Folha realiza seminário para discutir futuro da matriz elétrica brasileira

Evento que acontece no dia 19 de outubro no auditório do jornal tem entrada gratuita

Usina eólica no Piauí
Usina eólica no Piauí - Zanone Fraissat/Folhapress
São Paulo

Folha realiza no dia 19 de outubro o seminário Segurança e Sustentabilidade da Matriz Elétrica Brasileira, em parceria com o Instituto Escolhas, organização voltada para o desenvolvimento sustentável.

Durante o evento, serão apresentados os resultados inéditos de um estudo sobre os custos e benefícios das fontes de geração elétrica no país. A pesquisa contém ainda um levantamento dos principais desafios para o setor nos próximos anos.

Mais de 80% da eletricidade usada no país é proveniente de fontes renováveis, como a hidráulica (68%) e a biomassa (8%), segundo dados da EPE (Empresa de Pesquisa Energética).

Esses números colocam o país em um lugar de destaque no mundo quando o assunto é estruturar uma matriz energética mais limpa, sustentável e com menor impacto para o ambiente. Apenas 23% da eletricidade usada no planeta vêm de fontes renováveis; a maior parte dos países ainda depende fortemente de combustíveis como o carvão e o gás natural.

Após a divulgação dos dados do estudo no seminário, dois debates discutirão o presente e o futuro da sustentabilidade das fontes de eletricidade do Brasil, que serve de exemplo e deve ter papel relevante na transformação da matriz energética mundial. Os painéis contarão com a participação de economistas e especialistas na área.

O evento acontece a partir das 8h30, no auditório da Folha (al. Barão de Limeira, 425, 9º andar). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site eventos.folha.uol.com.br.

 

SEGURANÇA E SUSTENTABILIDADE DA MATRIZ ELÉTRICA BRASILEIRA

Quando: 19/10, às 8h30

Onde: Auditório da Folha (al. Barão de Limeira, 425)

Inscrições gratuitas no site eventos.folha.uol.com.br

Programação

Café de boas-vindas (8h30 às 9h)

Abertura (9h às 9h10)

Murilo Bussab, diretor de circulação e marketing da Folha de S.Paulo; Roberto Kishinami, coordenador do portfólio de energia Instituto Clima e Sociedade, e Sergio Leitão, diretor de relacionamento com a sociedade do Instituto Escolhas.

Apresentação do estudo (9h10 às 09h40) 

Mário Veiga, presidente da PSR, e Bernardo Bezerra, diretor técnico na PSR.

Por que nem todo MWh é igual? (9h às 10h40) 

Roberto Kishinami, coordenador do portfólio de energia Instituto Clima e Sociedade; 
Lavinia Hollanda, diretora-executiva da Escopo Energia; Elena Landau, advogada sócia da Sergio Bermudes Advogados; Mário Veiga, presidente da PSR, e Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF).

Como garantir segurança e sustentabilidade da matriz elétrica do futuro? (10h40 às 12h) 

Vinícius Torres Freire, colunista da Folha de S.Paulo; Paulo Pedrosa, ex-secretário executivo do Ministério de Minas e Energia; Zeina Latif, economista-chefe na XP Investimentos; Mario Menel, presidente do Fórum das Associações do Setor Elétrico, e Sergio Leitão, diretor de relacionamento com a sociedade do Instituto Escolhas.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.