Descrição de chapéu Agora

Chefe de Cuca, Mancini tem início pior que o de Jardine no São Paulo

Clube ainda não confirmou a data que novo treinador assumirá equipe

Toni Assis
Agora

O São Paulo trocou o comando do futebol com o objetivo de mudar o ânimo da equipe e melhorar sua campanha no Paulista, único torneio que disputa até o início do Brasileiro, em abril. Mas, na comparação dos quatro jogos comandados por Vagner Mancini com as quatro primeiras partidas dirigidas por André Jardine no Estadual, o aproveitamento do time caiu.

Com Jardine, a equipe começou bem no Paulista, em janeiro. Foram duas vitórias sobre Mirassol e Novorizontino (4 a 1 e 3 a 0) e sete gols marcados. A interrupção veio na derrota por 2 a 0 para o Santos e, posteriormente, um revés fora dos planos diante do Guarani no Pacaembu.

 Vagner Mancini, técnico interino do São Paulo, durante atividade no CT da Barra Funda
Vagner Mancini, técnico interino do São Paulo, durante atividade no CT da Barra Funda - Eduardo Carmim/Photo Premium/Folhapress

Até a quarta rodada e com um clássico disputado, o aproveitamento de Jardine no Paulista era de 50%. Mas o que minou o trabalho do ex-treinador foi a eliminação precoce para o Talleres na pré-Libertadores.
Com a crise deflagrada e em queda livre, Jardine acabou demitido, deixando o clube com um aproveitamento de 33,3%.

O São Paulo, então, contratou Cuca. Como ele se recupera de um problema de saúde, quem assumiu interinamente foi o coordenador Vagner Mancini, com o respaldo do futuro comandante.
O clube não confirmou quando Cuca assumirá o comando da equipe. Isso deve acontecer antes do início do Brasileiro, que será em abril.

O batismo aconteceu na sétima rodada com derrota por 2 a 1 para o Corinthians, em Itaquera. Depois, vieram o empate sem gols no Morumbi, diante do Red Bull, e a vitória fora de casa sobre o Bragantino por 2 a 0.

A chance de embalar e igualar Jardine com duas vitórias seguidas veio contra a Ferroviária, sábado. Mesmo atuando como mandante, no Pacaembu, o São Paulo ficou no 1 a 1 _aproveitamento de 41,6% sob Mancini.

O interino mudou o esquema da equipe de 4-4-2 para 3-5-2. Bruno Peres perdeu a vaga para Igor Vinicius na direita. Reinaldo se machucou e Léo entrou. Jucilei saiu e deu lugar para Luan.

Diante dessa oscilação no desempenho e com a semana livre antes do clássico com o Palmeiras, o técnico deixa no ar a possibilidade de mudar para melhorar seu desempenho.

“Vou pensar com calma e observar a melhor forma de montar o time”, afirmou Mancini.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.