Descrição de chapéu Festival Design Weekend

Tapetes e redes cobrem a alameda Gabriel Monteiro durante o Design Weekend

Mais de 200 atrações estarão em 70 pontos ao longo da via conhecida por suas lojas de decoração

Carolina Muniz
São Paulo

​​Conhecida pelo comércio de itens de decoração, a alameda Gabriel Monteiro da Silva é o lugar com a maior concentração de eventos do DW. Serão mais de 200 atrações em 70 pontos ao longo da via de 3 km —entre lançamentos de produtos, intervenções, palestras e exposições.

 
 

“A Gabriel é o maior local de design a céu aberto da América Latina. Por isso, é o grande centro do festival”, diz Lauro Andrade, idealizador do DW.

Seis endereços da rua vão abrigar a exposição Brasil Tupi, que exalta o desenho da rede de dormir. “No dia a dia, a gente não se dá conta do quanto o design dela é genial”, afirma a jornalista Lilian Pacce, curadora da mostra.

Para customizar a peça de origem indígena, foram convidados 21 artistas de diferentes áreas, entre eles a atriz Glória Pires, o cantor Falcão, a chef Morena Leite, o designer Jader Almeida, o cabelereiro Wanderley Nunes e o estilista Dudu Bertholini.

Segundo Pacce, todos os selecionados têm alguma ligação com o design ou com a rede —caso de Falcão, que dorme todas as noites em uma. A curadora conta que, em junho, entregou uma peça de algodão feita por artesãos do Ceará a cada um dos artistas, que tiveram total liberdade para personalizá-la.

Alguns mantiveram a função de balanço da rede, outros a transformaram em vestimentas, objetos de decoração e telas de pintura.

O local que vai concentrar a maior quantidade de obras (12 delas) será a recém-inaugurada loja da marca de móveis Florense, projetada pelo designer israelense Dror Benshetrit. Também haverá peças na Use Gallery, no Studio 689 e nas lojas da Saccaro, Interbagno e Tidelli. Todos os endereços estão localizados entre os números 689 e 1.424, em um trecho de 700 metros.

A exposição será realizada entre 18 e 25 de agosto, das 10h às 19h. Em abril de 2020, as redes serão exibidas durante o Salão do Móvel, em Milão.

E é da cidade italiana de onde vêm 15 tapeçarias que farão parte da mostra Ensieme (que significa “juntos”), da marca de tapetes By Kamy. Os autores são alunos do Politécnico de Milão, referência na formação de designer, que tiveram seus trabalhos selecionados entre mais de 300 projetos.

“Elegemos a instituição por ser uma escola com alunos do mundo todo, para fazer esse intercâmbio cultural”, diz a designer Francesca Alzati, diretora da By Kamy. Ela conta que a exposição está sendo preparada desde o  ano passado.

Os alunos foram desafiados a retratar nos tapetes o olhar que têm do Brasil, a partir da orientação do professor Arturo Dell’Acqua Bellavitis, um dos fundadores do colégio Politécnico de Design, cuja criação também estará na mostra.

O evento gratuito será aberto à visitação de 18 a 25 de agosto (segunda a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 10h às 17h; e domingo, das 10h às 14h), na loja da By Kamy, no número 1.147 da alameda.

A 85 metros dali, a arquiteta Cris Barbara assina a decoração de uma praça de 20 metros quadrados, na altura do número 1.064. O espaço ganhará sofás, pendentes, lareira e flores comestíveis, como calêndulas e tagetes. Com restos de tapetes da By Kamy, serão confeccionados estofados, almofadas e peças de roupas.

Quem passar por ali vai poder participar de degustações e palestras de crochê, aromaterapia, nutrição e culinária com uso de flores. 

A intervenção ficará na praça durante todo o DW, mas haverá atividades em três datas: 20 de agosto, entre 15h e 18h; no dia 22, entre 13h30 e 16h; e no dia 23, entre 13h30 e 14h40.

Design Weekend
De 18 a 25 de agosto, acontece em mais de 120 pontos de São Paulo, com atrações gratuitas e pagas; a programação completa estará disponível a partir de 13 de agosto no site designweekend.com.br

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.