o trabalho se perpetue por muitos anos e estendemos nossos cumprimentos a toda a equipe do jornal.
Henrique Luz, presidente do conselho de administração, e Pedro Melo, diretor-geral do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC)

A PwC Brasil parabeniza a Folha de S.Paulo por 100 anos de jornalismo plural, crítico e de qualidade. Desejamos que o jornal continue a contribuir com a liberdade de informação e expressão, a consolidação das instituições democráticas e o desenvolvimento socioeconômico do país.
Marco Castro, sócio-presidente da PwC Brasil

Felicito e parabenizo a Folha pelos seus 100 anos. Como leitora assídua, socióloga e educadora e parceira em alguns projetos, via Fundação Tide Setubal, reconheço a importância da Folha para o Brasil, ainda mais quando a democracia e as instituições são postas em xeque. Em nação tão desigual e excludente como a nossa, reportagens e artigos que cobram ações do poder público e que estimulam a sociedade civil a agir e a avançar têm papel relevante e necessário. Desejo vida longa ao jornal.
Neca Setubal

A Folha de S.Paulo chega aos 100 anos como o único diário nacional a preservar compromisso com a pluralidade e a diversidade, abrindo espaço a vozes que colidem com sua orientação editorial. Frente a um sistema de comunicação marcado pelos monopólios e dominado pelo pensamento liberal, não é pouca coisa. Essa trajetória honra o bom jornalismo e a democracia, acima das divergências e das diferenças. Que venham outros 100 anos!
Breno Altman, diretor editorial do site Opera Mundi

Meu caro Luiz Frias, é com enorme satisfação que o cumprimento, em meu nome e do Sesc-SP, pelo aniversário de 100 anos do jornal. A Folha de S.Paulo é um patrimônio da sociedade brasileira, do qual temos muito orgulho. Referência de comprometimento com a informação séria, apurada, objetiva e inteligível, com as questões sociais e o interesse público, com a liberdade e a pluralidade de ideias e, especialmente, com a democracia. Parabéns à direção e a toda equipe de profissionais que atuam e que atuaram na Folha, pela contribuição exemplar, durante um século, para a formação do pensamento crítico e da construção da cidadania em nosso país!
Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc-SP

Os melhores votos para a Folha de São Paulo neste primeiro centenário.Que a defesa dos valores republicanos seja o norte, fundamental e incontornável de uma vida longa.
Marco Lucchesi, presidente da Academia Brasileira de Letras

Gostaria de cumprimentá-lo nesta data tão importante em que comemoramos o centenário da Folha de S.Paulo, um dos jornais mais longevos do nosso país e que desempenha um papel fundamental em nossa sociedade. Este certamente é um grande marco para o Brasil. São 100 anos contando histórias diariamente, sempre com qualidade,credibilidade e profundidade.
Feliz aniversário para a Folha de S.Paulo e que este sucesso perdure por muitos anos!
Um forte abraço.

Carlos Sanchez, presidente do Conselho de Administração do Grupo NC

Cumprimentamos toda a equipe da Folha de S.Paulo pelo centenário do jornal. Há 100 anos, o veículo leva excelência e credibilidade em suas coberturas e reportagens especiais a um leitor cada vez mais exigente. A Folha de S.Paulo se tornou uma das maiores referências no jornalismo brasileiro e carrega consigo uma grande importância histórica na comunicação do país. Desejamos que esse sucesso continue se repetindo e repercutindo!
Marcus Sanchez, vice-presidente da EMS

A Huawei do Brasil parabeniza a Folha pelo seu primeiro centenário. Celebramos juntos essa data tão importante contribuindo para o desenvolvimento do Brasil.
Guo Yi, VP Public Affairs Communications Department

Impressionante como eu não consigo ficar sem ler a Folha. Diariamente, antes de qualquer coisa, é uma das primeiras coisas que faço há mais de 15 anos. É a minha grande companheira do dia-a-dia. Obrigado por tudo Folha de S.Paulo! E parabéns pelos 100 anos!
Ricardo Joaquim Barbosa, CEO da Top Brasil Turismo

A Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde (ABIMED) parabeniza a Folha de S.Paulo pelos seus 100 anos de existência, completados em fevereiro. Trata-se de um século de profissionalismo e diversidade de ideias em prol de um jornalismo sério, imparcial, de qualidade e credibilidade, e que segue firme na consolidação e reafirmação da liberdade de imprensa.
Fernando Silveira Filho, presidente-executivo da ABIMED

Envio as minhas sinceras felicitações à Folha de S.Paulo, por ocasião do aniversário de 100 anos. Eu sou mais do que um assinante e leitor da Folha, sou um admirador. Eu admiro o jornal não porque escreve o que eu quero ou o que eu não quero ler, mas sobretudo porque cumpre um papel importante em nosso estado democrático de direito, na preservação e na consolidação. É preciso que a imprensa tenha o senso crítico aguçado. Já tive a oportunidade de governar. Já fui prefeito. Sempre achei as críticas muito importantes. Nem sempre as críticas devem ser consideradas, mas muitas vezes precisam ser absorvidas, pois ajudam o governante. Não apenas os do setor público, mas do privado também. A Folha é o jornal que melhor exerce essa função hoje no Brasil, no sentido de ter postura crítica, além de constatar fatos e trazer informações. Homens públicos devem ter a capacidade de absorver essa crítica e de defender a sua importância. Quem acha que crítica é ofensa é ditador. O exercício da crítica talvez seja o que melhor caracterize a independência de um jornal e isso é muito importante para um leitor como eu. Parabéns, Folha!
Samuel Moreira, deputado federal (PSDB-SP)

A comunicação é um serviço essencial na construção da sociedade e da cultura da paz. A liberdade de imprensa e o compromisso com a verdade são os alicerces da democracia. Neste tempo de tanta desinformação circulando pelas redes digitais, de grupos que manipulam a partir da mentira, o jornalismo autêntico, de qualidade, torna-se ainda mais fundamental. Celebrar o centenário da Folha de S.Paulo, publicação de reconhecidas contribuições para a sociedade brasileira, é oportunidade para cada pessoa reafirmar o compromisso com a liberdade de imprensa, com a informação de qualidade. Parabéns para a Folha de S.Paulo. Que o jornal se fortaleça sempre na missão de promover a verdade, sendo cada vez mais protagonista no combate às manipulações pela desinformação e se consolidando no serviço à verdade e ao bem comum. Deus muito abençoe seus dirigentes, colaboradores e leitores, sonhando e empenhados na recomposição de qualificado tecido social, político e cultural da sociedade brasileira.
Dom Walmor Oliveira de Azevedo, presidente da CNBB

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.