Descrição de chapéu Coreia do Norte

Coreia do Norte leva ajuda humanitária a cidade em quarentena, diz governo

Kaesong enfrenta 'lockdown' após retorno de desertor com sintomas de Covid-19

Seul | Reuters

O governo da Coreia do Norte entregou pacotes de alimentos e equipamentos médicos para residentes de Kaesong, perto da fronteira com a Coreia do Sul, depois de impor um bloqueio na cidade devido à preocupação com a disseminação do coronavírus, informou a mídia estatal neste domingo (9).

O ditador norte-coreano, Kim Jong-un, declarou emergência e impôs quarentena na pequena cidade fronteiriça no mês passado, após um jovem, que desertou para a Coreia do Sul em 2017, cruzar a fronteira e voltar para Kaesong apresentando sintomas de Covid-19.

Pyongyang não confirmou nenhuma infecção por coronavírus no país, enquanto fornece alimentos, kits de teste e outros equipamentos médicos para Kaesong. A televisão estatal mostrou no domingo um trem chegando à estação da cidade e caminhões entregando suprimentos aos residentes.

A cidade de Kaesong, na fronteira entre as Coreias - Lee Jae-Won -25.set.2013/Reuters

Separadamente, centenas de pessoas com máscaras e sentadas distantes umas das outras se reuniram em um auditório do partido para agradecer às autoridades pelo auxílio, com algumas desatando a chorar, mostrou a filmagem.

A KCNA, agência de notícias oficial, disse que os carregamentos chegaram na sexta-feira (7), para ajudar os residentes a lidar com o "lockdown", que "pode ​​levar a um desastre mortal e destrutivo".

A Coreia do Norte não confirmou formalmente que o homem que voltou ao país recebeu diagnóstico de coronavírus. Autoridades de Seul disseram que o rapaz de 24 anos retornou para o Norte após enfrentar uma investigação de agressão sexual no Sul.

Autoridades de saúde sul-coreanas afirmaram que não havia sinal de que ele estava infectado antes de cruzar a fronteira, e pelo menos duas pessoas que estavam em contato com ele tiveram resultado negativo. A Coreia do Sul confirmou 14.598 casos e 305 mortes por Covid-19 até este domingo.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.