Debate sobre os 30 anos da Constituição e mais 6 dicas culturais

Veja as indicações da Ilustríssima para a próxima semana

[DEBATE] 30 anos da Constituição

Cebrap. (11) 5574-0399. Seg. (13), às 11h. Grátis.

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, e o cientista político Fernando Limongi, professor do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, participam de um debate sobre instituições e crise política no aniversário de 30 anos da Constituição. O encontro terá a mediação de Uirá Machado, editor da Ilustríssima.

Pintura de Adriana Maciel em exposição na Galeria Flávio de Carvalho - Funarte
Pintura de Adriana Maciel em exposição na Galeria Flávio de Carvalho/Funarte - Divulgação

[EXPOSIÇÃO] Adriana Maciel

Galeria Flávio de Carvalho. (11) 3662-5177. Seg. a sex., das 13h às 18h; sáb. e dom., das 15h às 20h. De 12/8 a 24/9. Grátis.

A artista mineira expõe uma síntese de sua obra realizada nos últimos dez anos na mostra “Locus”. Foram selecionados para a exposição 13 telas, 10 objetos pictóricos (das séries “Núcleos” e “Rotor”, construídas em madeira) e mais duas instalações: “Trajetória” e “Órbitas”. Após o término da temporada em São Paulo, o conjunto será apresentado em Fortaleza.

[WORKSHOP] História Econômica 

Insper. (11) 4504-2400. Qui. (16), a partir de 8h45; sex. (17), a partir de 8h30. Grátis (inscrições pelo e-mail workshophist@gmail.com).


A quinta edição do evento, voltado para alunos de pós-graduação e pós-graduados, traz pesquisadores que trabalham em instituições do Brasil, dos Estados Unidos e da Europa para apresentarem seus estudos. Entre os participantes estão os professores Leonardo Monasterio (Ipea), Anna Faria (Universidade do Colorado, EUA), Thomas Fujiwara (Universidade de Princeton, EUA) e Christopher Absell (Universidade Carlos III, Espanha).

[CINEMA] Yukio Mishima

Cinemateca Brasileira. (11) 3512-6111. Até 18/8. Grátis.

O evento “Redescobrindo Yukio Mishima - Cinema, Literatura e Performance”, na Cinemateca Brasileira, exibe filmes inspirados na obra do autor japonês ou nos quais ele tenha atuado, como “O Homem do Vento Cortante” e “O Templo do Pavilhão Dourado”. No encerramento (dia 18, às 20h), o especialista Makiko Kitani, professor da Universidade Doshida, no Japão, fará a palestra “Yukio Mishima - Às Vésperas dos 50 Anos de Sua Morte”.

[MÚSICA] Quarteto Carlos Gomes

Tupi or Not Tupi. (11) 3813-7404. Dom. (19), às 20h. R$ 60.

O grupo de cordas vencedor do prêmio Bravo de Melhor CD de Música Erudita de 2018 faz apresentação única na casa de shows da Vila Madalena. O concerto é parte da programação da série Tupinambach, voltada para música clássica. Entre as obras tocadas pelos músicos Claudio Cruz, Adonhiran Reis, Gabriel Marin e Alceu Reis devem estar composições de Antônio Carlos Gomes (1836-1896) e Glauco Velásquez (1884-1914).

A filósofa americana Judith Butler durante evento em São Paulo, em 2015
A filósofa americana Judith Butler durante evento em São Paulo, em 2015 - Moacyr Lopes Junior - 9.set.2015/Folhapress

[LIVRO] Judith Butler

Editora Civilização Brasileira. 266 págs. R$ 52,90.

Em “Corpos em Aliança e a Política nas Ruas”, a filósofa americana parte das recentes manifestações em locais públicos, como a Primavera Árabe e os protestos de junho de 2013 no Brasil, para analisar a reunião de grupos de pessoas que reivindicam mudanças como motor para transformações e medo. A busca por uma boa vida em um mundo desigual, um dos principais temas da obra de Adorno, também é tratada pela autora.

[LITERATURA] Mulheres que Escrevem

Sesc Avenida Paulista. (11) 3170-0800. Qui. (16), às 19h. Grátis.

Início da série de encontros mensais com leitura e debate sobre mulheres escritoras de diferentes períodos e lugares. A obra escolhida para a primeira sessão é “Defesa dos Direitos da Mulher”, da inglesa Mary Wollstonecraft (1759-1797). Publicado no ano de 1792, o trabalho é uma reflexão sobre o papel feminino na sociedade. A discussão será mediada pelas historiadoras Romilda Motta e Ivania P. Motta.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.