Tulipa Ruiz e bailarinos do Pantanal são atrações artísticas do Empreendedor Social 2019

A brasileira que conquistou um Grammy Latino e o grupo internacionalmente reconhecido trarão arte e cultura à cerimônia que premia iniciativas de impacto social

São Paulo

A voz calma e marcante de Tulipa Ruiz será uma das atrações da cerimônia do Prêmio Empreendedor Social deste ano.

O evento de premiação do maior concurso de empreendedorismo socioambiental da América Latina e um dos mais relevantes do mundo acontecerá na segunda-feira (4), no Teatro Porto Seguro, em São Paulo. Os mestres de cerimônias serão os atores Leandra Leal e Antonio Fagundes.

A cantora, compositora e ilustradora apresentará um pocket show com repertório extraído dos álbuns Efêmera (2010), Tudo Tanto (2012), Dancê (2015) e Tu (2017).

Tulipa Ruiz subiu ao palco do festival Bananada 2019, em Goiânia, ao lado de João Donato
Tulipa Ruiz subiu ao palco do festival Bananada 2019, em Goiânia, ao lado de João Donato - Divulgação

“Acompanho o empreendedorismo nas áreas de educação, meio ambiente e saúde pelas matérias da Folha. São setores que devem ser incentivados, e a visibilidade dada às organizações não governamentais e a inclusão do voto popular no Empreendedor Social contribuem para essa disseminação”, afirma Tulipa.

A cantora está na estrada, viajando com um show no qual divide o palco com o lendário pianista João Donato. “Estou lançando um compacto com duas músicas com Donato. No próximo ano, tenho prevista uma turnê pela China e um disco novo”, antecipa, acrescentando que levará uma surpresinha ao palco do Teatro Porto Seguro.

Outra atração confirmada para o Prêmio é a Cia de Dança do Pantanal, grupo sul-americano premiado no Concurso Internacional de Bailado do Porto, em Portugal.

Com direção artística de Márcia Rolon, finalista do Empreendedor Social 2010, os bailarinos do Instituto Moinho Cultural Sul-Americano levarão para o palco do Teatro Porto Seguro, em São Paulo, a peça "Terra sem Males", que aborda a questão da divisão de terras —o boi ocupando o espaço do homem e o renascimento de um lugar possível, onde todos possam viver em harmonia.

“Estar no palco do Prêmio Empreendedor Social é a realização de um sonho. Em 2010, quando fui indicada como finalista, vivi uma situação improvável: uma mulher de Corumbá (MS), Pantanal, fronteira com a Bolívia. Vivenciei um momento único quando o balé era somente um projeto do Moinho Cultural. Hoje, com status de um instituto, voltar a esse palco com todos os olhares voltados para nós é indelével”, detalha Márcia.

Em "Terra sem Males", os bailarinos apresentarão o trecho de um espetáculo que fala da terra possível, a terra de todos: dos bois e dos homens.

A busca dos oprimidos da América –que marcharam durante séculos e ainda marcham em busca de uma terra liberta– está no centro de uma temática contemporânea, contada com direção-geral de Rolando Candia, direção artística de Márcia Rolon, coreografia de Chico Neller e criação e colagem musical de Jonas Feliz.

​escolha do leitor

A Escolha do Leitor está com votações abertas; conheça os finalistas e participe

Os internautas têm até 1º de novembro para acessar o site da Folha e escolher o vencedor da categoria Escolha do Leitorque integra o Prêmio Empreendedor Social.

Na plataforma de votação, os finalistas tentam conquistar o voto do leitor por meio de vídeos de um minuto, nos quais contam as histórias de suas iniciativas.

O público pode escolher entre Alcione Albanesi (Amigos do Bem), Guilherme Brammer Junior (Boomera), Thomaz Sroug (dr.consulta), Diogo Tolezano (Pluvi.On), Gustavo Glasser (Carambola), Adriana Barbosa (Preta Hub) e Laís Higashi (Litro de Luz).

Pelo quarto ano consecutivo, a votação –que já bateu recorde de número de votos em 2019, antes mesmo de ter encerrado– tem o patrocínio exclusivo da Fundação Banco do Brasil.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.