Jipes serão maioria entre lançamentos de 2021; veja os principais

Mais rentáveis para as montadoras, utilitários de apelo urbano seguem em alta; sedãs também serão renovados

São Paulo

As montadoras ainda tentam guardar segredo sobre os automóveis que serão lançados ao longo de 2021, mas há uma certeza. O ano será novamente dominado pelos utilitários esportivos de diferentes tamanhos.

Os jipinhos de apelo urbano permanecem em alta, e isso é bom para as fabricantes instaladas no Brasil. Com o encolhimento do mercado nacional, as marcas precisam de produtos de maior valor agregado, que geram mais lucro.

Entre os que já tiveram imagens divulgadas, o modelo mais aguardado é o Volkswagen Taos. O carro será posicionado entre o T-Cross e o Tiguan, nicho dominado pelo Jeep Compass —que também terá novidades.

A marca americana prepara a versão de sete lugares de seu campeão de vendas, que chegará com mudanças de estilo e um novo interior.

O Compass ganha ainda um novo motor 1.3 turbo, que vai substituir o 2.0 flex na maioria das versões. Essa opção deve chegar também ao Jeep Renegade e à Fiat Toro. Os três carros são produzidos pelo grupo FCA em Goiana (PE).

A Fiat tem mais novidades para 2021. A principal será o utilitário esportivo compacto construído sobre a plataforma do Argo. O modelo está em fase final de desenvolvimento, mas a montadora italiana ainda não divulgou imagens do carro.

Outro utilitário muito aguardado é o Toyota Corolla Cross, que deve estrear no primeiro semestre. O modelo vai usar os mesmos motores disponíveis no sedã médio de origem japonesa, o que inclui uma versão híbrida flex —capaz de rodar com etanol, gasolina e eletricidade.

O próprio Corolla, que reina absoluto em seu segmento, terá um 2021 mais difícil com a chegada de novos concorrentes. O principal será o novo Nissan Sentra, que virá importado do México. A marca terá também uma novidade nacional: a reestilização do SUV Kicks, que é produzido em Resende (RJ).

Na Honda, será a vez de renovar a linha City. Além da versão sedã, a nova geração do modelo terá uma inédita opção hatchback, que será o carro mais em conta da marca japonesa no Brasil. A montadora deve adotar um novo motor 1.0 turbo, já disponível em outros mercados.

A Ford parte para lançamentos de carros importados. A empresa americana confirmou a chegada do utilitário esportivo Bronco e da versão Mach 1 do esportivo Mustang. A fabricante vai investir também no segmento de vans: a Transit, que será produzida no Uruguai, retorna em 2021 ao mercado brasileiro.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.