Dólares que chegam da Ásia ficam em quarentena nos EUA para limitar risco do coronavírus

Período pode durar até 60 dias; medida está em vigor desde 21 de fevereiro

Washington | AFP

As notas de dólar que voltam aos Estados Unidos após terem sido usadas na Ásia estão em quarentena para limitar os riscos de propagação do novo coronavírus, disse uma fonte do Federal Reserve (Fed, banco central americano) nesta sexta-feira (6).

Essas notas permanecem bloqueadas por um período mínimo de sete a dez dias, em vez de cinco dias como antes. A quarentena do dinheiro pode durar até 60 dias, disse a fonte, que confirmou informações da mídia americana.

Período de quarentena pode durar até 60 dias; medida está em vigor desde 21 de fevereiro - Gabriel Cabral/Folhapress

"Como precaução, os procedimentos para lidar com as notas foram modificados" para aqueles que chegam da Ásia, disse a fonte.

A medida está em vigor desde 21 de fevereiro e, no momento, diz respeito apenas às notas que chegam da Ásia.

O Banco Central da Coreia do Sul também anunciou uma quarentena de papel-moeda na sexta, informou o Wall Street Journal.

Na China, o Banco Central desinfeta e coloca em quarentena por até 14 dias as notas antes que elas voltem a circular.

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.