Folha publica série de artigos de ex-ministros da Fazenda

Joaquim Levy é o autor do segundo, após Guido Mantega; na sequência virão Nelson Barbosa, Henrique Meirelles e Eduardo Guardia

A Folha deu início neste domingo (27) à publicação de uma série de artigos de ex-ministros da Fazenda na década 2011-2020. São eles Guido Mantega (2006-2014), Joaquim Levy (2015), Nelson Barbosa (2015-2016), Henrique Meirelles (2016-2018) e Eduardo Guardia (2018).

O primeiro artigo foi assinado pelo ex-ministro Guido Mantega, que comandou a pasta de 27 de março de 2006 a 31 de dezembro de 2014, nos governo Lula e Dilma Rousseff. Também foi ministro do Planejamento e presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

​Mantega foi substituído por Joaquim Levy, autor do artigo desta segunda-feira (28).Levy, que assumiu em janeiro de 2015, no início do segundo mandato de Dilma, também foi secretário do Tesouro Nacional (2003 a 2006) no primeiro mandato de Lula.

Levy foi sucedido por Nelson Barbosa.

Depois de 20 anos com apenas três ministros no comando da economia (de 1995 a 2014), o país teria quatro ocupantes no cargo nos quatro anos seguintes, período marcado por piora nos indicadores econômicos e crises políticas.

Em 2019, na gestão do presidente Jair Bolsonaro, a Fazenda seria incorporada ao novo Ministério da Economia, comandado pelo ministro Paulo Guedes.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.