Descrição de chapéu Deutsche Welle Alalaô

Bolsonaro é tema de carro alegórico na Alemanha

No Carnaval de Colônia, boneco do presidente segura fósforo diante de passistas e árvores carbonizadas

DW

Neste ano, Jair Bolsonaro é uma das estrelas dos festejos carnavalescos de Colônia.

Entre as atrações no tradicional desfile da próxima segunda-feira (24), ponto alto do Carnaval da cidade no oeste da Alemanha, está um carro alegórico com um boneco do presidente brasileiro, segurando a bandeira brasileira atada a um palito de fósforo tamanho família e exibindo um largo sorriso, diante de árvores carbonizadas e sambistas seminuas e chamuscadas.

"Esse é meu carro preferido", derrete-se Holger Kirsch, diretor do desfile, em entrevista ao jornal local Kölner Stadt-Anzeiger.

A alegoria, crítica bem-humorada às queimadas na Amazônia, deve produzir fumaça literalmente. "Nós trabalhamos com verdadeiras sacas de café e ainda instalamos um sistema de tubulação para que fumegue bastante", acrescentou.

Carro alegórico do Carnaval de Colônia mostra boneco de Jair Bolsonaro segurando palito de fósforo, em uma crítica às queimadas na Amazônia
Carro alegórico do Carnaval de Colônia mostra boneco de Jair Bolsonaro segurando palito de fósforo, em uma crítica às queimadas na Amazônia - Wolfgang Rattay/Reuters

A sátira política sempre foi um dos pratos principais dos desfiles carnavalescos alemães, em cidades como Colônia, Mainz ou Düsseldorf.

"Nosso mundo está mais político do que nunca –então, nossos carros alegóricos também o são", afirmou Kirsch ao jornal Bild.

O tabloide informa que os 26 carros alegóricos do desfile deste ano em Colônia trazem, ao todo, representações de 14 políticos.

Diferentemente do que ocorre nos sambódromos de Rio e São Paulo, as atrações carnavalescas alemãs não são segredos revelados somente na hora do desfile. As alegorias de Colônia foram apresentadas nesta semana a membros da imprensa.

O presidente russo, Vladimir Putin, seu colega chinês, Xi Jinping, o premiê britânico, Boris Johnson, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente dos EUA, Donald Trump também são atrações em 2020.

As figuras da política alemã, logicamente, também não podem faltar. Uma das alegorias exibe a chanceler federal alemã, Angela Merkel, junto à sua colega da União Democrata Cristã (CDU), Annegrett Kramp-Karrenbauer, que comunicou recentemente sua renúncia como chefe do partido.

Outro carro mostra uma múmia representando o Partido Social-Democrata (SPD), que tenta ressuscitar dos mortos. A legenda, que integra a coalizão de governo alemão, enfrenta há anos forte tendência de queda nas pesquisas de intenção de voto.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.