Descrição de chapéu Cinema

Oscar 2021 perde mais de 13 milhões de espectadores na pior audiência da história

Edição marcada pela Covid-19 atraiu atenção de 9,85 milhões de pessoas na primeira vez que o índice ficou abaixo de 20 milhões

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A noite que consagrou Chloé Zhao e seu "Nomadland" também entra para a história da cerimônia de premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas por um recorde negativo.

A 93ª edição do Oscar registrou, segundo dados da Nielsen, a pior audiência televisiva de sua história. E por uma longa margem.

​Foram registrados 9,85 milhões de espectadores, o que representa uma queda de cerca de 58% em relação ao Oscar 2020 em 9 de fevereiro do ano passado, que contou com audiência de cerca de 23,6 milhões de pessoas.

Os dados da Nielsen confirmaram assim a expectativa de baixa audiência da cerimônia. ​A principal premiação do cinema mundial vem registrando queda no interesse do público nos últimos anos. Em 2018, o Oscar teve o recorde negativo de audiência com 26,5 milhões de espectadores.

A edição de 2021 foi marcada pela pandemia, que mudou a cerimônia, inclusive sua data e endereço. O Oscar 2021 foi atrasado por dois meses e teve como sede o terminal de trens Union Station, em Los Angeles.

A Covid-19 marcou os últimos meses do setor cinematográfico, com o adiamento de estreias, interrupção de gravações e fechamento de salas. Nesse novo cenário, filmes exibidos somente no streaming ficaram elegíveis para a 93ª edição do Oscar.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.