Descrição de chapéu Café da Manhã

Podcast discute iniciativas que buscam unir críticos de Bolsonaro; ouça

Suprapartidários, manifestos encontram obstáculos para unir esquerda e direita

São Paulo

A pandemia de Covid-19 e as recomendações de isolamento social por parte de profissionais da saúde desencorajam protestos de rua. Para responder ao presidente e a seus apoiadores, que têm feito manifestações com pautas autoritárias, contra Congresso e Supremo Tribunal Federal, críticos do governo têm se mobilizado na internet.

Uma profusão de manifestos em favor da democracia têm ganhado força em busca de recriar um certo clima da campanha pelas Diretas Já, que organizou diferentes grupos contra a ditadura em 1984.

Entre os signatários dos documentos há de apoiadores do socialismo a defensores do Estado Mínimo. Inclui artistas, políticos, intelectuais, advogados e juristas. Há nomes como Fernando Henrique Cardoso, Fernando Haddad, Luciano Huck, Xuxa, Caetano Veloso, Fafá de Belém, Nelson Jobim e até ex-bolsonaristas como Luiz Henrique Mandetta e Lobão.

O episódio desta quarta-feira (3) ouviu o colunista da Folha e sociólogo Celso Rocha de Barros, signatário do manifesto Estamos Juntos, que comentou a estratégia e os obstáculos dessas iniciativas, que ainda parecem longe de unir a oposição da forma que as Diretas fizeram.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é conduzido pelos jornalistas Rodrigo Vizeu e Magê Flores, com produção de Renan Sukevicius. A edição de som é de Thomé Granneman.​

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.