Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 

Pan 2011

Quadro completo

          total
EUAEUA 92 79 65 236
CubaCuba 58 35 43 136
BrasilBrasil 48 35 58 141
MéxicoMéxico 42 41 50 133
História

Caracas - 1983

Jorge Araújo/ Folha Imagem

Ricardo Prado conseguiu quatro medalhas nos Jogos de 1983, em Caracas, Venezuela. Duas de ouro e duas de prata.
Ricardo Prado conseguiu quatro medalhas nos Jogos de 1983, em Caracas, Venezuela. Duas de ouro e duas de prata.
Medalhas
       
Estados UnidosEstados Unidos 148 101 53
CubaCuba 78 51 45
CanadáCanadá 22 42 55
BrasilVenezuela 14 25 37
BrasilBrasil 14 20 23

Em casa, Venezuela surpreende e brilha

O "fator casa" ficou evidente no Pan-Americano de 1983. Longe de figurar como uma das forças esportivas do continente, a Venezuela alcançou um desempenho surpreendente e terminou na quarta posição, atrás apenas das potências Estados Unidos, Cuba e Canadá. Os Jogos de Caracas também foram marcados pelos casos de doping. Dezessete competidores tiveram resultado positivo, além de 12 atletas da equipe norte-americana de atletismo que abandonaram a competição por "motivos pessoais" na última hora, o que levantou grandes suspeitas sobre eles.


Pôster dos Jogos Panamericanos de Caracas - 1983

Brasil


Na capital venezuelana, a equipe brasileira superou o desempenho obtido em casa, no Pan de São Paulo-1963, e atingiu um novo recorde de pódios: 56. O Brasil também subiu uma posição na classificação final em relação ao Pan de 1979 e terminou em quarto, à frente da Argentina. Teve como grande destaque o nadador Ricardo Prado, que faturou duas medalhas de ouro e duas de prata na Venezuela.

Curiosidades

O ginasta cubano Casimiro Suárez conquistou seis medalhas de ouro na capital venezuelana. Ele foi ouro por equipes, individual, solo, salto sobre o cavalo, argolas, barra fixa e barras paralelas.

Os Jogos de Caracas contaram com a participação de 3.426 atletas, representando 36 países. Os EUA lideraram o quadro de medalhas, com 302 (148 de ouro, 101 de prata e 53 de bronze), à frente de Cuba e Canadá.

O judô foi o esporte que mais medalhas garantiu ao Brasil em Caracas. Foram 11 no total, mas nenhuma de ouro (5 de prata e 6 de bronze), superando o atletismo, que obteve dez (4 de ouro, 3 de prata e 3 de bronze).

Cuba faturou o ouro em oito das 12 categorias do boxe. Um dos que quebrou a hegemonia cubana foi o norte-americano Pernell Whitaker, futuro campeão mundial como profissional, que ganhou entre os leves (até 60 kg).

Em Caracas, a Odepa (Organização Desportiva Pan-Americana) incluiu, pela primeira vez, no programa dos Jogos a disputa feminina do judô e do remo, e o tênis de mesa. Já o sambo foi disputado pela última vez na competição.

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Fogão Fogão De diversas marcas a partir de R$ 358,20

Notebook Notebook Windows 8, LED, Intel" Core a partir de R$ 799,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página