A nova política vai ficando igual à nova política, afirma leitora

Número 2 da Secom é acusado de fraude e crime tributário por órgão do governo

Secom

A nova política, tirando os xingamentos e as mentiras, vai ficando igual à nova política ("Órgão do governo acusa número 2 da Secom de fraude e crime tributário").

Paula Cunha Canto de Miranda (Brasília, DF)

 
O chefe da Secom, Fabio Wajngarten, e o presidente Jair Bolsonaro - Ueslei Marcelino - 19.nov.19/Reuters

Se é o próprio órgão do governo que acusa, por que não demitir? Qual a prova irrefutável de que o senhor presidente necessita? Onde está a austeridade do palanque?

Eduardo Salgado Lopes (Rio de Janeiro, RJ)


Davos

Obrigada, investidores. Graças a vocês teremos finalmente uma ação do governo contra o desmatamento ("Investidor estrangeiro vê Brasil como mau exemplo no meio ambiente, diz em Davos presidente do Itaú").

Maria Fernanda Monzo Luporini (Guará, DF)

0
Candido Bracher, presidente do Itaú Unibanco - Adriano Vizoni - 15.mar.18/Folhapress

Não é falha de comunicação. É falta de administração responsável mesmo. E os juros só caíram por conta da baixa atividade econômica.

Carlos Simaozinho (Brasília, DF)


Regina Duarte

O desgoverno Bolsonaro é uma mistura de tragédia com comédia. Passaram a vida inteira atacando os artistas "comunistas" beneficiados pela Lei Rouanet e gritaram "a mamata acabou". E agora se calam diante da revelação sobre a rainha da sucata ("Contas recusadas de Regina Duarte na Lei Rouanet totalizam R$ 319 mil").

Henrique Cavalleiro (Brasília, DF)

A atriz Regina Duarte chega a Brasília para encontrar com o presidente Jair Bolsonaro - Jorge William - 22.jan.20/Agência O Globo

A Folha tem um ranking dos artistas que tiveram contas com irregularidades na Lei Rouanet? E uma lista também dos que tiveram seus projetos aprovados? Vamos ser democráticos, por favor.

José Augusto Bernabé (São Paulo, SP)

O "sorriso iluminado" e os "cacoetes dramáticos" de Regina Duarte "podem ser úteis no objetivo de fazer o governo parecer mais normal e bonito do que é", escreve Maurício Stycer. Conclusão: o governo é normal e bonito. Só precisa parecer "mais" do que é.

Agostinho José Soares (Paraisópolis, MG)


Educação

Virou brincadeira e brincar com o futuro de milhões de estudantes é, no mínimo, irresponsável ("MPF pede à Justiça suspensão do Sisu, Fies e Prouni por erros no Enem"). Pegue o guarda-chuva, senhor ministro, e vá dançar noutra freguesia.

Ivandete Gomes Oliveira (São Raimundo Nonato, PI)

Estamos voltando à Idade Média. A teoria da evolução é tão clara e simples de entender como a Terra ser redonda ("Novo presidente da Capes defende criacionismo em 'contraponto à teoria da evolução'"). Qualquer um que estude um pouco de biologia não tem como refutar. Quem coloca esse tipo de pessoa como líder na área de educação de um país sabe muito bem aonde quer chegar e o que quer de resultado.

Ranulfo Felix Junior (Piracicaba, SP)

É o fim de qualquer tentativa de levar a ciência a sério. O lobby das universidades privadas e evangélicas está acabando com o ensino neste país.

Camilo de Mello (São Paulo, SP)


Tecnologia

Sobre "Educar com tecnologia?", de Claudia Costin, a questão não é se os professores serão substituídos por robôs, mas quando isso acontecerá. A educação será profundamente transformada por conta da tecnologia, e o papel do professor será revisto em várias especialidades, desde autores, prolatores e orientadores até cientistas de dados pedagógicos e desenvolvedores e treinadores de robôs. Haverá menos professores no formato atual, mas inúmeras outras oportunidades em função da vocação e da habilidade de cada um.

Maurício Garcia, cientista digital em educação (São Paulo, SP)


Gugu

Mais do que justo ("Justiça determina que viúva de Gugu receba pensão de R$ 100 mil por mês"). Triste saber que foi necessária a intervenção da Justiça para ela ter direito à pensão.

Jane Medeiros (Rio de Janeiro, RJ)

0
Rose Miriam Souza di Matteo - Bruno B. Soraggi - 19.dez.19/Folhapress

Ela não recebia porque não era vontade de Gugu. Essa decisão está errada.

João Victor Torquato Peixoto (Natal, RN)


Colunistas

No texto "Acima de quê?", Contardo Calligaris me conduziu à reflexão de que é natural a amplitude. Deus está acima de tudo, se pensado como o cosmos ou a multidão de divindades existentes. Um país está abaixo do conceito de planeta, pois a Terra não reconhece nacionalismos. A cultura nunca será pura. Somos todos fruto da mistura de várias culturas, mesmo quem acredita em pureza de raça, nacionalidade ou religião.

José Jorge de Morais Zacharias (São Paulo, SP)

Contornando a ilustra, uma porção de folhas, formando uma clareira onde se vê um botão de rosa nascendo, nele impresso a suástica nazista.
Luciano Salles

Um alento para mim, mulher sessentona, ler Tati Bernardi pedindo que jovens transem ("Jovens, por favor, transem"). Parabéns à colunista pela coragem em enfrentar a caretice reinante.

Malu Ramos (São Paulo, SP)

Sobre a coluna "Ter deficiência é ter dívida eterna", de Jairo Marques, dias cinzas acontecem para que os azuis sejam vividos mais intensamente.

Maria Inês de Araújo Prado (São João da Boa Vista, SP)


Fiesp

Se Paulo Skaf se lançar candidato, mais adiante, voto nele. Pelo apoio que ele deu às bandeiras da população, abrindo as portas da Fiesp, em vez de ficar em cima do muro ("Muito prazer, somos a Fiesp").

Jaime Pereira da Silva (São Paulo, SP)

Ilustração do prédio da Fiesp, na avenida Paulista. Ele está sobre um fundo branco e a sua frente, o fundo é preto.
Carvall

Skaf acha que o governo vai bem porque a economia segue com os preceitos com os quais ele concorda. Ele não leva em consideração a destruição das instituições. Até quando estaremos nas mãos desse tipo de pensamento primário e egocêntrico?

Christianne Botosso (Itapevi, SP)

Paulo Skaf e o presidente Jair Bolsonaro. - Isac Nóbrega - 24.out.19/PR

Os leitores podem colaborar com o conteúdo da Folha enviando notícias, fotos e vídeos (de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, basta acessar Envie sua Notícia ou enviar mensagem para leitor@grupofolha.com.br​​. ​  ​

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.