Descrição de chapéu Café da Manhã STF

A escolha de Bolsonaro para a sucessão de Celso de Mello no STF; ouça podcast

Presidente apresentou o juiz federal Kássio Nunes Marques a ministros do Supremo

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro comunicou aos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) que escolheu o juiz federal Kássio Nunes Marques para ocupar a vaga do ministro Celso de Mello, que se aposenta em outubro.

Embora não confirmada oficialmente, a escolha surpreendeu os magistrados, já que outros nomes eram ventilados, como o ministro da Justiça, André Mendonça; o procurador-geral da República, Augusto Aras; o ex-presidente do STJ, João Otávio de Noronha; e Jorge Oliveira, ministro da Secretaria-Geral da Presidência.

Além disso, Nunes é católico, e Bolsonaro disse em várias ocasiões que queria um ministro evangélico na corte.

No episódio do Café da Manhã de hoje, a colunista da Folha Mônica Bergamo explica os bastidores da possível escolha do juiz federal para a vaga do decano e fala do legado de Celso de Mello no Supremo.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Magê Flores e Bruno Boghossian, com produção de Jéssica Maes, Renan Sukevicius e Victor Lacombe. A edição de som é de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.