Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Novo terminal de Viracopos será entregue incompleto para a Copa

Publicidade

O consórcio que administra o aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas, não irá entregar todas as obras previstas para a Copa.

Principal intervenção anunciada, o novo terminal de passageiros, por exemplo, será aberto só de forma parcial, a poucos dias do torneio.

Pelo contrato fechado com o governo federal, a concessionária precisaria terminar, até 11 de maio, um novo terminal para 22 milhões de passageiros/ano, um edifício-garagem com 4.000 vagas, pista de taxiamento e obras de acesso ao aeroporto.

editoria de arte/folhapress

Mas, quando o terminal for aberto, só parte do saguão principal e as áreas de embarque e desembarque internacionais estarão funcionando.

Somente a TAP, que opera voos semanais de Lisboa para Campinas, e passageiros de voos executivos ligados à Copa usarão o espaço.

O consórcio Aeroportos Brasil, formado pelas construtoras brasileiras Triunfo e UTC e pela operadora francesa Egis Avia, venceu o leilão de Viracopos há dois anos ao oferecer R$ 3,8 bilhões.

A empresa reconhece que apenas a área internacional do novo terminal funcionará na Copa, mas afirma que o aeroporto estará "plenamente operacional" até 11 de maio.

A concessionária já negocia com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) o que não conseguirá entregar no prazo. Em caráter reservado, funcionários da concessionária confirmam o atraso –que poderá render ao grupo uma multa de até R$ 150 milhões, mais R$ 1,5 milhão por dia de atraso, segundo a Anac.

O cronograma geral da obra está ao menos um mês e meio atrasado. A previsão da Anac era atingir 85,4% de conclusão em janeiro –patamar alcançado em março.

Cinco seleções chegarão por Viracopos e sete usarão o aeroporto para se deslocar na Copa: Portugal, Japão, Rússia, Nigéria, Argélia, Costa do Marfim e Honduras.

As equipes passarão pelo novo terminal apenas ao chegar e ao sair do país. Para trânsito interno, embarcarão diretamente na pista.

Enquanto isso, as obras continuarão nos setores de embarque e desembarque doméstico –os com os maiores atrasos e que receberão voos nacionais só em agosto.

VIA DE ACESSO

A duplicação da via de acesso a Viracopos também caminha a passos lentos –recebeu licença ambiental no dia 28– e não deverá ficar pronta até 11 de maio.

Os trabalhos estão mais adiantados na pista de taxiamento. Também avançam no edifício-garagem, mas a abertura deverá ser parcial, sem todas as vagas previstas.

O acabamento na área internacional do novo terminal começou na semana passada. No saguão principal e no embarque e desembarque domésticos, piso, teto e placas
laterais ainda são instalados.

OUTRO LADO

A Aeroportos Brasil reconhece que apenas o setor internacional do novo terminal de Viracopos funcionará durante a Copa, mas informa que o aeroporto estará "plenamente operacional" em 11 de maio, "como consta no contrato de concessão".

Segundo a concessionária, a duplicação da via de acesso "também será entregue dentro do prazo".

A obra, no entanto, envolve a derrubada de mata –que não havia sido iniciada até o último dia 3– e a construção de um viaduto, além de asfaltamento e mudanças viárias em menos de cinco semanas.

A Anac afirmou que faz "inspeções periódicas" nas obras desde o início da concessão e que intensificou essas vistorias desde janeiro. Reafirmou que o prazo-limite para as obras é 11 de maio.

A agência disse que o terminal possui as obras mais complexas entre três aeroportos concessionados –Viracopos, Guarulhos e Brasília. "Tendo em vista a complexidade, a fiscalização está ainda mais acirrada sobre esse aeroporto."

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Top of Mind

Siga a folha

Envie sua notícia

Publicidade
Publicidade Cine Livraria Novo

+ Livraria

Livraria da Folha

Maonomics
Loretta Napoleoni
De:
Por:
Comprar
A Ordem do Progresso
Marcelo Abreu
De:
Por:
Comprar
Economia Nua e Crua
Charles Wheelan
De:
Por:
Comprar
Folha na Copa
Publicidade
Publicidade

Folha Shop

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página