Jornal britânico Financial Times atinge marca de 1 milhão de assinantes

Pagantes de conteúdo digital são responsáveis por mais de três quartos da circulação

Londres | Reuters

O jornal Financial Times atingiu a marca de 1 milhão de assinantes, divulgou a publicação britânica nesta segunda-feira (1º). 

Os pagantes de conteúdo digital (650 mil) são responsáveis por mais de três quartos da circulação. A edição impressa se mantém lucrativa, informou a empresa.

O jornal foi um dos primeiros a introduzir o paywall (cobrança por acesso de conteúdo digital), em 2002, numa tendência que desafiava o modelo de negócios da mídia impressa.

O New York Times adotou a cobrança em 2011 e em novembro informou que tinha mais de 3 milhões pagantes digitais e mais de 4 milhões de assinantes no total, incluindo o impresso.

"Provamos que o jornalismo de qualidade pode ser um negócio de crescimento e qualidade. Mostramos também o valor duradouro de reportagens e análises independentes e confiáveis", disse o presidente-executivo da FT, John Ridding, em um comunicado.

As receitas e os lucros estão em alta desde que a publicação londrina foi adquirida da Pearson pela japonesa Nikkei, em 2015.

O lucro operacional do FT foi de £ 25 milhões (R$ 127 milhões) em 2018, e a receita operacional, de £ 383 milhões (R$ 1,94 bilhão).

000
Segundo a empresa, a edição impressa do Financial Times se mantem lucrativa - Shannon Stapleton/Reuters


 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.