Parques da Disney em Orlando vão reabrir em julho

Convidados e funcionários terão que usar máscaras e passar por verificações de temperatura

Miami | Reuters e AFP

Autoridades da Flórida aprovaram planos para reabertura em fases do Walt Disney World em Orlando a partir de 11 de julho, segundo um memorando de uma agência estatal divulgado nesta sexta (29).

A reabertura bem-sucedida dos parques é um evento importante para a Disney, no momento em que governos e empresas planejam como sair do confinamento com o coranavírus ainda ameaçando.

O Estado também autorizou a reabertura do SeaWorld em 10 de junho, disse Halsey Beshears, secretário do Departamento de Negócios e Regulação Profissional da Flórida, em memorando enviado a autoridades em Orange County, Flórida.

Quando os parques da Disney reabrirem, convidados e funcionários deverão usar máscaras e passar por verificações de temperatura. O resort suspenderá desfiles, fogos de artifício e outras atividades que criam aglomerações.

A Disney informou que incentivará as formas de pagamento sem contato e expandirá seus sistemas de pedidos móveis existentes em restaurantes, além de restringir o número de convidados.

Os parques não serão abertos ao mesmo tempo. Em 11 de julho, voltam a funcionar o Magic Kingdom e Animal Kingdom, enquanto o Epcot e o Hollywood Studios serão reabertos no dia 15.

"Pode ser diferente da última vez que você nos visitou", diz uma postagem no site da empresa, onde estão detalhadas as medidas de segurança. "Mas, juntos, nós encontraremos novas formas de criar momentos mágicos".

Em janeiro, a gigante de mídia e entretenimento fechou parques temáticos em todo o mundo para ajudar a conter a pandemia. A empresa estimou perdas de US$ 1 bilhão em sua divisão de parques temáticos de janeiro a março.

Também em Orlando, os parques temáticos do Universal já anunciaram a reabertura para 5 de junho.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.