Descrição de chapéu Coronavírus

Praia de Pipa, no Rio Grande do Norte, tem aglomeração no Carnaval

Decreto da prefeitura de Tibau do Sul proíbe festas, mas aglomerações foram registradas nas ruas do balneário

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Salvador

Um dos destinos turísticos mais badalados do país, a praia de Pipa, no Rio Grande do Norte, registrou aglomerações neste sábado (13) mesmo sem a realização de festas de Carnaval.

O balneário, distrito do município de Tibau do Sul (78 km de Natal), teve suas estreitas ruas tomadas por turistas, que aproveitaram o período carnavalesco para curtir as praias da região.

Vídeos publicados em redes sociais mostram moradores e turistas aglomerados nas ruas, a maioria deles sem usar máscara para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Aglomeração de carnaval na praia de Pipa, em Tibau do Sul (RN)
Aglomeração de carnaval na praia de Pipa, em Tibau do Sul (RN) - Reprodução

A Folha entrou em contato com a prefeitura de Tibau do Sul neste domingo (14), mas não obteve retorno. Nas redes sociais, a prefeitura informou que agentes da vigilância sanitária estão fiscalizando e orientando as equipes de restaurantes e barracas de praia para cumprir os protocolos de segurança contra a Covid-19.

As ações fazem parte da Operação Carnaval Seguro e Sem Aglomeração em Tibau do Sul, que duram até a próxima quarta-feira (17).

Um decreto municipal proibiu a realização de shows e eventos festivos na cidade. A prefeitura também instalou barreiras sanitárias principais nas entradas e saídas da praia de Pipa.

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PM-RN), que atua em parceria com as prefeituras para fazer valer as medidas restritivas, informou que tem realizado um trabalho de orientação da população e dos visitantes para evitar aglomerações.

“Em geral, fazemos apenas um trabalho de orientação. Atuamos de forma mais enérgica apenas em situações que tendem a fugir dos parâmetros de segurança e civilidade”, explica o tenente-coronel Eduardo Franco, chefe do setor de comunicação da PM-RN.

De acordo com a Polícia Militar, foram registradas neste sábado aglomerações em 16 localidades do estado, principalmente em cidades e distritos do litoral.

Em Natal, a polícia flagrou festas em casas e condomínios do bairro Redinha Nova e precisou intervir para encerrar as aglomerações.

O Rio Grande do Norte registrou até o último sábado (13) mais de 149 mil casos da Covid-19 e 3.412 mortes provocadas pela doença.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.