Com restrições, Gramado e Canela reabrem hotéis e atrações turísticas

Hotéis e parques devem funcionar com, no máximo, metade da capacidade

São Paulo

A Prefeitura de Gramado, na Serra Gaúcha, anunciou no último dia 6 a reabertura de hotéis, parques de turismo e museus. O funcionamento dos serviços está condicionado ao cumprimento de algumas normas.

Hotéis, motéis e pousadas devem restringir a ocupação à metade. Hospedagens compartilhadas, caso dos hostels, têm permissão para operar desde que respeitem a distância de ao menos três metros entre as camas. Estão proibidas beliches.

O decreto, no entanto, proíbe o aluguel por temporada e a atividade de campings.
Os parques só podem funcionar com até 50% da capacidade. Filas devem ter uma separação mínima de 1,5 metro entre as pessoas. O uso de máscaras é obrigatório, tanto nos estabelecimentos comerciais quanto nas áreas públicas da cidade.

Um dia depois da decisão de Gramado, a vizinha, Canela, também anunciou a retomada das atividades dos meios de hospedagem e das atrações turísticas com restrições. Uma diferença é que, no município, está vedado o compartilhamento de quartos —hostels só podem oferecer quartos individuais.

Os Parques da Serra Bondinhos Aéreos, que dão vista para a Cascata do Caracol, abriram as portas no último sábado (9). A atração passa a funcionar de sexta a domingo, das 13h às 17h.

Segundo a diretoria do parque, foram tomadas medidas para proteger a saúde de turistas e funcionários, como a abertura das janelas dos bondinhos e o embarque de apenas uma pessoa ou família por vez, além do uso de máscaras.

O Ministério da Saúde orienta que os cidadãos só façam viagens agora em caso de real necessidade. A recomendação é que devem ficar em casa todos aqueles que têm essa possibilidade.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.