Descrição de chapéu Coronavírus

Governo do DF vai ao STF por teletrabalho para servidores federais

Medida serviria para isolar as pessoas e conter a propagação do novo coronavírus

Brasília

O governo do Distrito Federal ingressou com ação no STF (Supremo Tribunal Federal) para que a União permita o teletrabalho para servidores federais que atuem na capital do país.

O governador Ibaneis Rocha (MDB) editou decreto permitindo o trabalho em "home office" para servidores do estado, excetuando-se aqueles considerados função essencial. O objetivo da ação é obrigar a União a fazer o mesmo com os servidores federais.

De acordo com o governo estadual, a falta de medida similar do Executivo federal compromete os esforços locais para isolar as pessoas e conter a propagação do novo coronavírus. ​

"A partir de experiências vivenciadas por outras nações, não restam dúvidas de que somente com medidas de restrição do trânsito de pessoas nos logradouros e edificações do Distrito Federal, o chamado isolamento social, será possível minimizar os efeitos da pandemia e preservar centenas de vidas, ensejando, o quanto antes, o retorno das cidades à situação normal de funcionamento", afirma o documento protocolado nesta segunda-feira (23).

A peça pede que sejam postos em teletrabalho ou dispensa dos funcionários da administração pública direta, indireta, autárquica, fundacional, empresas públicas e mistas, incluindo o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.