Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Em greve, operários do Comperj colocam fogo em ônibus

Publicidade

Em greve, operários das obras do Comperj, um projeto de refino da Petrobras, realizaram um protesto na manhã desta quinta-feira (6), em frente aos portões da unidade. Durante o ato, os manifestantes incendiaram um ônibus utilizado para azer o transporte dos empregados.

Segundo a Polícia Militar, ninguém ficou ferido e o policiamento no local e nas vias de acesso ao complexo foram reforçados a fim de evitar novos atos de violência.

Os trabalhadores, representados pelo Sindicato dos Trabalhadores do Plano da Construção, Montagem a Manutenção de São Gonçalo, Itaboraí e Região, reivindicam reajuste salarial de 11,5% e aumento do vale-alimentação para R$ 450.

Já o Sindicato das Empresas de Engenharia de Montagem e Manutenção Industrial do Estado do Rio, que representa as empresas contratadas pela Petrobras para realizar as obras, ofereceram aumento de 7%.

A estimativa é de que 70% dos 28 mil trabalhadores do Comperj tenham aderido à greve.

Na segunda-feira, será realizada nova para definir a continuidade do movimento. O Tribunal Regional do Trabalho considerou a
greve ilegal.

Procurada, a Petrobras disse que "acompanha as negociações entre os representantes dos trabalhadores e das empresas e espera um desfecho adequado para ambas as partes." A estatal afirmou ainda que "vai avaliar possíveis impactos ao empreendimento após a normalização dos trabalhos para implementar medidas mitigadoras, se necessário".

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Envie sua notícia

Publicidade cosac
Publicidade

+ Livraria

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Folha Shop

TV LED TV LED Smart, HDMI, Full HD a partir de R$ 899,90

Geladeira Geladeira Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página