A campanha Brasil sem Fome lidera a captação na Escolha do Leitor

A iniciativa da ONG Banco de Alimentos recebeu 30% dos 21,6 mil doados pela plataforma de voto popular do Empreendedor Social 2021

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

As doações via plataforma Escolha do Leitor, categoria de voto popular do Empreendedor Social em Resposta à Covid-19, encerram-se nesta sexta-feira (24) com a campanha Brasil sem Fome como a líder de arrecadação com 30% do valor captado.

Foram realizadas 253 doações desde 29 de outubro, que totalizaram R$ 21.626 destinados aos 12 finalistas desta edição. A campanha Brasil sem Fome, capitaneada pela ONG Banco de Alimentos, finalista na categoria Emergência Sanitária, recebeu R$ 6.660 em doações.

Em segundo lugar, ficou a iniciativa Quintais Agroecológicos, do Instituto Novo Sertão, que arrecadou R$ 2.775, como um dos concorrentes na categoria Soluções Comunitárias.

O Coletivo Arquitetos Voluntários, finalista em Emergência Sanitária, ficou em terceiro lugar em doações, com R$ 2.235 arrecadados.

Desde a primeira edição com foco na pandemia em 2020, a categoria de voto popular da premiação realizada pela Folha em parceria com a Fundação Schwab, converteu-se também em plataforma de doações como forma de apoiar as iniciativas de destaque no enfrentamento da crise da Covid-19 no país.

Os valores doados serão usados em ações para mitigar os impactos sanitários, sociais e econômicos entre os mais vulneráveis, em uma lógica de estimular a cultura de doação no Brasil. O país ocupa o 54º lugar entre 112 países no Ranking de Solidariedade da Charities Aid Foundation (CAF).

"Doações online se tornaram importantes na pandemia e continuarão sendo", diz Felipe Antunes, diretor de operações da Doare, parceria da Folha na realização da Escolha do Leitor, ao lado de Movimento Arredondar e PagSeguro PagBank.

"Sabemos do papel fundamental dos empreendedores sociais em um país em que a desigualdade social ainda é grande", afirma Ricardo Dutra, CEO do PagBank PagSeguro.

"Convidamos todos a votar, doar e compartilhar. Juntos, podemos fazer a diferença e valorizar as soluções e inovações dos finalistas", diz Beatriz Bouskela, diretora-executiva do Movimento Arredondar.

Em 29 de novembro, encerrou-se a votação popular, que teve seu ganhador anunciado na cerimônia virtual de premiação no dia 30. NoonApp - Renda e Inclusão Digital foi a vencedora com 28% dos 158.542 votos.

Após disputa equilibrada até o final da votação à meia-noite desta segunda-feira (29), a iniciativa liderada pelo casal Reinaldo e Suzana Pamponet arrancou na reta decisiva e venceu com 44.366 votos, na categoria popular do Prêmio Empreendedor Social.

Em segundo lugar ficou Fazendeiras, com 20,4% da preferência e, em terceiro, Fundos Filantrópicos contra Covid-19, com 14,5%.

Esta edição da Escolha do Leitor foi turbinada pelo apadrinhamento das causas finalistas por um time de peso de influenciadores, que somam 140 milhões de seguidores em seus perfis no Instagram.

Durante o mês de novembro, vídeos e posts de engajamento sobre os 12 finalistas desta edição ocuparam as redes socais de personalidades como Ivete Sangalo, Taís Araújo, Luciano Huck, Drauzio Varella. ​Ingrid Guimarães, Fernanda Paes Leme, Giovanna Lancellotti, Bela Gil, Sabrina Sato. Cláudia Raia, Regina Casé e Xuxa.

O Empreendedor Social 2021 premiou ainda as iniciativas de destaque na pandemia em quatro categorias: Leonardo Letelier (Fundos Filantrópicos contra Covid-19) venceu em Emergência Sanitária, enquanto Alan Almeida e Carla Cristina (Aceleradora dos Parças) foram os ganhadores na categoria Inclusão Social e Produtiva. 27

A vencedora na categoria Inovação para a Retoma foi Adriana Mallet (Telemedicina SAS Brasil), enquanto Stella Maris Monteiro (Mãe e Muito +) sagrou-se campeã em Soluções Comunitárias.

O Prêmio Empreendedor Social tem patrocínio de Gerdau, Ambev, Sesi/Senai, Coca-Cola e Vedacit e parceria estratégica de Ashoka, ESPM, Fundação Dom Cabral, Pacto Global e UOL.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.