Descrição de chapéu Coronavírus

Contra coronavírus, consulados dos EUA cancelam entrevistas de visto no Brasil

Medida passa a valer a partir desta terça (17); quem já pagou taxa tem um ano para reagendar

São Paulo

A embaixada dos Estados Unidos em Brasília anunciou nesta segunda-feira (16) que vai cancelar todas as entrevistas de visto no Brasil.

A medida, que passa a valer a partir desta terça (17), inclui ainda todos os consulados no país (Porto Alegre, Recife, São Paulo e Rio de Janeiro). Não há data para que as entrevistas voltem a ser realizadas.

Fila no consulado dos EUA em São Paulo
Fila no consulado dos EUA em São Paulo - Eduardo Anizelli - 4.ago.14/Folhapress

O objetivo da ação é tentar conter a disseminação de coronavírus. Diariamente, centenas de pessoas vão às representações diplomáticas dos Estados Unidos para participar das entrevistas, última etapa para conseguir a autorização para entrar em território americano.

Sem as entrevistas não é possível conseguir o visto. Segundo o comunicado, quem já pagou a taxa para fazer essa etapa terá até um ano para reagendar o procedimento.

Quem tiver um assunto urgente para tratar no país e precisar do visto, deve entrar em contato com o Departamento de Estado dos EUA para requisitar um procedimento de emergência.

Até esta segunda, os Estados Unidos já tem mais de 4.000 casos de coronavírus confirmados e ao menos 74 mortes.

O presidente Donald Trump minimizou a doença no início e disse que a gripe comum era mais letal do que o coronavírus. Também quis tachar a doença como estrangeira.

No entanto, mudou de posição de forma abrupta. Na semana passada, vetou a entrada de viajantes vindos da Europa e declarou emergência nacional na sexta (13).

No sábado, ele incluiu o Reino Unido e a Irlanda na lista de países com restrições e tentou acalmar a população: pediu que as pessoas relaxassem e não corressem para estocar comida.

Trump é acusado também de ter desmontado aparatos de emergência, desacreditado cientistas que trabalhavam para o governo e motivado, assim, uma fuga de cérebros –o que dificulta a contenção da crise.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.