Neymar antecipa chegada à seleção e irrita técnico do PSG

Jogador deve chegar neste sábado em Teresópolis para preparação da Copa América

Diego Garcia Marcos Guedes
Teresópolis (RJ)

A CBF confirmou nesta sexta-feira (24) que Neymar deverá se apresentar à seleção brasileira antes do que estava previsto no planejamento da equipe. O atacante chegaria a Teresópolis, onde o time se prepara para a Copa América, na terça, mas antecipou sua viagem ao Brasil e é esperado que ele se apresente neste sábado ao técnico Tite.

O atacante conversou com o diretor de seleções, Edu Gaspar, e pediu para chegar antes do previsto ao local onde a equipe treina, 

Segundo a imprensa francesa, o jogador foi liberado pelo PSG do treino desta quinta (23) para viajar ao Rio de Janeiro. No entanto, o técnico Thomas Tuchel não foi avisado e reclamou.

"Neymar foi liberado pelo PSG? Não, não por mim. Não é uma decisão esportiva, então não cabe a mim decidir liberá-lo ou não", afirmou Tuchel.

Com isso, o atleta vai antecipar também a conversa com a comissão técnica da seleção brasileira. Tite o aguarda para falar sobre as atitudes recentes no PSG, como a agressão a um torcedor após derrota na final da Copa da França, contra o Rennes.

O atleta também criticou companheiros mais jovens de equipe em entrevista, fato que também será mencionado por Tite na conversa. O treinador aguarda sua chegar para falar com o atacante e definir se ele será capitão da seleção na Copa América.

Nesta sexta, o volante Allan se apresentou na Granja Comary, em Teresópolis. Além dele, estão no centro de treinamento Ederson, Casemiro, Filipe Luis, David Neres, Richarlison, Fernandinho e Gabriel Jesus.

0
Neymar com o troféu do Campeonato Francês - AFP

O goleiro Ederson, inclusive, confirmou, sem querer, Neymar como capitão da seleção brasileira na Copa América. Depois, voltou atrás e apostou que deve, sim, ser o jogador o dono da faixa. O técnico Tite, por outro lado, ainda vai conversar pessoalmente com o camisa 10 antes de oficializar a braçadeira.

"Tite já falou que ele vai ser o capitão, então ele é o capitão. É um dos mais experientes, junto com T Silva, Miranda, Fernandinho... Pode puxar isso da gente. Daniel Alves também, tem bagagem de seleção brasileira muito grande", disse Ederson nesta sexta-feira (24), em entrevista na Granja Comary, em Teresópolis, interior do Rio de Janeiro.

Questionado se Tite havia dado essa informação ao elenco nos últimos dias, o jogador voltou atrás e apostou em Neymar como capitão. "Creio que seja o Neymar. Pelos últimos amistosos, ele foi o capitão. Mas se for ou não, vai ter a mesma responsabilidade dentro de campo", afirmou Ederson.

Em sua entrevista coletiva após a convocação, na última sexta (17), Tite não quis confirmar se Neymar será o capitão e apontou que vai falar com o jogador antes de qualquer coisa.

"Entendo a pergunta. Mas vou falar com Neymar antes. Não por telefone, conversar pessoalmente. Não vou falar disso por enquanto, porque vou falar com o Neymar antes de falar com vocês", disse Tite, na ocasião.

Caso decida não dar a braçadeira a Neymar, Tite olha com bons olhos para Daniel Alves, 36. A experiência do jogador, que deve ser titular na ala direita, e também sua relação forte de amizade com o camisa 10 são vistas como importantes para não causar mal-estar por tirar a faixa do principal jogador do elenco.

O atacante virou o capitão da seleção de Tite após a Copa do Mundo da Rússia. Na competição, o técnico optou por realizar um rodízio na função. Marcelo, Miranda e Thiago Silva receberam a faixa. Daniel Alves também participaria do revezamento, mas foi cortado antes do torneio por conta de lesão no joelho esquerdo.

Confira as datas e horários dos jogos do Brasil na Copa América:

14/6 - Brasil x Bolívia, em São Paulo, às 21h30 (de Brasília)
18/6 - Brasil x Venezuela, em Salvador, às 21h30 (de Brasília)
22/6 - Peru x Brasil, em São Paulo, às 16h (de Brasília)

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.