Pelé está bem após cirurgia para retirar cálculo renal, diz hospital

Segundo boletim médico, procedimento foi bem-sucedido; ainda não há previsão de alta

São Paulo

Após ser liberado na noite desta sexta-feira (13) para uma cirurgia de retirada de cálculo renal, Pelé passou pelo procedimento na manhã deste sábado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O boletim médico afirma que Pelé está bem do ponto de vista clínico e que "o procedimento foi bem-sucedido e o paciente já se encontra no seu quarto". Não foi informada previsão de alta.

Aos 78 anos, o ex-jogador foi internado assim que retornou ao Brasil após uma viagem à Europa. 

Pelé desembarca no aeroporto de Guarulhos após ficar internado na França
Pelé desembarca no aeroporto de Guarulhos após ficar internado na França - Nelson Almeida/AFP

Um dia depois de receber alta do Hospital Americano de Paris, Pelé desembarcou na manhã de terça-feira (9) em São Paulo em uma cadeira de rodas e agradeceu o apoio recebido na recuperação de uma infecção urinária na capital francesa. Em seguida, foi internado no Hospital Albert Einstein, para dar sequência ao tratamento.

Na França, Pelé havia sido internado na última quarta-feira (3) após sentir febre durante um encontro com o jogador do Paris Saint-Germain Mbappé

Aos 78 anos, ele já tinha passado pelo problema anteriormente e tem o fator de risco de ser paciente de rim único, o que inspirou cuidados da equipe médica. Pelé teve um dos rins retirado ainda na década de 1970, após uma joelhada quando era jogador do Cosmos, nos Estados Unidos.

Na capital francesa, ele reagiu bem ao tratamento com antibióticos e teve a situação controlada, o que permitiu sua volta ao Brasil.

A saúde de Pelé tem sido motivo de preocupação nos últimos anos. Além das duas infecções urinárias (2014 e 2019), ele fez operações na coluna (2015) e no quadril (2012 e 2016), o que atrapalha sua mobilidade.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.