Veja a primeira tirinha do cão Bidu, de Mauricio de Sousa, publicada há 60 anos

A história do cartunista saiu nas páginas da Folha da Tarde, em 1959, antes da criação da Turma da Mônica

São Paulo

No dia 18 de julho de 1959, Bidu, o cachorrinho azul criado por Mauricio de Sousa, apareceu pela primeira vez, nas páginas da Folha da Tarde. Criador da Turma da Mônica, o cartunista começou contando histórias de Bidu e Franjinha e só depois surgiu o famoso quarteto do Bairro do Limoeiro. 

Quando a charge saiu, há 60 anos, Mauricio ainda era repórter policial. Depois, as tirinhas começaram a ter tal aceitação que ele largou a reportagem e se dedicou somente às histórias em quadrinhos.

As primeiras tirinhas do Bidu, personagem de Mauricio de Sousa; à esquerda, primeira aparição do personagem Bidu, o cachorrinho azul criado por Mauricio de Sousa, que apareceu pela primeira vez em 1959 - REPRODUÇÃO

De lá para cá, houve mudanças. Bidu nem sempre foi parecido com o cachorro de hoje. Franjinha também mudou e Cebolinha ainda estava esperando a hora de vir ao mundo.

Mauricio criou a primeira mais famosa série de histórias em quadrinhos do Brasil e seus mais conhecidos personagens. Hoje, suas criações já foram reproduzidas em 130 países e traduzida para 60 idiomas. Neste ano, a Turma da Mônica ganhou a sua primeira versão em carne e osso nos cinemas.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.