Descrição de chapéu Eventos

'Cidadão Kane' abre Mostra de Cinema Folha 100

Uma vez por mês ao longo de um ano, evento terá filmes sobre jornalismo

São Paulo

Poucas semanas depois da morte de Charles Foster Kane (Orson Welles), magnata da imprensa norte-americana, o repórter Jerry Thompson (William Alland) é incumbido pelo chefe do seu jornal de desvendar um enigma. Cabe a Thompson descobrir o significado de “rosebud”, a última palavra dita por Kane antes de morrer. 

O repórter vai então atrás de Bernstein (Everett Sloane), que havia sido secretário de Kane por toda a vida. A certa altura da conversa, eles falam sobre o peso do passar dos anos.

Dois homens em pé em meio a um mar de pilhas de jornais impressos
Orson Welles [esq.] e Joseph Cotten em cena de "Cidadão Kane" - Divulgação

“A velhice... Essa é a única doença, senhor Thompson, da qual você não espera ser curado”, diz Bernstein.  

Lançado em 1941, “Cidadão Kane” tem envelhecido muito bem. O filme dirigido por Orson Welles se aproxima das oito décadas de existência como um dos maiores clássicos da história do cinema. 

“Kane” vai abrir a Mostra de Cinema Folha 100, realizada pelo jornal em parceria com o Espaço Itaú. Com entrada gratuita, o filme será exibido no dia 18 deste mês (terça-feira), às 19h, na sala 1 do cinema da rua Augusta, em São Paulo. 

A mostra marca o início das celebrações do centenário da Folha, jornal fundado em 19 de fevereiro de 1921. Ao longo do ano, sempre no Espaço Itaú, serão apresentados alguns dos mais importantes filmes sobre jornalismo da história do cinema.  

Depois da exibição, haverá um debate sobre “Cidadão Kane” com a atriz Bete Coelho, com a cineasta e apresentadora Marina Person e com o crítico de cinema da Folha, Inácio Araújo. A mediação será de Sandro Macedo, editor do Guia Folha.

A mostra vai apresentar um filme por mês, sempre na terceira terça-feira de cada mês. Prevista para 17 de março, a próxima produção será "A Montanha dos Sete Abutres" (1952), que conta a história de um repórter inescrupuloso. Dirigido por Billy Wilder, o filme tem no papel principal Kirk Douglas, que morreu na última quarta (5), aos 103 anos. 

Os ingressos devem ser retirados com um hora de antecedência no próprio Espaço Itaú de Cinema.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.