Descrição de chapéu Cinema Oscar 2019

'Roma' e 'A Favorita' dominam indicações ao Oscar; veja lista

Cerimônia será realizada na noite de 24 de fevereiro

Cena do filme 'Roma', de Alfonso Cuarón

Cena do filme 'Roma', de Alfonso Cuarón Divulgação

Guilherme Genestreti
São Paulo

Os filmes "Roma", do mexicano Alfonso Cuarón, e "A Favorita", do grego Yorgos  Lanthimos, dominam as indicações ao Oscar, com 10 menções cada um, incluindo melhor longa-metragem. A Academia divulgou a lista na manhã desta terça (22). A cerimônia acontece em 24 de fevereiro, em Los Angeles. 

Os dois grandes indicados deste ano são filmes ambientados em cenários muito específicos e em outras épocas --um casarão abastado na capital mexicana nos anos 1970, no primeiro caso, e a corte inglesa no século 18, no segundo.

Em ambas as produções, seus diretores escrutinam os respectivos universos com uma estética muito marcada. Cuarón usa o preto e branco e se esbalda em planos sequência meticulosamente estruturados para expor a rotina da empregada doméstica Cleo (Yalitza Aparicio. Lanthimos usa lentes grandes angulares para escrutinas as intrigas de alcova entre as três protagonistas femininas.

É um feito e tanto para cineastas não americanos, que neste ano tomaram a frente e despontaram nas principais categorias. Em direção, por exemplo, apenas Spike Lee ("Infiltrado na Klan") e Adam McKay ("Vice) nasceram nos Estados Unidos; os outros três são estrangeiros. 

Entre as atrizes, a mexicana Yalitza Aparicio, de "Roma", e a britânica Olivia Colman, de "A Favorita" também conseguiram indicações e concorrerão com as americanas Glenn Close ("A Esposa"), Lady Gaga ("Nasce uma Estrela") e Melissa McCarthy ("Poderia me Perdoar?"). 

Em número de indicações, "Nasce uma Estrela" e "Vice" aparecem logo depois, cada um concorrendo a oito estatuetas. 

O primeiro, remake musical dirigido por Bradley Cooper, havia largado com fôlego ao estrear, no Festival de Veneza, mas foi murchando na temporada de premiações, especialmente após o  Globo de Ouro. No Oscar, o longa não conseguiu descolar indicação na categoria de direção, uma das grandes esnobadas do ano. 

Já "Vice" é uma sátira política que dividiu a crítica por seu retrato ferino da gestão de George W. Bush e, especialmente, da figura do ex-vice Dick Cheney, interpretado debaixo de quilos de maquiagem por Christian Bale. O ator é favorito a levar a estatueta.

Essa já é uma edição curiosa do Oscar. Trata-se da primeira vez que a gigante do streaming Netflix descola uma indicação a melhor filme, graças a "Roma". O fato de alguma forma dá o status que faltava ao serviço de vídeo sob demanda e o coloca em pé de igualdade com os estúdios tradicionais. 

Outro feito inédito da edição se deve à indicação de "Pantera Negra" a sete estatuetas, incluindo a de melhor filme. É a primeira vez que um filme de super-herói consegue esse feito. 

O tema do racismo, aliás, está presente nos dois filmes que fecham a lista de oito indicados ao Oscar: "Infiltrado na Klan" e "Green Book". Ambos, contudo, não podiam ser diferentes.

 
O primeiro vem da lavra de Spike Lee, uma das grandes vozes negras do cinema americano, que conta uma história verdadeira envolvendo a organização racista Ku Klux Klan para apontar o dedo contra o presidente Donald Trump. Já o outro, dirigido por Peter Farrelly, cineasta branco outrora conhecido por besteiróis politicamente incorretos, opta por uma via mais conciliatória ao falar da amizade entre um brucutu ítalo-americano (Viggo Mortensen) e um músico afro-americano (Mahershala Ali). 
 

 

Veja a lista de indicados

Melhor filme
“Bohemian Rhapsody”
“A Favorita”
“Green Book: O Guia”
“Infiltrado na Klan”
“Nasce uma Estrela”
“Pantera Negra”
“Roma”
“Vice”

Melhor direção
Yorgos Lanthimos, “A Favorita”
Spike Lee, “Infiltrado na Klan”
Pawel Pawlikowski, “Guerra Fria”
Alfonso Cuarón, “Roma”
Adam Mckay, “Vice”

Melhor atriz
Glenn Close, “A Esposa”
Lady Gaga, “Nasce uma Estrela”
Yalitza Aparicio, “Roma”
Olivia Colman, “A Favorita”
Melissa McCarthy, “Poderia Me Perdoar?”

Melhor ator
Rami Malek, “Bohemian Rhapsody”
Viggo Mortensen, “Green Book: O Guia”
Bradley Cooper, “Nasce uma Estrela”
Christian Bale, “Vice”
​Willem Dafoe, “No Portal da Eternidade”

Melhor atriz coadjuvante
Regina King, “Se a Rua Beale Falasse”
Amy Adams, “Vice”
Emma Stone, “A Favorita”
Rachel Weisz, “A Favorita”
Marina de Tavira, “Roma”

Melhor ator coadjuvante
Mahershala Ali, “Green Book”
Richard E. Grant, “Poderia Me Perdoar?”
Sam Elliot, “Nasce uma Estrela”
Adam Driver, “Infiltrado na Klan”
Samwell Rockwell, “Vice”

Melhor filme estrangeiro
“Roma”, de Alfonso Cuarón (México)
“Guerra Fria”, de Pawel Pawlikowski (Polônia)
“Assunto de Família”, de Hirokazu Kore-Eda (Japão)
“Cafarnaum”, de Nadine Labaki (Líbano)
“Never Look Away”, de Florian Henckel von Donnersmarck (Alemanha)

​​Melhor animação
“Os Incríveis 2”
“Homem-Aranha no Aranhaverso”
“Mirai”
“Ilha dos Cachorros”
“WiFi Ralph: Quebrando a Internet”

Melhor documentário
“Free Solo", de Jimmy Chin e Elizabeth Chai Vasarhelyi
“Hale County This Morning, This Evening", de  RaMell Ross
“Minding the Gap", de Bing Liu
“Of Fathers and Sons", de Talal Derki
“RBG", de Betsy West e  Julie Cohen

Melhor roteiro original
“A Favorita”
“Green Book: O Guia”
“Roma”
“Vice”
“First Reformed”

Melhor roteiro adaptado
“Infiltrado na Klan”
“Nasce uma Estrela”
“Poderia Me Perdoar?”
“Se a Rua Beale Falasse”
“A Balada de Buster Scruggs”

Melhor direção de fotografia
“Roma”
“Never Look Away”
“A Favorita”
“Nasce uma Estrela”
“Guerra Fria”

Melhor direção de arte
“A Favorita”
“Pantera Negra”
“O Retorno de Mary Poppins”
“O Primeiro Homem”
“Roma”

Melhor montagem
“Bohemian Rhapsody”
“Green Book” 
“A Favorita” 
“Vice” 
“Infiltrado na Klan”

Melhor trilha sonora
“Se a Rua Beale Falasse”
“Pantera Negra”
“O Retorno de Mary Poppins”
“Ilha dos Cachorros”
“Infiltrado na Klan”

Melhor canção original
“All The Stars”, de “Pantera Negra"
“I’ll Fight”, de “RBG”
“The Place Where Lost Things Go”, de “O Retorno de Mary Poppins”
“Shallow”, de “Nasce uma Estrela”
"When A Cowboy Trades His Spurs For Wings”, de  “A Balada de Buster Scruggs"

Melhor edição de som
“O Primeiro Homem”
“Pantera Negra”
“Um Lugar Silencioso”
“Bohemian Rhapsody”
“Roma”

Melhor mixagem de som
“O Primeiro Homem”
“Pantera Negra”
“Nasce uma Estrela”
“Bohemian Rhapsody”
“Roma”​

Melhor figurino
“A Favorita”
“Pantera Negra”
“O Retorno de Mary Poppins”
“Duas Rainhas”
“A Balada de Buster Scruggs”

Melhor maquiagem e penteado
"Border"
"Duas Rainhas"
"Vice"

Melhores efeitos visuais
“O Primeiro Homem”
“Vingadores: Guerra Infinita”
“Jogador Nº 1”
“Christopher Robbin: Um Reencontro Inesquecível”
“Han Solo: Uma História Star Wars”

Melhor curta-metragem
“Detainment", de Vincent Lambe
“Fauve", de Jeremy Comte
“Marguerite", de Marianne Farley
“Mother", de Rodrigo Sorogoyen
“Skin", de Guy Nattiv

Melhor curta documental
“Black Sheep", de Ed Perkins
“End Game", de Rob Epstein e Jeffrey Friedman
“Lifeboat", de Skye Fitzgerald
“A Night at the Garden", de Marshall Curry
“Period. End of Sentence.", de Rayka Zehtabchi

Melhor curta de animação
"Animal Behaviour", de Alison Snowden e David Fine
“Bao", de Domee Shi
“Late Afternoon", de Louise Bagnall
“One Small Step", de Andrew Chesworth, Bobby Pontillas
“Weekends", de Trevor Jimenez

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.