Queda de barreira bloqueia totalmente a Mogi-Bertioga

Em fevereiro, a rodovia ficou interditada durante nove dias devido a múltiplos deslizamentos

 Quedas de barreiras interditaram a rodovia Mogi-Bertioga, em fevereiro deste ano
Quedas de barreiras interditaram a rodovia Mogi-Bertioga, em fevereiro deste ano - Reprodução/Twitter/dersp
São Paulo

A rodovia Mogi-Bertioga (SP-98) está interditada nos dois sentidos desde às 22h30 de quarta-feira (21) devido à queda de barreira no km 87, em Bertioga (litoral de SP). Não há informações de feridos.

Segundo o DER (Departamento de Estradas de Rodagem), o responsável pela estrada, o bloqueio seguirá pela madrugada e manhã de sexta-feira (23). A previsão é a de que a rodovia seja liberada para tráfego até o final da tarde de sexta.

O deslizamento de pedras e lamas tomou conta da pista, no sentido Mogi das Cruzes, após uma forte chuva que atingiu a região. 

Por segurança, a rodovia foi interditada nos dois sentidos entre o km 69 e o km 98. Equipes do DER estão no local para fazer a avaliação e iniciar a limpeza da via, mas ainda não há previsão de liberação.

A opção para os motoristas é utilizar o sistema Anchieta-Imigrantes (sentido Guarujá e Bertioga), a Tamoios ou Oswaldo Cruz (sentido São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba).

Em fevereiro, a rodovia  ficou interditada durante nove dias devido a múltiplos deslizamentos de pedras e terra provocados por um intenso temporal.

A Mogi-Bertioga possui 44 quilômetros de extensão e, por hora, recebe 300 veículos em média, segundo o DER.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.