Descrição de chapéu Brexit

Em meio a votações do brexit, veja tradições curiosas do Parlamento britânico

Oração, corrida por assentos e proibição de aplausos marcam a rotina da Casa

São Paulo

Enquanto o brexit se estende por votações cada vez mais complexas, o funcionamento do Parlamento britânico, um dos mais antigos do mundo, chama a atenção de quem tenta acompanhar suas longas sessões de debates.

parlamento britânico lotado, no meio, parlamentares aguardam em pé
Parlamentares aguardam o resultado da votação desta terça-feira (3); muitos participam das sessões em pé, já que faltam 223 lugares - AFP

A superlotação da sala e os discursos aparentemente agressivos para os recatados britânicos são algumas das peculiaridades do Legislativo que há mais de um ano tenta definir os termos da saída do Reino Unido da União Europeia.

Veja outras curiosidades:

 
Oração
A câmara só inicia seus trabalhos após um clérigo da Igreja Anglicana fazer uma oração, prática que, acredita-se, começou por volta de 1558.

Quem chegar por último
Apesar dos 650 membros, a Casa tem 427 lugares. O número foi uma escolha do então premiê Winston Churchill, que durante a reforma pós-guerra pediu por um lugar “mais intimista”. Se um parlamentar não quiser passar o dia em pé, ele deve comparecer às 8h e colocar um cartão com seu nome no lugar desejado, além de acompanhar o início da sessão incluindo a oração.

Sobe e desce
Em debate, os parlamentares devem ser notados e chamados pelo presidente. Os membros apenas podem falar do lugar onde estavam quando foram chamados. Se ocuparem a primeira fileira, não devem invadir o espaço entre duas linhas vermelhas demarcadas no chão da Casa (que, conta a tradição, estão distanciadas pelo comprimento de duas espadas).

Proibido bater palmas
Apesar de debates tumultuados serem marca do Parlamento britânico, a tradição pede que os membros se abstenham de bater palma.

O presidente da Casa
Ao ser eleito um novo presidente para a Câmara dos Comuns, ele deve ser levado pelos braços por outros deputados até sua cadeira. A função do presidente não é tomar lado ou escolher as pautas, mas organizar o debate.

Direita e esquerda 
A Câmara dos Comuns é dividida em duas bancadas, uma de frente para a outra. Os governistas sentam-se à direita do presidente da Casa e, à esquerda, fica a oposição. Um deputado pode decidir passar para o lado oposto sem trâmite burocrático.

Cores das casas
O verde é a cor principal do mobiliário e dos tecidos da Câmara dos Comuns pelo menos desde 1663. Já na Câmara dos Lordes, composta por nobres, o vermelho é a cor predominante por sua associação à realeza.


Entenda a votação desta terça (3)

O que foi aprovado? 
A medida dá ao Parlamento o poder de definir a pauta de votação —uma prerrogativa do Executivo. Isso permite que os Parlamentares votem já nesta quarta (4) projeto de lei sobre o brexit sem acordo

O que diz o projeto de lei que deve ser votado? 
O texto obrigaria o premiê a pedir à UE uma extensão do prazo do brexit caso não haja um acordo até 31.out

Por que votar essa proposta? 
A oposição e os parlamentares rebeldes (do partido do governo, mas que votaram contra ele) querem evitar um brexit sem regras que regulem as consequências da saída, principalmente as comerciais

Haverá novas eleições? 
Boris disse que sim, se os parlamentares insistirem na legislação. No entanto, ele precisaria do apoio de dois terços dos legisladores

Com Daniel Avelar, do blog Mundialíssimo

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.