Descrição de chapéu Copa Libertadores

Corinthians perde para Millonarios na estreia de novo técnico

Substituto de Carille, Loss viu chance de ter segunda melhor campanha na Libertadores ruir

São Paulo

Na estreia do técnico Osmar Loss, 42, o Corinthians foi derrotado pelo Millonarios (COL) por 1 a 0 nesta quinta-feira (24) na Arena Corinthians e perdeu a chance de garantir a segunda melhor campanha da fase de grupos da Libertadores.

A equipe alvinegra ficou na liderança do Grupo G da competição sul-americana com os mesmos 10 pontos do Independiente (ARG), o segundo colocado, mas com a vantagem de ter melhor saldo de gols (6 contra 2).

Em sua primeira partida sem Fabio Carille, que acertou contrato com o Al Wehda da Arábia Saudita na última terça-feira (22), o Corinthians foi comandado pelo ex-auxiliar e até ano passado técnico do sub-20 Osmar Loss, efetivado pela diretoria minutos após a confirmação da saída do antigo treinador.

Carrilo chuta de primeira para marcar o gol da vitória do Millonarios sobre o Corinthians
Carrilo chuta de primeira para marcar o gol da vitória do Millonarios (COL) sobre o Corinthians - Andre Penner/Associated Press

O novo comandante não promoveu mudanças na equipe base que vinha atuando. Os únicos desfalques foram o goleiro Cássio e o lateral direito Fagner, ambos com a seleção brasileira que disputará a Copa do Mundo da Rússia. Seus substitutos foram Walter e Mantuan, respectivamente.

A mudança no banco não mexeu na forma do time alvinegro jogar. As linhas de marcação compactas, as boas trocas de passes e os rápidos contra-ataques, marcas registradas dos antecessores Carille e Tite, funcionaram como de costume. Uma prova de que essas características podem ser consideradas atualmente parte do DNA do clube.

O jogo começou aberto, com as duas equipes buscando o gol a todo tempo. O Millonarios precisava da vitória e torcer por um tropeço do Independiente (ARG), que enfrentava o Deportivo Lara (VEN) no outro jogo do grupo, para conseguir se classificar. O clube colombiano fez sua parte, mas os argentinos venceram os venezuelanos por 2 a 0 e ficaram com a vaga.

Logo aos cinco minutos da partida, o atacante Del Valle arriscou de longe e a bola passou bem perto do gol defendido por Walter. Em um segundo ataque, o zagueiro Rivas teve a chance, sozinho, de cabecear, mas o goleiro corintiano fez a defesa.

A resposta do Corinthians não demorou. Após boa trama entre Pedrinho e Romero, aos nove min, o paraguaio achou o volante Maycon na esquerda em condições de finalizar. O chute cruzado passou perto da trave de Fariñez.

A grande chance do primeiro tempo foi corintiana. Pedrinho fez outra grande jogada e tocou para Rodriguinho dentro da área. O meia recebeu, deu lindo drible no zagueiro, mas não conseguiu tirar a bola do goleiro, que defendeu.

A dupla do clube alvinegro deu trabalho ao adversário durante vários momentos da partida. A ausência de um centroavante, que no início da temporada era tido como um problema, dá liberdade a eles e a Jadson e Romero fazerem rápidas trocas de posição no ataque, o que dificulta a vida dos rivais.

A equipe voltou melhor ainda no segundo tempo, teve várias chances, mas não conseguiu transformar o domínio em gols. E o castigo pela ineficiência nas finalizações veio depressa.

Após Balbuena cortar tentativa de passe do ataque colombiano, a bola sobrou para Carrillo, que acertou belo chute de fora da área, no ângulo do goleiro Walter, aos 27 min. Momentos antes, Loss tirou Pedrinho, que vinha bem, para a entrada de Mateus Vital.

O Corinthians pressionou até o final e ainda teve um gol anulado aos 40 min da segunda etapa. Junior Dutra, que havia acabado de entrar, tocou para Sidcley, que cruzou para Maycon marcar. A arbitragem sinalizou que Sidcley estava impedido no momento da jogada.

As oitavas de final da Libertadores serão disputadas após a Copa do Mundo, que vai de 14 de junho a 15 de julho. O sorteio que definirá os confrontos será realizado pela Conmebol no dia 4 de junho.

O Corinthians volta a campo no domingo (27), contra o Internacional, às 16h, no Beira-Rio, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.