Painel

Editado por Guilherme Seto (interino), espaço traz notícias e bastidores da política. Com Danielle Brant

Salvar artigos

Recurso exclusivo para assinantes

assine ou faça login

Painel

Governo Bolsonaro nega pedido para liberar Maduro na posse de Lula

Geraldo Alckmin telefonou para ministros nesta sexta-feira (9), mas teve solicitação recusada

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O governo Jair Bolsonaro (PL) recusou nesta sexta-feira (9) um pedido feito pelo gabinete de transição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de revogação de uma portaria para que Nicolás Maduro, ditador da Venezuela, possa viajar para o Brasil e participar da posse do presidente eleito.

Em 2019, Bolsonaro editou portaria proibindo a entrada de autoridades de alto escalão da Venezuela no Brasil. O presidente reconheceu Juan Guaidó, líder da oposição venezuelana, como chefe de Estado legítimo do país vizinho.

O vice-presidente eleito e coordenador do governo de transição, Geraldo Alckmin (PSB), telefonou para representantes do governo Bolsonaro nesta sexta-feira para pedir a revogação da portaria, mas a resposta foi negativa.

Nicolás Maduro durante entrevista coletiva com jornalistas estrangeiros no Palácio de Miraflores, em Caracas
Nicolás Maduro durante entrevista coletiva com jornalistas estrangeiros no Palácio de Miraflores, em Caracas - Yuri Cortez - 30.nov.22/AFP

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.