Descrição de chapéu Copa Libertadores

Maracanã é escolhido como sede da final da Libertadores de 2020

Modelo de jogo único para definir o campeão começa neste ano, em Santiago

São Paulo

O estádio do Maracanã, que completará 70 anos na próxima temporada, será a sede da final em jogo único da Copa Libertadores de 2020. O anúncio foi feito pela Conmebol nesta quinta-feira (17), durante reunião do conselho da entidade em Assunção, no Paraguai.

O Rio de Janeiro, representado pelo governador Wilson Witzel (PSC), venceu a concorrência com 8 estádios, 5 deles brasileiros: Arena Corinthians (São Paulo), Morumbi (São Paulo), Beira-Rio (Porto Alegre), Arena do Grêmio (Porto Alegre) e Mineirão (Belo Horizonte).

O Estádio Nacional de Lima (Peru) e o Mario Kempes, em Córdoba (Argentina), também se candidataram.

Maracanã durante preparativos para receber a Copa América deste ano
Maracanã durante preparativos para receber a Copa América deste ano - Sergio Moraes - 15.jun.19/Reuters

O Estádio Nacional de Santiago, no Chile, sediará a decisão deste ano, marcada para o dia 23 de novembro.

Os brasileiros Flamengo e Grêmio disputam uma das semifinais (empataram o jogo de ida em Porto Alegre por 1 a 1), e os argentinos River Plate e Boca Juniors, a outra (o River tem vantagem de 2 a 0).

As partidas de volta serão realizadas na próxima semana.

Em fevereiro de 2018, a Conmebol anunciou que mudaria o formato da decisão do torneio, antes disputada em duas partidas, cada uma com mando de campo para um dos finalistas.

O mesmo modelo foi adotado para a Copa Sul-Americana, que também nesta quinta teve a sede da final do ano que vem anunciada. Será no estádio Mario Kempes, em Córdoba.

A decisão deste ano, entre Colón (ARG) e Independiente del Valle (EQU), no dia 9 de novembro, terá como palco a cidade de Assunção.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.