Descrição de chapéu Eleições 2018

Puxado por Eduardo Bolsonaro, PSL é o campeão nacional de votos para a Câmara

Apesar disso, os petistas elegeram mais deputados federais --56 contra 52 do PSL

Brasília

Puxado pelo 1,8 milhão de votos dados por São Paulo a Eduardo Bolsonaro, o PSL foi o partido campeão nacional de votos nas eleições para a Câmara dos Deputados.

Eduardo Bolsonaro, durante a votação
O candidato Eduardo Bolsonaro, durante a votação - Reprodução/Facebook

A sigla à qual Jair Bolsonaro se filiou neste ano obteve 11,4 milhões de votos em todo o país, contra 10,1 milhões do PT, segundo no ranking.

Apesar disso, os petistas elegeram mais deputados federais —56 contra 52 do PSL— devido às coligações feitas nos estados. Pelas regras eleitorais, a definição dos eleitos se dá pela soma dos votos da coligação, não da legenda.

O ranking de votação mostra ainda que PSL e PT se descolaram com larga margem das demais siglas. A terceira mais votada foi o PSDB, com 5,9 milhões de votos e eleição de apenas 29 deputados federais, entre eles Aécio Neves (MG).

Em 2014 o PT havia sido o campeão, com 13,5 milhões de votos. O PSL, até então uma sigla nanica, teve um dos piores desempenhos na ocasião, elegendo apenas um deputado federal.

Na lista dos deputados federais campeões de votos nos 26 estados e DF, em 2018, cinco são do PSL —Delegado Waldir (GO), Marcelo Alvaro Antonio (MG), Nelson Barbudo (MT), Helio Negão (RJ) e Eduardo Bolsonaro (SP).

Além da eleição de deputados, a votação para a Câmara tem importância capital para as siglas. É ela que define o tamanho da fatia de recursos públicos e de propaganda na TV que os partidos terão pelos próximos quatro anos. Além disso, quem não tem um desempenho mínimo, sofre corte de verbas e de instrumentos essenciais à sua existência.

PARTIDOS Votos Válidos (*) percentual nacional deputados federais eleitos
PSL 11.457.878 11,65 52
PT 10.126.611 10,3 56
PSDB 5.905.541 6,01 29
PSD 5.749.008 5,85 34
PP 5.480.067 5,57 37
MDB 5.439.167 5,53 34
PSB 5.386.400 5,48 32
PR 5.224.591 5,31 33
PRB 4.992.016 5,08 30
DEM 4.581.162 4,66 28
PDT 4.545.846 4,62 28
PSOL 2.783.669 2,83 10
NOVO 2.748.079 2,79 8
PODEMOS 2.243.320 2,28 11
PROS 2.042.610 2,08 8
PTB 2.022.719 2,06 9
SOLIDARIEDADE 1.953.067 1,99 13
AVANTE 1.844.048 1,88 7
PSC 1.765.226 1,8 9
PV 1.592.173 1,62 4
PPS 1.590.084 1,62 8
PATRIOTA 1.432.304 1,46 5
PHS 1.426.444 1,45 7
PC DO B 1.329.575 1,35 9
PRP 851.368 0,87 4
REDE 816.784 0,83 1
PRTB 684.976 0,7 3
PMN 634.129 0,64  
PTC 601.814 0,61 2
PPL 385.197 0,39 1
DC 369.386 0,38 1
PMB 228.302 0,23  
PCB 61.343 0,06  
PSTU 41.304 0,04  
PCO 2.785 0  
       
       
(*) para deputado federal, em todo o país. Ainda pode haver alteração já que não houve contabilização de votos de candidaturas sob questionamento judicial
Ranier Bragon, Camila Mattoso , Fábio Fabrini e Bernardo Caram
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.